Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Liga Bwin – Última Jornada: Resultados, classificação e comentários Maio 11, 2008

Filed under: football,Futebol,Liga Bwin — looking4good @ 6:20 pm
30ª. e Última Jornada
10 Mai Braga 2-1 Académica
10 Mai

Nacional 1-2 Belenenses
10 Mai Naval 1º. de Maio 0-2 FC Porto
11 Mai 18:00 Leixões

0-1 Marítimo
11 Mai 18:00 União de Leiria 1-1 Paços de Ferreira
11 Mai 20:15 Sporting 2-1 Boavista
11 Mai 20:15 Vitória de Guimarães 4-0 Estrela da Amadora
11 Mai 20:15 Benfica 3-0 Vitória de Setúbal

Classificação

Lugar Clube Pontos Golos
1. Porto 75 60-13
2. Sporting 55 46-28
3. Vitória de Guimarães 53 35-31
4. Benfica 52 45-21
5. Marítimo 46 39-28
6. Vitória de Setúbal 45 37-33
7 Braga 41 32-34
8. Belenenses (*) 40 35-33
9. Boavista 36 32-41
10. Nacional 35 23-28
11. Naval 1º. de Maio (**) 34 26-45
12. Académica 32 31-38
13. Estrela da Amadora 31 29-41
14. Leixões 26 27-37
15. Paços de Ferreira 25 31-49
16. União de Leiria 16 25-53
(*) Belenenses perdeu seis pontos na secretaria (três do jogo frente à Naval e três de castigo)
(**) Estão contabilizados mais três pontos do jogo contra o Belenenses

Comentários:

Acabou!!! Um campeonato em que o campeão ficou conhecido matemáticamente a cinco jogos do fim e na prática muitos jogos antes…

Confirmou-se nesta última jornada o segundo lugar para o Sporting e o terceiro que dá acesso à pré-eliminatória da Uefa para o Vitória de Guimarães, a sensação deste campeonato depois de na época passada ter estado na Liga de Honra.

O Benfica foi a desilusão. Uma época para esquecer de um clube que tem a maior massa associativa como se viu hoje na despedida de Rui Costa. Venceu claramente um Setúbal que acabou o campeonato em descida, mas que também festeja o acesso à Taça Uefa.

O Marítimo ao vencer no Estádio do Mar obteve o quinto lugar final ultrapassando os sadinos e deu a permanencia ao Paços de Ferreira que estes não souberam conquistar. Ao empatar em Leiria o Paços de Ferreira não aproveitou o desaire do Leixões, que assim permanece na Liga mesmo perdendo.

Nesta jornada os últimos oito ninguém ganhou e assim mantiveram as posições. O Braga ao vencer a Académica minimizou também as mazelas de um campeonato decepcionante e obteve um lugar na Taça Intertoto, que os seis pontos perdidos pelo Belenenses na secretaria permitiu. A equipa do Restelo fez um campeonato superior ao que o oitavo lugar final faz depreender.

Agora para a semana temos a final da Taça entre os dois primeiros do campeonato e depois… o Euro 2008.

Para o ano há mais com Trofense e Rio Ave na Liga principal.

Pelo meio da semana ficaram as decisões do Apito Final que envergonham o futebol português: coacção, corrupção, esquemas … envolvendo uma equipa que é a campeã … e que nem recorre, porque a decisão é completamente inócua! Enfim…

Anúncios
 

Benfica: Campeonato miserável confirmado por ineptidão ofensiva… Maio 4, 2008

Filed under: Benfica,Estrela da Amadora,Liga Bwin — looking4good @ 9:39 pm

Amadora

0-0

Benfica

Adeus à Liga dos Campeões e a 6 milhões de euros

Um Benfica que sabia que tinha de ganhar para ter esperanças de um deslize do Guimaraes no Restelo (e /ou do Sporting em Paços de Ferreira) e chegar pelo menos à pré-eliminatória da Champions League como pode fazer uma primeira parte tão má?

Chalana disse que a equipa entrou nervosa! Nervosos e com a paciencia esgotada estão os adeptos do Benfica que vêm o seu clube no quarto lugar, sem saber jogar a bola, a falhar golos que nem nos regionais se perdoam (Luisão e Edcarlos na segunda parte com o segundo a acertar no guarda redes deitado no chão e com a baliza tão grande…), com jogadores fracos a serem titulares (Maxi Pereira) e outros a ficarem no banco (Di Maria).

