Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Na maré dos teus olhos – António Pires Vicente (na passagem do 45º aniversário do poeta) Setembro 5, 2008

Filed under: António Pires Vicente,Camane,Fado,poesia — looking4good @ 1:30 am
O Olhar imagem daqui

É na maré dos teus olhos,
Que eu invento naufrágios de ternura.

É na maré dos teus olhos,
Que eu descubro a cor insensata das manhãs.

É na maré dos teus olhos,
Que eu assisto ao pôr-do-sol do meu desespero.

É na maré dos teus olhos,
Que eu navego em barcos feitos de espuma.

António Pires Vicente (n. em Bragança em 5 Set. 1963)

Este poema trouxe-me à lembrança o «Sei de um Rio» (embora neste seja a boca, não o olhar, que me põe a navegar… ai ai!) e que deixo aqui para ouvir uma vez mais, na voz de Camané.

Anúncios
 

Na maré dos teus olhos – António Pires Vicente (na passagem do 45º aniversário do poeta)

Filed under: António Pires Vicente,Camane,Fado,poesia — looking4good @ 1:30 am
O Olhar imagem daqui

É na maré dos teus olhos,
Que eu invento naufrágios de ternura.

É na maré dos teus olhos,
Que eu descubro a cor insensata das manhãs.

É na maré dos teus olhos,
Que eu assisto ao pôr-do-sol do meu desespero.

É na maré dos teus olhos,
Que eu navego em barcos feitos de espuma.

António Pires Vicente (n. em Bragança em 5 Set. 1963)

Este poema trouxe-me à lembrança o «Sei de um Rio» (embora neste seja a boca, não o olhar, que me põe a navegar… ai ai!) e que deixo aqui para ouvir uma vez mais, na voz de Camané.