Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Sporting empata em Munique Outubro 31, 2006

Filed under: Uncategorized — looking4good @ 9:51 pm
Bayern München 0 – 0 Sporting

Um jogo surpreendentemente calmo … ou talvez não!

Perante tantas ausencias na equipa bávara (onde se destacam designadamente Lúcio, Schwensteiger e Podolsky) nunca se assistiu a um domínio dos alemães no jogo. Pelo contrário o Sporting conseguiu o equilibrio total das operações e até algum domínio territorial por volta dos 60′.

No entanto, em função jogo mais directo e veloz dos alemães em contraste com o futebol mais tecnicista e de troca de bola dos portugueses, tem de se concluir que o empate a zero é ajustado, embora as maiores oportunidades de golo (poucas ainda assim)tenham pertencido aos locaia. Mackay um dos melhores jogadores em campo teve duas boas oportunidades, Ricardo fez uma grande defesa a uma cabeçada na sequência de um canto e Tello (um dos melhores do Sporting conjuntamernte com Polga) no minuto 92′ safou com o corpo o golo alemão.

O Sporting teve a melhor oportunidade num livre de João Moutinho à barra com Kahn completamente batido e para além desse livre dispôs de pelo menos outros dois desaproveitados.

Este resultado objectivamente não é mau, mas face ao triunfo do Inter em Moscovo (onde o Sporting só empatou) coloca o Sporting em risco de não qualificação. Não pode perder de maneira nenhuma em Milan contra o Inter e mesmo o empate fá-lo depender do que os italianos façam no último jogo em Munique.

Vamos acreditar num empate em Milan (onde não joga Liedson por acumulação de amarelos) e a resolução definitiva do assunto para a última jornada, onde recebe o Spartak não podendo os italianos triunfarem com o Bayern já apurado. Para já perder é proibido em casa dos italianos.

Anúncios
 

Comunicados, absurdos e premonições…

Filed under: Actualidade,Futebol,opinião — looking4good @ 7:06 pm
… a propósito da lesão de Anderson

Acho que sobre certas «personalidades» quanto mais delas se fala mais importância assumem e por isso estive para nem comentar o que Miguel Sousa Tavares escreve em A Bola de hoje. Basta ler. Aberrações e mais aberrações. É absurdo atribuir intencionalidade a Katsouranis na lesão de Anderson. Já sabemos a irracionalidade clubística de MST e agora eventualmente empolada pelas críticas de plágio de que é acusado na blogosfera sobre o seu (?) best-seller Equador, julgo que fez um esforço reforçado para ser original e escrever aquelas aberrações.

Mas, não foi MST que começou. Não bastando a vitória aos trambolhões depois de ter estado confortavelmente em vantagem (o que aconteceria caso tivessem empatado como seria de justiça face à supremacia partilhada dos dois contentores em jogo ?) o site oficial do Porto transmitiu um comunicado absurdo atribuindo intencionalidade ao jogador «grego» do Benfica.

Agora vem o treinador do Porto, Jesualdo Ferreira (ai como eles ficam quando entram naquela casa! …), dizer que teve premonição de que Anderson iria sair lesionado e que até comentou isso com os adjuntos.

Tão absurdo atribuir intencionalidade e culpa dolosa a Karagounis seria dizer que afinal o culpado da lesão de Anderson é afinal o treinador do Porto, porque com a premonição que teve, como foi pôr o jogador a jogar?

Não mais absurdo que as acusações que têm vindo a ser ditas e escritas seria dizer que Anderson já estava lesionado antes do jogo …Ou não?
 

Comunicados, absurdos e premonições…

Filed under: Actualidade,Futebol,opinião — looking4good @ 7:06 pm
… a propósito da lesão de Anderson

Acho que sobre certas «personalidades» quanto mais delas se fala mais importância assumem e por isso estive para nem comentar o que Miguel Sousa Tavares escreve em A Bola de hoje. Basta ler. Aberrações e mais aberrações. É absurdo atribuir intencionalidade a Katsouranis na lesão de Anderson. Já sabemos a irracionalidade clubística de MST e agora eventualmente empolada pelas críticas de plágio de que é acusado na blogosfera sobre o seu (?) best-seller Equador, julgo que fez um esforço reforçado para ser original e escrever aquelas aberrações.

Mas, não foi MST que começou. Não bastando a vitória aos trambolhões depois de ter estado confortavelmente em vantagem (o que aconteceria caso tivessem empatado como seria de justiça face à supremacia partilhada dos dois contentores em jogo ?) o site oficial do Porto transmitiu um comunicado absurdo atribuindo intencionalidade ao jogador «grego» do Benfica.

Agora vem o treinador do Porto, Jesualdo Ferreira (ai como eles ficam quando entram naquela casa! …), dizer que teve premonição de que Anderson iria sair lesionado e que até comentou isso com os adjuntos.

Tão absurdo atribuir intencionalidade e culpa dolosa a Karagounis seria dizer que afinal o culpado da lesão de Anderson é afinal o treinador do Porto, porque com a premonição que teve, como foi pôr o jogador a jogar?

Não mais absurdo que as acusações que têm vindo a ser ditas e escritas seria dizer que Anderson já estava lesionado antes do jogo …Ou não?
 