Nem vale a pena falar na primeira parte, indigna de um jogo da Liga principal, com passes mal feitos, sem velocidade, sem pressão e com o Estrela da Amadora a ser superior. A única jogada de perigo foi criada por Cardozo com um remate de pé esquerdo e de fora da área à barra. Na segunda parte o Benfica com Di Maria (que entrou para o lugar de Nelson) mostrou outra atitude, mas a inepcia concretizadora foi tremenda. Na sequência de um canto Luisão falhou o golo a um metro ds baliza ao chutar por cima da barra, Mantorras obrigou o guarda-redes a uma defesa para a frente e Edcarlos na recarga com o guarda-redes no chão não soube meter a bola na baliza. O Estrela da Amadora na segunda parte pouco fez e contentou-se em defender pelo que o resultado está certo.

Como o Sporting ganhou mas o Guimarães empatou no Restelo este empate volta a saber a fel aos benfiquistas que nem o terceiro lugar conseguem obter, não se comprendendo esta atitude depois de declarações de Chalana que dizia que agora é que o campeonato ia começar !!! Muita «letra» mas pouca «obra»…

Estádio José Gomes, na Amadora
Árbitro: Pedro Proença (AF Lisboa)

E. Amadora: Pedro Alves; Rui Duarte, Wagnão, Maurício (Hugo Carreira, 44m) e Hélder Cabral; Fernando, Tiago Gomes, Marcelo e Mateus; Mendonça (Celestino, 79m) e Anselmo (Giancarlo, 79m)

Benfica: Quim; Nélson (Di María, 46m), Luisão, Edcarlos e Sepsi; Petit (Nuno Assis, 79m); Maxi Pereira, Rui Costa e Rodriguez; Nuno Gomes (Mantorras, 67m) e Cardozo

Golos: Nada a registar

Disciplina: Cartão amarelo para Petit (38′), Anselmo (42′), Maxi Pereira (57′), Hélder Cabral (61′), Fernando (86′), Rui Duarte (87′),

 

Benfica: Campeonato miserável confirmado por ineptidão ofensiva…

Filed under: Benfica,Estrela da Amadora,Liga Bwin — looking4good @ 9:39 pm

Amadora

0-0

Benfica

Adeus à Liga dos Campeões e a 6 milhões de euros

Um Benfica que sabia que tinha de ganhar para ter esperanças de um deslize do Guimaraes no Restelo (e /ou do Sporting em Paços de Ferreira) e chegar pelo menos à pré-eliminatória da Champions League como pode fazer uma primeira parte tão má?

Chalana disse que a equipa entrou nervosa! Nervosos e com a paciencia esgotada estão os adeptos do Benfica que vêm o seu clube no quarto lugar, sem saber jogar a bola, a falhar golos que nem nos regionais se perdoam (Luisão e Edcarlos na segunda parte com o segundo a acertar no guarda redes deitado no chão e com a baliza tão grande…), com jogadores fracos a serem titulares (Maxi Pereira) e outros a ficarem no banco (Di Maria).

Nem vale a pena falar na primeira parte, indigna de um jogo da Liga principal, com passes mal feitos, sem velocidade, sem pressão e com o Estrela da Amadora a ser superior. A única jogada de perigo foi criada por Cardozo com um remate de pé esquerdo e de fora da área à barra. Na segunda parte o Benfica com Di Maria (que entrou para o lugar de Nelson) mostrou outra atitude, mas a inepcia concretizadora foi tremenda. Na sequência de um canto Luisão falhou o golo a um metro ds baliza ao chutar por cima da barra, Mantorras obrigou o guarda-redes a uma defesa para a frente e Edcarlos na recarga com o guarda-redes no chão não soube meter a bola na baliza. O Estrela da Amadora na segunda parte pouco fez e contentou-se em defender pelo que o resultado está certo.

Como o Sporting ganhou mas o Guimarães empatou no Restelo este empate volta a saber a fel aos benfiquistas que nem o terceiro lugar conseguem obter, não se comprendendo esta atitude depois de declarações de Chalana que dizia que agora é que o campeonato ia começar !!! Muita «letra» mas pouca «obra»…

Estádio José Gomes, na Amadora
Árbitro: Pedro Proença (AF Lisboa)

E. Amadora: Pedro Alves; Rui Duarte, Wagnão, Maurício (Hugo Carreira, 44m) e Hélder Cabral; Fernando, Tiago Gomes, Marcelo e Mateus; Mendonça (Celestino, 79m) e Anselmo (Giancarlo, 79m)

Benfica: Quim; Nélson (Di María, 46m), Luisão, Edcarlos e Sepsi; Petit (Nuno Assis, 79m); Maxi Pereira, Rui Costa e Rodriguez; Nuno Gomes (Mantorras, 67m) e Cardozo

