Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

A Mulher Inspiradora – Rabindranath Tagore (no Dia Internacional da Mulher) Março 8, 2009

Filed under: Dia Internacional da Mulher,poesia,Rabindranath Tagore — looking4good @ 2:00 am
Logo from here

Mulher, não és só obra de Deus;
os homens vão-te criando eternamente
com a formosura dos seus corações,
e os seus anseios
vestiram de glória a tua juventude.

Por ti o poeta vai tecendo
a sua imaginária tela de oiro:
o pintor dá às tuas formas,
dia após dia,
nova imortalidade.

Para te adornar, para te vestir,
para tornar-te mais preciosa,
o mar traz as suas pérolas,
a terra o seu oiro,
sua flor os jardins do Verão.

Mulher, és meio mulher,
meio sonho.

Rabindranath Tagore (tradução de Manuel Simões)

Anúncios
 

A Mulher Inspiradora – Rabindranath Tagore (no Dia Internacional da Mulher)

Filed under: Dia Internacional da Mulher,poesia,Rabindranath Tagore — looking4good @ 2:00 am
Logo from here

Mulher, não és só obra de Deus;
os homens vão-te criando eternamente
com a formosura dos seus corações,
e os seus anseios
vestiram de glória a tua juventude.

Por ti o poeta vai tecendo
a sua imaginária tela de oiro:
o pintor dá às tuas formas,
dia após dia,
nova imortalidade.

Para te adornar, para te vestir,
para tornar-te mais preciosa,
o mar traz as suas pérolas,
a terra o seu oiro,
sua flor os jardins do Verão.

Mulher, és meio mulher,
meio sonho.

Rabindranath Tagore (tradução de Manuel Simões)

 

If you would have it so … Rabindranath Tagore Agosto 7, 2007

Filed under: poetry,Rabindranath Tagore — looking4good @ 5:42 pm
photo: Passion flower

If you would have it so, I will end my singing.
If it sets your heart aflutter, I will take away my eyes from
your face.
If it suddenly startles you in your walk, I will step aside and
take another path.
If it confuses you in your flower-weaving, I will shun your
lonely garden.
If it makes the water wanton and wild, I will not row my boat by
your bank.

Rabindranath Tagore (b. 7 May 1861 in Calcutta, British India; d. 7 August 1941 in Calcutta, British India)

 

If you would have it so … Rabindranath Tagore

Filed under: poetry,Rabindranath Tagore — looking4good @ 5:42 pm
photo: Passion flower

If you would have it so, I will end my singing.
If it sets your heart aflutter, I will take away my eyes from
your face.
If it suddenly startles you in your walk, I will step aside and
take another path.
If it confuses you in your flower-weaving, I will shun your
lonely garden.
If it makes the water wanton and wild, I will not row my boat by
your bank.

Rabindranath Tagore (b. 7 May 1861 in Calcutta, British India; d. 7 August 1941 in Calcutta, British India)

 

If you would have it so … Rabindranath Tagore

Filed under: poetry,Rabindranath Tagore — looking4good @ 5:42 pm
photo: Passion flower

If you would have it so, I will end my singing.
If it sets your heart aflutter, I will take away my eyes from
your face.
If it suddenly startles you in your walk, I will step aside and
take another path.
If it confuses you in your flower-weaving, I will shun your
lonely garden.
If it makes the water wanton and wild, I will not row my boat by
your bank.

Rabindranath Tagore (b. 7 May 1861 in Calcutta, British India; d. 7 August 1941 in Calcutta, British India)

 

Se é assim que desejas – Rabindranath Tagore

Filed under: poesia,Rabindranath Tagore — looking4good @ 12:45 pm

foto: Barca e Pôr do sol


Se é assim que desejas,
se for assim do teu gosto,
cessarei de cantar!
Se com isso agitar
teu coração,
do meu olhar o triste brilho
desviarei do teu rosto…
e se eu, de súbito te assustar
no teu passeio despreocupado,
afastar-me-ei do teu lado
e tomarei outro brilho…

Se eu te embaraçar – ai de mim –
quando teceres as tuas flores,
flor encantada,
esquivar-me-ei do teu
solitário jardim
e da tua doce imagem…
E se eu tornar a água turva
e agitada,
jamais remarei a minha barca
para a tua margem…

Trad. Victor de Sá Coelho

Rabindranath Tagore (b. 7 May 1861 in Calcutta, British India; d. 7 August 1941 in Calcutta, British India)

 

Se é assim que desejas – Rabindranath Tagore

Filed under: poesia,Rabindranath Tagore — looking4good @ 12:45 pm

foto: Barca e Pôr do sol


Se é assim que desejas,
se for assim do teu gosto,
cessarei de cantar!
Se com isso agitar
teu coração,
do meu olhar o triste brilho
desviarei do teu rosto…
e se eu, de súbito te assustar
no teu passeio despreocupado,
afastar-me-ei do teu lado
e tomarei outro brilho…

Se eu te embaraçar – ai de mim –
quando teceres as tuas flores,
flor encantada,
esquivar-me-ei do teu
solitário jardim
e da tua doce imagem…
E se eu tornar a água turva
e agitada,
jamais remarei a minha barca
para a tua margem…

Trad. Victor de Sá Coelho

Rabindranath Tagore (b. 7 May 1861 in Calcutta, British India; d. 7 August 1941 in Calcutta, British India)