Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Sporting já ganhou e agora fica à espera dos outros… Dezembro 5, 2008

Filed under: Estrela da Amadora,Futebol,Liga Sagres,Sporting — looking4good @ 11:11 pm

Amadora


1-3


Sporting



Depois de chegar à vantagem, Sporting justificou

Este jogo começou com golos cedo. Aos 6′ o Estrela avançou no marcador por Anselmo que aproveitou uma defesa incompleta de Rui Patrício a remate forte de fora da área de Varela. Porém mal os jogadores tiveram tempo de interiorizar este golo, o Sporting já empatava; Izmailov entrou na área pelo lado esquerdo e um defesa amadorense com receio da falta deu espaço suficiente para o avançado russo do Sporting rematar ao primeiro poste surpreendendo Nélson. O jogo decorreu equilibrado com os amadorenses a demonstrarem uma boa atitude e foi à equipa da casa que pertenceu a outra grande oportunbidade de golo da primeitra parte. Excelente jogada de Varela pela esquerda e assistência perfeita para ao segundo poste surgir Anselmo totalmente destacado para empurrar para a baliza mas o desvio do avançado levopu a bola ao poste numa perdida clamorosa (19′). De registar para além deste lance a substituição forçada de Grimi que saiu lesionado por Caneira numa alteração que não implicou ajustamentos tácticos.

Na segunda parte ainda não havia sido gerado perigo para qualquer das balizas quando uma perda de bola de Ndiaye na transição para o ataque originou uma jogada rápida dos leões e um cruzamento na diagonal da direita para o centro de Rochemback que Liedson na fronteira do fora de jogo desviou de cabeça para o segundo golo.

Nos minutos imediatos a equipa da casa reagiu bem e instalou-se no meio campo ofensivo mas a primeira substituição no Estrela com a entrada de Celsinho e a saída de Fernando Alexandre não resultou. Pelo lado contrário a entrada de Vukcevic foi coroada passados dois minutos com um golo do polémico jogador sportinguista com a bola rematada pelo avançado do Sporting a sofrer um desvio em Hugo Carreira e a entrar junto ao poste de Nélson que nada podia fazer.

O jogo estava resolvido e apesar do empenho dos jogadores da casa foi o Sporting que apareceu com mais perigo dominando o jogo. Um triunfo que é indiscutível mas cuja justificação aconteceu depois do 1-2, porque aquando deste golo o resultado parecia algo injusto.

O árbitro Paulo Costa mostrou amarelos a mais. Num lance em que Liedson meteu a bola dentro da baliza depois de Postiga ter dado um toque na bola, esta j´+a havia transposto a linha final apesar do lance ter sido reatado com um (pretenso) fora de jogo e deveria ter sido canto para o Sporting. De qualquer modo o golo não deveria ter valido (como não valeu).

Ficha do Jogo
Liga Sagres, 11.ª jornada
Estádio José Gomes.
Hora: 20.30
Árbitro: Paulo Costa (Porto)

E. AMADORA: Nélson; Hugo Gomes, Hugo Carreira, Nuno André Coelho e Moreno; Fernando Alexandre (Celsinho 64′); Vidigal, Celestino, Ndiaye (Jardel 76′); Anselmo e Silvestre Varela

Suplentes: Filipe Mendes, Filipe Figueiró, Marcelo Goianira, Vítor Vinha, Celsinho, Jardel e Rui Varela
Treinador: Lázaro Oliveira

SPORTING: Rui Patrício; Pereirinha, Daniel Carriço, Polga e Grimi (Caneira 23′); Miguel Veloso, Rochemback, Izmailov (Pedro Silva 81′) e João Moutinho; Postiga (Vukcevic 76′) e Liedson

Suplentes: Ricardo Batista, Caneira, Pedro Silva, Ronny, Adrien, Vukcevic e Yannick.
Treinador: Paulo Bento

Golos: 1-0 Anselmo 6′; 1-1 Izmailov 9′, 1-2 Liedson 51′, 1-3 Vukcevic 78′.

Disciplina: 20′ – Cartão amarelo a Hugo Gomes
34′ – Cartão amarelo para Celestino, por falta sobre Izmailov a travar deliberadamente a saída para o contra-ataque.
38′ – Cartão amarelo para Ndiaye falta sobre Pereirinha.
40′ – Cartão amarelo para Miguel Veloso por falta sobre Ndiaye.
59′ – Cartão amarelo para Izmailov, por falta sobre Celestino.
72′ – Cartão amarelo para Moreno por falta sobre Liedson.
83′ – Cartão amarelo a Vidigal por falta sobre Liedson.
Anúncios
 

Liga Sagres: Benfica ganha tangencialmente Novembro 16, 2008

Filed under: Benfica,Estrela da Amadora,Futebol,Liga Sagres — looking4good @ 8:57 pm

Benfica logo

Benfica


1-0


Est. Amadora


Sidnei marcou o golo da vitória encarnada em jogo fraco

Deprimidos pela derrota no futsal os adeptos encarnados tiveram imensa paciência a assistir a um jogo muito fraco em que a equipa da casa arriscou um dissabor fac eà complacência com que encarou este jogo.