Golos: Nada a registar

Disciplina: Cartão amarelo para Petit (38′), Anselmo (42′), Maxi Pereira (57′), Hélder Cabral (61′), Fernando (86′), Rui Duarte (87′),

 

Benfica: Campeonato miserável confirmado por ineptidão ofensiva…

Filed under: Benfica,Estrela da Amadora,Liga Bwin — looking4good @ 9:39 pm

Amadora

0-0

Benfica

Adeus à Liga dos Campeões e a 6 milhões de euros

Um Benfica que sabia que tinha de ganhar para ter esperanças de um deslize do Guimaraes no Restelo (e /ou do Sporting em Paços de Ferreira) e chegar pelo menos à pré-eliminatória da Champions League como pode fazer uma primeira parte tão má?

Chalana disse que a equipa entrou nervosa! Nervosos e com a paciencia esgotada estão os adeptos do Benfica que vêm o seu clube no quarto lugar, sem saber jogar a bola, a falhar golos que nem nos regionais se perdoam (Luisão e Edcarlos na segunda parte com o segundo a acertar no guarda redes deitado no chão e com a baliza tão grande…), com jogadores fracos a serem titulares (Maxi Pereira) e outros a ficarem no banco (Di Maria).

Nem vale a pena falar na primeira parte, indigna de um jogo da Liga principal, com passes mal feitos, sem velocidade, sem pressão e com o Estrela da Amadora a ser superior. A única jogada de perigo foi criada por Cardozo com um remate de pé esquerdo e de fora da área à barra. Na segunda parte o Benfica com Di Maria (que entrou para o lugar de Nelson) mostrou outra atitude, mas a inepcia concretizadora foi tremenda. Na sequência de um canto Luisão falhou o golo a um metro ds baliza ao chutar por cima da barra, Mantorras obrigou o guarda-redes a uma defesa para a frente e Edcarlos na recarga com o guarda-redes no chão não soube meter a bola na baliza. O Estrela da Amadora na segunda parte pouco fez e contentou-se em defender pelo que o resultado está certo.

Como o Sporting ganhou mas o Guimarães empatou no Restelo este empate volta a saber a fel aos benfiquistas que nem o terceiro lugar conseguem obter, não se comprendendo esta atitude depois de declarações de Chalana que dizia que agora é que o campeonato ia começar !!! Muita «letra» mas pouca «obra»…

Estádio José Gomes, na Amadora
Árbitro: Pedro Proença (AF Lisboa)

E. Amadora: Pedro Alves; Rui Duarte, Wagnão, Maurício (Hugo Carreira, 44m) e Hélder Cabral; Fernando, Tiago Gomes, Marcelo e Mateus; Mendonça (Celestino, 79m) e Anselmo (Giancarlo, 79m)

Benfica: Quim; Nélson (Di María, 46m), Luisão, Edcarlos e Sepsi; Petit (Nuno Assis, 79m); Maxi Pereira, Rui Costa e Rodriguez; Nuno Gomes (Mantorras, 67m) e Cardozo

Golos: Nada a registar

Disciplina: Cartão amarelo para Petit (38′), Anselmo (42′), Maxi Pereira (57′), Hélder Cabral (61′), Fernando (86′), Rui Duarte (87′),

 

Liga Bwin: 29ª. Jornada – Resultados, classificação e comentários

Filed under: football,Futebol,Liga Bwin — looking4good @ 9:23 pm
29ª. Jornada Resultados
3 Mai FC Porto 0-3 Nacional
4 Mai 16:00

Académica 1-1 Naval 1º. de Maio
4 Mai 19:15 Belenenses 1-1 Vitória de Guimarães
4 Mai 19:15 Vitória de Setúbal

2-0 Leixões
4 Mai 19:15 Estrela da Amadora 0-0 Benfica
4 Mai 19:15 Marítimo 2-0 União de Leiria
4 Mai 19:15 Boavista 0-0 Sp. Braga
4 Mai 19:15 Paços de Ferreira 0-1 Sporting


Classificação

Lugar Clube Pontos Golos
1. Porto 72 58-13
2. Sporting 52 44-27
3. Vitória de Guimarães 50 31-31
4. Benfica 49 42-21
5. Vitória de Setúbal 45 37-30
6. Marítimo 43 38-28
7 Braga 38 30-33
8. Belenenses (*) 36 33-32
9. Boavista 36 31-39
10. Nacional 35 22-26
11. Naval 1º. de Maio (**) 34 26-43
12. Académica 32 30-36
13. Estrela da Amadora 31 29-37
14. Leixões 26 27-36
15. Paços de Ferreira 24 30-48
16. União de Leiria 15 24-52
(*) Belenenses perdeu seis pontos na secretaria (três do jogo frente à Naval e três de castigo)
(**) Estão contabilizados mais três pontos do jogo contra o Belenenses