Comunicados, absurdos e premonições…

Filed under: Uncategorized — looking4good @ 7:06 pm
… a propósito da lesão de Anderson

Acho que sobre certas «personalidades» quanto mais delas se fala mais importância assumem e por isso estive para nem comentar o que Miguel Sousa Tavares escreve em A Bola de hoje. Basta ler. Aberrações e mais aberrações. É absurdo atribuir intencionalidade a Katsouranis na lesão de Anderson. Já sabemos a irracionalidade clubística de MST e agora eventualmente empolada pelas críticas de plágio de que é acusado na blogosfera sobre o seu (?) best-seller Equador, julgo que fez um esforço reforçado para ser original e escrever aquelas aberrações.

Mas, não foi MST que começou. Não bastando a vitória aos trambolhões depois de ter estado confortavelmente em vantagem (o que aconteceria caso tivessem empatado como seria de justiça face à supremacia partilhada dos dois contentores em jogo ?) o site oficial do Porto transmitiu um comunicado absurdo atribuindo intencionalidade ao jogador «grego» do Benfica.

Agora vem o treinador do Porto, Jesualdo Ferreira (ai como eles ficam quando entram naquela casa! …), dizer que teve premonição de que Anderson iria sair lesionado e que até comentou isso com os adjuntos.

Tão absurdo atribuir intencionalidade e culpa dolosa a Karagounis seria dizer que afinal o culpado da lesão de Anderson é afinal o treinador do Porto, porque com a premonição que teve, como foi pôr o jogador a jogar?

Não mais absurdo que as acusações que têm vindo a ser ditas e escritas seria dizer que Anderson já estava lesionado antes do jogo …Ou não?
 

Champions League – Matchday 4

Filed under: Uncategorized — looking4good @ 5:45 pm

Today – 31 October

Group A
Barcelona 1-0 Chelsea [1-0 Deco 3′; 1-1 Lampaed 52′; 2-1 Gugjonhen 58′; 2-2 Drogba 90+3′]
Levski 0-3 W. Bremen [Mihaylov 33′ (own goal), Bauman 35′, Frings 37′]

Group B
Spartak Moskva 0-1 Internazionale [Cruz 1′ ]
Bayern 0 -0 Sporting

Group C
Liverpool 1-0 Bordeaux [Luis Garcia(2) 23′ and 76′, Gerrard 72′]
PSV 2 -0 Galatasaray [Simons 49′, Arouna Kouné 84′]

Group D
Shakhtar 2-2 Valencia [1-0 Jadson 2′; 1-1 Morientes 18′, 2-1 Fernandinho 28′; 2-2 Ayala 68′]
Roma 1-1 Olympiacos [0-1 Julio César 19′; 1-1 Toti 66′]

Tomorrow – 1 Nov

Group E
Real Madrid – Steaua
Lyon – Dynamo Kyiv

Group F
Benfica – Celtic
Kobenhavn – Man. United

Group G
Arsenal – CSKA Moskva
Hamburg – Porto

Group H
AEK – Lille
Milan – Anderlecht

 

Indagação – Carlos Drummond de Andrade

Filed under: Carlos Drummond de Andrade,poesia — looking4good @ 1:22 pm

Como é o corpo?
Como é o corpo da mulher?
Onde começa: aqui no chão
Ou na cabeleira, e vem descendo?
Como é a perna subindo e vai subindo
Até onde?
Vê-la num corisco é uma dor
No peito, a terra treme.
Diz-que na mulher tem partes lindas
E nunca se revelam.

Maciezas
Redondas. Como fazem
Nuas, na bacia, se lavando,
Para não se verem nuas nuas nuas?
Por que dentro do vestido muitos outros
vestidos e brancuras e engomados,
Até onde? Quando é que já sem roupa
É ela mesma, só mulher? E como que faz
Quando que faz
Se é que faz
O que fazemos todos porcamente?

Carlos Drummond de Andrade (n. em Itabira do Mato Dentro (MG) a 31 Out 1902; m. Rio de Janeiro a 17 Ago 1987).

Ler do mesmo autor neste blog: Quero ; O amor antigo

 

Amar – Carlos Drummond de Andrade

Filed under: Carlos Drummond de Andrade,poesia — looking4good @ 9:25 am

Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer,
amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados amar?

Que pode, pergunto, o ser amoroso,
sozinho, em rotação universal, senão
rodar também, e amar?
amar o que o mar traz à praia,
o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha,
é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?

Amar solenemente as palmas do deserto,
o que é entrega ou adoração expectante,
e amar o inóspito, o cru,
um vaso sem flor, um chão de ferro,
e o peito inerte, e a rua vista em sonho, e uma ave
de rapina.Este o nosso destino: amor sem conta,
distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,
doação ilimitada a uma completa ingratidão,
e na concha vazia do amor a procura medrosa,
paciente, de mais e mais amor.

Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa
amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita.

Carlos Drummond de Andrade (n. em Itabira do Mato Dentro (MG) a 31 Out 1902; m. Rio de Janeiro a 17 Ago 1987).

Ler do mesmo autor neste blog: Quero ; Ao amor antigo