Uma primeira parte em que apenas por duas vezes o golo esteve iminente a primeira das quais negada por Quim (16′) a um cabeceamento de Nuno André Coelho na sequência de um livre marcado por Celestino do lado esquerdo do ataque estrelista. O outro lance de perigo, aos 25′, foi uma jogada de «bilhar às três tabelas» ou seja uma bola na área do Estrela da Amadora a sofrer vários ressaltos e a ir parar aos pés de Suazo que isolado dentro da área atirou por alto.

Ao intervalo dir-se-ia que os espectadores pensariam que o jogo só podia melhorar tão fraco tinha sido na primeira. O Benfica voltou do balneário com mais dinâmica empurrou o Estrela da Amadora para a defesa, Suazo apareceu a desiquilibrar em algumas arrancadas pela esquerda e o Benfica marcou ao 51′ por Sidnei: bola metida por Aimar para a área onde Nuno Gomes dominou de costas para a baliza e deu para trás para o remate certeiro do defesa ecarnado que já leva três golos esta época no campeonato.

Este golo fez mal à equipa da casa que cedo voltou à pasmaceira da primeira parte e a equipa visitante agora em desvantagem espevitou um pouco tendo sido esta a procurar atacar nos últimos minutos em busca do empate, perante a incapacidade encarnada de controlar o jogo.

Um jogo que nada acrescentou ao futebol a não ser três pontos ao pecúlio do Benfica perante um Estrela cuja dignidade dos jogadores merece realce face aos vários meses de salários em atraso.

A arbitragem de João Capela não teve casos difíceis de análise deixando um amarelo no bolso na primeira parte a N’Diaye por falta sobre Jorge Ribeiro poucos minutos depois de ter dado um a Luisão por falta semelhante.

Liga Sagres, 8.ª jornada.
Estádio do Sport Lisboa e Benfica, Lisboa
Hora: 18.30
Árbitro: João Capela (Lisboa)

BENFICA: Quim; Maxi Pereira, Luisão, Sidnei e Jorge Ribeiro; Katsouranis, Yebda, Carlos Martins (Binya 80′) e Aimar; Nuno Gomes (Reyes 64′) e Suazo (Cardozo 85′)

Suplentes: Moreira, David Luiz, Binya, Fellipe Bastos, Balboa, Reyes e Cardozo

E. AMADORA: Nélson; Hugo Gomes, Mustafa, Nuno André Coelho e Vítor Moreno; Vidigal, Fernando Alexandre, Celestino (Teti 64′) e Jardel (Pedro Pereira 87′); Varela e NDiaye (Anselmo 77′).

Suplentes: Filipe Mendes, Pedro Pereira, Anselmo, Hugo Carreira, Marco Paulo, Marcelo Goianira e Teti
15′ – Luisão faz uma entrada viril sobre Vidigal. Com o pé direito tira a bola mas com o esquerdo derruba o médio do Estrela. CARTÃO AMARELO para o central do Benfica.

 

Liga Sagres: Benfica ganha tangencialmente

Filed under: Benfica,Estrela da Amadora,Futebol,Liga Sagres — looking4good @ 8:57 pm

Benfica logo

Benfica


1-0


Est. Amadora


Sidnei marcou o golo da vitória encarnada em jogo fraco

Deprimidos pela derrota no futsal os adeptos encarnados tiveram imensa paciência a assistir a um jogo muito fraco em que a equipa da casa arriscou um dissabor fac eà complacência com que encarou este jogo.

Uma primeira parte em que apenas por duas vezes o golo esteve iminente a primeira das quais negada por Quim (16′) a um cabeceamento de Nuno André Coelho na sequência de um livre marcado por Celestino do lado esquerdo do ataque estrelista. O outro lance de perigo, aos 25′, foi uma jogada de «bilhar às três tabelas» ou seja uma bola na área do Estrela da Amadora a sofrer vários ressaltos e a ir parar aos pés de Suazo que isolado dentro da área atirou por alto.