Comentários:

Nesta Jornada ficou praticamente confirmado o paupérrimo desempenho do Benfica neste campeonato, que incapaz de ganhar na Reboleira deixou o 3º. lugar ao alcance do Guimarães que obteve um empate no Restelo. O vencedor da jornada quanto a esse objectivo foi o Sporting que ganhou em Paços de Ferreira e beneficiou dos empates de Guimarães e Benfica, bastando agora um só ponto na última jornada, em casa, frente ao Boavista para garantir o segundo lugar e o acesso directo à Liga dos Campeões. Ao Vitória de Guimarães basta vencer o Estrela da Amadora para assegurar o terceiro lugar que dá accesso à pré-eliminatória da Liga dos Campeões. E aos benfiquistas, resta a consolação de que o pesadelo está a acabar… com toda a probabilidade de continuar para o ano… tão falhado de planeamento e de definição sobre decisões importantes (inclusivé sobre o treinador) está eivado o final desta, demonstrativo de que nem com os erros próprios aprende.

Vitória de Setúbal e Marítimo vencedores de Leixões e União de Leiria têm o apuramento para a Taça Uefa garantido e na luta pela manutenção a derrota do leixões em Setúbal foi compensada pela derrota do paços de Ferreira em casa frente ao Sporting, daí que ao Leixões só falta um ponto na última jornada para garantir a manutenção.

Nos jogos restantes, que nada alteravam, em dois registaram-se empates: a Académica frente à Naval 1-1 e o Boavista frente ao Braga 0-0. No outro, o que aliás começou a jornada houve uma grande surpresa no Estádio do draghão com os tri-campeões a sofrerem uma pesada derrota por 3-0 frente ao Nacional que vinha de um ciclo desastroso de derrotas. O Porto que só tinha sofrido um golo em casa em todos os jogos até então sofreu três num só jogo, dois dois quais marcados por Fábio Coentrão … um jogador emprestado pelo Benfica!

Na próxima época temos uma estreia na Liga com a subida confirmada a uma jornada do fim do Trofense.

30ª. e Última Jornada
Vitória de Guimarães Estrela da Amadora
Benfica Vitória de Setúbal
União de Leiria Paços de Ferreira
Nacional

Belenenses
Sporting Boavista
Braga Académica
Leixões Marítimo
Naval 1º. de Maio FC Porto

 

O que é Nacional é bom !… Maio 3, 2008

Filed under: FC Porto,football,Futebol,Liga Bwin,Nacional — looking4good @ 8:32 pm
Porto

0-3

Nacional

E o Porto não marcou um único golo esta época ao Nacional

Esta semana num debate televisivo Guilherme Aguiar perguntava pelo (pseudo)-crack Fábio Coentrão. Não sei se ele viu o jogo mas já lhe devem ter dito onde ele está e o que fez!

Dois golos, o segundo num chapéu monumental a Helton e para nós o melhor jogador em campo, porque para além dos golos ainda teve outra jogada em que bateu Pedro Emanuel e inúmeras intervenções (acertadas) em zonas defensivas do campo.

Pois é, há tradição do Nacional ganhar ao Porto mesmo no Dragão. Não serviu de nada lembrar durante a semana aos jogadores do Porto que o Nacional ganhara na Madeira. Os portistas entraram muito amorfos e pior do que isso errando passes em quantidade nada habitual. Num desses lances Fábio Coentrão aproveitou para marcar o primeiro golo com um remate rasteiro cruzado da esquerda para a direita. Noutros lances, o Nacional preferia segurar a bola em vez de partir rápido para o conta-ataque. O Porto dispôs de uma oportunidade com Lucho a dar para Quaresma que ligeirante descaído pela direita chutou ao lado. Perto do final da primeira parte um lançamento para a esquerda e Fábio Coentrão (contrastando com o que acontecera até aí com os colegas de equipa) partiu linear e directo para a baliza adiantando a bola e fazendo depois um chapéu sensacional para estupefacção de Helton (e de 42.219 espectadores no Estádio).

Na segunda parte o Porto entrou melhor, com a entrada de Farías no lugar de Mariano Gonzalez, naturalmente o Nacional recuou mais, mas foi sol de pouca dura; não era dia de Quaresma e percebeu-se que o Nacional ia ganhar o jogo. Helton fez ainda uma grande defesa evitando o 0-3 num livre directo. Por sua vez Bracalli evitou o golo do Porto ao defender soberbamente um cabeceamento de Farias aos 84′ .

