Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Sporting ganhou com uma segunda parte superior Outubro 1, 2008

Filed under: Basel,Basileia,Champions League,Sporting — looking4good @ 9:36 pm

FC BaselSporting CP logo

Sporting CP

2-0

FC Basel

Romagnoli e Derlei desiquilibraram

Uma assistência abaixo do esperado para um jogo da Liga dos Campeões (cerca de 22.000 espectadores) só na segunda parte teve ensejo de vibrar com o jogo porque na primeira parte o jogo foi de pouca qualidade, com as equipas a nivelarem-se mas com um futebol de muitos lançamentos compridos e pouco transporte de bola. Chegou-se a assistir a alguns assobios no Estádio José Alvalade. Com efeito a primeira parte foi fraca e não fosse, já em tempo de compensação, um lance de Derlei que ganhou a disputa de bola a um adversário e rematou de primeira com a bola abater no corpo do guarda-redes suiço, bem se poderia dizer que não existiram oportunidades de golo.

Vukcevic entrou na equipa na segunda parte substituindo Rochemback que já na primeira parte se queixara de problemas físicos e a equipa leonina reentrou melhor no jogo. Derlei esteve perto de inaugurar o marcador aos mas o seu remate de cabeça beijou o poste esquerdo da baliza de Constanzo. Aos 55′ os «leões» beneficiaram da sorte para inaugurar o marcador. Romagnoli insisitiu pelo lado esquerdo da área intrometendo-se no meio de dois adversários e o alívio de Zanni fez a bola tabelar no jogador argentino do Sporting fazendo um chapéu ao guarda-redes suiço. Foi feliz o Sporting mas o mais dificil estava feito.

Os suiços esboçaram alguma reacção jogavam no campo todo mas a equipa do Sporting foi inteligente e o jogo passou pelo período mais interessante. Rui Patrício ainda teve de se aplicar a fazer a mancha a Huggel e a evitar o empate (63′) mas era o Sporting que nesta fase do jogo esteve mais perto do 2-0. De um pontapé de canto Derlei desviou ao primeiro poste e a bola foi à barra ainda depois de bater no corpo de um defesa. Os maiores espaços concedidos pela postura mais ofensiva dos suiços foi aproveitado pelo Sporting par desferir o golpe fatal aos 86′ : uma abertura fantástica de Romagnoli isolou Derlei que finalizou da melhor forma fazendo o 2-0 e eliminando qualquer possibilidade de surpresa.

Até ao final com os suiços já desbaratados o Sporting esteve ainda perto de marcar o terceiro golo, mas seria resultado demasiado desnivelado para a produção de jogo das equipas.

A arbitragem do italiano Nicola Rizzoli adoptou um estilo de deixar jogar mas do ponto de vista disciplinar foi condescendente com os suiços (que o diga João Moutinho que sofreu uma entrada de Abraham não sancionada).

No outro jogo do grupo perto do fim chegaram boas notícias de Donetz com o Barcelona a inverter o resultado de 0-1 para 2-1, deixando o Sporting e o Shaktar em igualdade de pontos.

LIGA DOS CAMPEÕES – GRUPO C (2.ª JORNADA)
Estádio: José Alvalade, em Lisboa
Hora: 19.45 horas
Árbitro: Nicola Rizzoli (Itália)

SPORTING – Rui Patrício; Abel, Tonel, Anderson Polga e Grimi; Miguel Veloso, Fábio Rochemback, João Moutinho e Romagnoli; Derlei e Hélder Postiga (Yannick 72′).

BASILEIA – Costanzo; Zanni, Abraham, Ferati e Safari; Huggel, Gelaberta (Engic 60′) Gjasula, Carlitos e Chipperfield (Perovic 82′); Streller (Mustafi 79′).

Golos: Romagnoli
17′ – Cartão amarelo para Grimi por falta sobre Carlitos.
45′ – Cartão amarelo para Miguel Veloso por falta sobre Carlitos.
75′ – Cartão amarelo para Sreller por protestos.
85′ – CARTÃO AMARELO para TONEL, por falta sobre Perovic.

