Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Que Deus me perdoe – recordando João da Silva Tavares na passagem do 45º aniversário da sua morte Junho 3, 2009

Filed under: Amália Rodrigues,Fado,João da Silva Tavares,poesia — looking4good @ 1:58 am

Ouçamos este fado na voz inesquecível de Amália Rodrigues

Se a minha alma fechada
Se pudesse mostrar,
E o que eu sofro calada
Se pudesse contar,
Toda a gente veria
Quanto sou desgraçada
Quanto finjo alegria
Quanto choro a cantar…

Que Deus me perdoe
Se é crime ou pecado
Mas eu sou assim
E fugindo ao fado,
Fugia de mim.
Cantando dou brado
E nada me dói
Se é pois um pecado
Ter amor ao fado
Que Deus me perdoe.

Quanto canto não penso
No que a vida é de má,
Nem sequer me pertenço,
Nem o mal se me dá.
Chego a querer a verdade
E a sonhar – sonho imenso –
Que tudo é felicidade
E tristeza não há.

João da Silva Tavares (nasceu em Estremoz em 24 Jun 1893; m. em 3 Jun 1964 em Lisboa)

Música: Frederico Valério

Anúncios