Já em tempos de desconto o Nacional aproximou o resultado da goleada que conseguiu há duas épocas atrás (0-4), demonstrando uma propensão enorme para ganhar ao Porto que fez uma exibição medíocre.

Ficha do jogo:
Estádio do Dragão, Porto

Árbitro: Paulo Paraty (AF Porto)

FC Porto: Helton; Bosingwa, Pedro Emanuel, Bruno Alves e Lino (Tarik, 57′); Paulo Assunção, Raul Meireles (Bolatti, 77′) e Lucho; Quaresma, Lisandro e Mariano Gonzalez (Farías, 46′)

Nacional: Bracalli; Patacas, Ricardo Fernandes, Felipe Lopes e Alonso; Cardozo, Cléber, Edson (João Coimbra, 80′) e Luciano Spadacio; Rodrigo (Juninho, 72′) e Fábio Coentrão (Pateiro, 68′)

Golos: 0-1, Fábio Coentrão (21′); 0-2, Fábio Coentrão (45+1′); 0-3, Juninho (90+3′)

Disciplina: Cartão amarelo para Paulo Assunção (54′), Ricardo Fernandes (77′), Bracalli (90′) e Alonso (90′)

 

O que é Nacional é bom !…

Filed under: FC Porto,football,Futebol,Liga Bwin,Nacional — looking4good @ 8:32 pm
Porto

0-3

Nacional

E o Porto não marcou um único golo esta época ao Nacional

Esta semana num debate televisivo Guilherme Aguiar perguntava pelo (pseudo)-crack Fábio Coentrão. Não sei se ele viu o jogo mas já lhe devem ter dito onde ele está e o que fez!

Dois golos, o segundo num chapéu monumental a Helton e para nós o melhor jogador em campo, porque para além dos golos ainda teve outra jogada em que bateu Pedro Emanuel e inúmeras intervenções (acertadas) em zonas defensivas do campo.

Pois é, há tradição do Nacional ganhar ao Porto mesmo no Dragão. Não serviu de nada lembrar durante a semana aos jogadores do Porto que o Nacional ganhara na Madeira. Os portistas entraram muito amorfos e pior do que isso errando passes em quantidade nada habitual. Num desses lances Fábio Coentrão aproveitou para marcar o primeiro golo com um remate rasteiro cruzado da esquerda para a direita. Noutros lances, o Nacional preferia segurar a bola em vez de partir rápido para o conta-ataque. O Porto dispôs de uma oportunidade com Lucho a dar para Quaresma que ligeirante descaído pela direita chutou ao lado. Perto do final da primeira parte um lançamento para a esquerda e Fábio Coentrão (contrastando com o que acontecera até aí com os colegas de equipa) partiu linear e directo para a baliza adiantando a bola e fazendo depois um chapéu sensacional para estupefacção de Helton (e de 42.219 espectadores no Estádio).

Na segunda parte o Porto entrou melhor, com a entrada de Farías no lugar de Mariano Gonzalez, naturalmente o Nacional recuou mais, mas foi sol de pouca dura; não era dia de Quaresma e percebeu-se que o Nacional ia ganhar o jogo. Helton fez ainda uma grande defesa evitando o 0-3 num livre directo. Por sua vez Bracalli evitou o golo do Porto ao defender soberbamente um cabeceamento de Farias aos 84′ .

Já em tempos de desconto o Nacional aproximou o resultado da goleada que conseguiu há duas épocas atrás (0-4), demonstrando uma propensão enorme para ganhar ao Porto que fez uma exibição medíocre.

Ficha do jogo:
Estádio do Dragão, Porto

Árbitro: Paulo Paraty (AF Porto)

FC Porto: Helton; Bosingwa, Pedro Emanuel, Bruno Alves e Lino (Tarik, 57′); Paulo Assunção, Raul Meireles (Bolatti, 77′) e Lucho; Quaresma, Lisandro e Mariano Gonzalez (Farías, 46′)

Nacional: Bracalli; Patacas, Ricardo Fernandes, Felipe Lopes e Alonso; Cardozo, Cléber, Edson (João Coimbra, 80′) e Luciano Spadacio; Rodrigo (Juninho, 72′) e Fábio Coentrão (Pateiro, 68′)

Golos: 0-1, Fábio Coentrão (21′); 0-2, Fábio Coentrão (45+1′); 0-3, Juninho (90+3′)

Disciplina: Cartão amarelo para Paulo Assunção (54′), Ricardo Fernandes (77′), Bracalli (90′) e Alonso (90′)