Anúncios
 

Sporting ganhou com uma segunda parte superior

Filed under: Basel,Basileia,Champions League,Sporting — looking4good @ 9:36 pm

FC BaselSporting CP logo

Sporting CP

2-0

FC Basel

Romagnoli e Derlei desiquilibraram

Uma assistência abaixo do esperado para um jogo da Liga dos Campeões (cerca de 22.000 espectadores) só na segunda parte teve ensejo de vibrar com o jogo porque na primeira parte o jogo foi de pouca qualidade, com as equipas a nivelarem-se mas com um futebol de muitos lançamentos compridos e pouco transporte de bola. Chegou-se a assistir a alguns assobios no Estádio José Alvalade. Com efeito a primeira parte foi fraca e não fosse, já em tempo de compensação, um lance de Derlei que ganhou a disputa de bola a um adversário e rematou de primeira com a bola abater no corpo do guarda-redes suiço, bem se poderia dizer que não existiram oportunidades de golo.

Vukcevic entrou na equipa na segunda parte substituindo Rochemback que já na primeira parte se queixara de problemas físicos e a equipa leonina reentrou melhor no jogo. Derlei esteve perto de inaugurar o marcador aos mas o seu remate de cabeça beijou o poste esquerdo da baliza de Constanzo. Aos 55′ os «leões» beneficiaram da sorte para inaugurar o marcador. Romagnoli insisitiu pelo lado esquerdo da área intrometendo-se no meio de dois adversários e o alívio de Zanni fez a bola tabelar no jogador argentino do Sporting fazendo um chapéu ao guarda-redes suiço. Foi feliz o Sporting mas o mais dificil estava feito.

Os suiços esboçaram alguma reacção jogavam no campo todo mas a equipa do Sporting foi inteligente e o jogo passou pelo período mais interessante. Rui Patrício ainda teve de se aplicar a fazer a mancha a Huggel e a evitar o empate (63′) mas era o Sporting que nesta fase do jogo esteve mais perto do 2-0. De um pontapé de canto Derlei desviou ao primeiro poste e a bola foi à barra ainda depois de bater no corpo de um defesa. Os maiores espaços concedidos pela postura mais ofensiva dos suiços foi aproveitado pelo Sporting par desferir o golpe fatal aos 86′ : uma abertura fantástica de Romagnoli isolou Derlei que finalizou da melhor forma fazendo o 2-0 e eliminando qualquer possibilidade de surpresa.

Até ao final com os suiços já desbaratados o Sporting esteve ainda perto de marcar o terceiro golo, mas seria resultado demasiado desnivelado para a produção de jogo das equipas.

A arbitragem do italiano Nicola Rizzoli adoptou um estilo de deixar jogar mas do ponto de vista disciplinar foi condescendente com os suiços (que o diga João Moutinho que sofreu uma entrada de Abraham não sancionada).

No outro jogo do grupo perto do fim chegaram boas notícias de Donetz com o Barcelona a inverter o resultado de 0-1 para 2-1, deixando o Sporting e o Shaktar em igualdade de pontos.

LIGA DOS CAMPEÕES – GRUPO C (2.ª JORNADA)
Estádio: José Alvalade, em Lisboa
Hora: 19.45 horas
Árbitro: Nicola Rizzoli (Itália)

SPORTING – Rui Patrício; Abel, Tonel, Anderson Polga e Grimi; Miguel Veloso, Fábio Rochemback, João Moutinho e Romagnoli; Derlei e Hélder Postiga (Yannick 72′).

BASILEIA – Costanzo; Zanni, Abraham, Ferati e Safari; Huggel, Gelaberta (Engic 60′) Gjasula, Carlitos e Chipperfield (Perovic 82′); Streller (Mustafi 79′).

Golos: Romagnoli
17′ – Cartão amarelo para Grimi por falta sobre Carlitos.
45′ – Cartão amarelo para Miguel Veloso por falta sobre Carlitos.
75′ – Cartão amarelo para Sreller por protestos.
85′ – CARTÃO AMARELO para TONEL, por falta sobre Perovic.