Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Jogos Paraolímpicos Setembro 11, 2008

Filed under: Jogos Paraolímpicos,Mário Quintana — looking4good @ 5:18 pm
Joao Paulo Fernandes em competição (Photo credit: Mark Kolbe/Getty Images)
Estão a decorrer os Jogos Paraolímpicos em Pequim na China ou seja no mesmo cenário onde há pouco decorreu as Olímpiadas. Percebe-se que a cobertura jornalística seja incomparavelmente inferior. Nothingandall é que não fica indiferente ao acontecimento e regista-o aqui. Aliás Portugal já obteve nos Paraolímpicos um número de medalhas igual ao que foi obtido pelos outros atletas (uma medalha de ouro e uma medalha de prata).

Esta competição, pela superação que os atletas demonstram das limitações que o destino lhes impuseram, prova que, conforme escreveu Mário Quintana e que a amiga da blogosfera Nadir me lembrou num email que agradeço:

«‘Deficiente’é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.
‘Louco’ é quem não procura ser feliz com o que possui.
‘Cego’ é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
‘Surdo’ é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
‘Mudo’ é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
‘Paralítico’ é quem não consegue andar na direcção daqueles que precisam de sua ajuda.
‘Diabético’ é quem não consegue ser doce.
‘Anão’ é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:

A amizade é um amor que nunca morre’

Anúncios
 

Jogos Paraolímpicos

Filed under: Jogos Paraolímpicos,Mário Quintana — looking4good @ 5:18 pm
Joao Paulo Fernandes em competição (Photo credit: Mark Kolbe/Getty Images)
Estão a decorrer os Jogos Paraolímpicos em Pequim na China ou seja no mesmo cenário onde há pouco decorreu as Olímpiadas. Percebe-se que a cobertura jornalística seja incomparavelmente inferior. Nothingandall é que não fica indiferente ao acontecimento e regista-o aqui. Aliás Portugal já obteve nos Paraolímpicos um número de medalhas igual ao que foi obtido pelos outros atletas (uma medalha de ouro e uma medalha de prata).

Esta competição, pela superação que os atletas demonstram das limitações que o destino lhes impuseram, prova que, conforme escreveu Mário Quintana e que a amiga da blogosfera Nadir me lembrou num email que agradeço:

«‘Deficiente’é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.
‘Louco’ é quem não procura ser feliz com o que possui.
‘Cego’ é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
‘Surdo’ é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
‘Mudo’ é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
‘Paralítico’ é quem não consegue andar na direcção daqueles que precisam de sua ajuda.
‘Diabético’ é quem não consegue ser doce.
‘Anão’ é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:

A amizade é um amor que nunca morre’