Ao intervalo dir-se-ia que os espectadores pensariam que o jogo só podia melhorar tão fraco tinha sido na primeira. O Benfica voltou do balneário com mais dinâmica empurrou o Estrela da Amadora para a defesa, Suazo apareceu a desiquilibrar em algumas arrancadas pela esquerda e o Benfica marcou ao 51′ por Sidnei: bola metida por Aimar para a área onde Nuno Gomes dominou de costas para a baliza e deu para trás para o remate certeiro do defesa ecarnado que já leva três golos esta época no campeonato.

Este golo fez mal à equipa da casa que cedo voltou à pasmaceira da primeira parte e a equipa visitante agora em desvantagem espevitou um pouco tendo sido esta a procurar atacar nos últimos minutos em busca do empate, perante a incapacidade encarnada de controlar o jogo.

Um jogo que nada acrescentou ao futebol a não ser três pontos ao pecúlio do Benfica perante um Estrela cuja dignidade dos jogadores merece realce face aos vários meses de salários em atraso.

A arbitragem de João Capela não teve casos difíceis de análise deixando um amarelo no bolso na primeira parte a N’Diaye por falta sobre Jorge Ribeiro poucos minutos depois de ter dado um a Luisão por falta semelhante.

Liga Sagres, 8.ª jornada.
Estádio do Sport Lisboa e Benfica, Lisboa
Hora: 18.30
Árbitro: João Capela (Lisboa)

BENFICA: Quim; Maxi Pereira, Luisão, Sidnei e Jorge Ribeiro; Katsouranis, Yebda, Carlos Martins (Binya 80′) e Aimar; Nuno Gomes (Reyes 64′) e Suazo (Cardozo 85′)

Suplentes: Moreira, David Luiz, Binya, Fellipe Bastos, Balboa, Reyes e Cardozo

E. AMADORA: Nélson; Hugo Gomes, Mustafa, Nuno André Coelho e Vítor Moreno; Vidigal, Fernando Alexandre, Celestino (Teti 64′) e Jardel (Pedro Pereira 87′); Varela e NDiaye (Anselmo 77′).

Suplentes: Filipe Mendes, Pedro Pereira, Anselmo, Hugo Carreira, Marco Paulo, Marcelo Goianira e Teti
15′ – Luisão faz uma entrada viril sobre Vidigal. Com o pé direito tira a bola mas com o esquerdo derruba o médio do Estrela. CARTÃO AMARELO para o central do Benfica.

 

Benfica: Campeonato miserável confirmado por ineptidão ofensiva… Maio 4, 2008

Filed under: Benfica,Estrela da Amadora,Liga Bwin — looking4good @ 9:39 pm

Amadora

0-0

Benfica

Adeus à Liga dos Campeões e a 6 milhões de euros

Um Benfica que sabia que tinha de ganhar para ter esperanças de um deslize do Guimaraes no Restelo (e /ou do Sporting em Paços de Ferreira) e chegar pelo menos à pré-eliminatória da Champions League como pode fazer uma primeira parte tão má?

Chalana disse que a equipa entrou nervosa! Nervosos e com a paciencia esgotada estão os adeptos do Benfica que vêm o seu clube no quarto lugar, sem saber jogar a bola, a falhar golos que nem nos regionais se perdoam (Luisão e Edcarlos na segunda parte com o segundo a acertar no guarda redes deitado no chão e com a baliza tão grande…), com jogadores fracos a serem titulares (Maxi Pereira) e outros a ficarem no banco (Di Maria).

Nem vale a pena falar na primeira parte, indigna de um jogo da Liga principal, com passes mal feitos, sem velocidade, sem pressão e com o Estrela da Amadora a ser superior. A única jogada de perigo foi criada por Cardozo com um remate de pé esquerdo e de fora da área à barra. Na segunda parte o Benfica com Di Maria (que entrou para o lugar de Nelson) mostrou outra atitude, mas a inepcia concretizadora foi tremenda. Na sequência de um canto Luisão falhou o golo a um metro ds baliza ao chutar por cima da barra, Mantorras obrigou o guarda-redes a uma defesa para a frente e Edcarlos na recarga com o guarda-redes no chão não soube meter a bola na baliza. O Estrela da Amadora na segunda parte pouco fez e contentou-se em defender pelo que o resultado está certo.

Como o Sporting ganhou mas o Guimarães empatou no Restelo este empate volta a saber a fel aos benfiquistas que nem o terceiro lugar conseguem obter, não se comprendendo esta atitude depois de declarações de Chalana que dizia que agora é que o campeonato ia começar !!! Muita «letra» mas pouca «obra»…

Estádio José Gomes, na Amadora
Árbitro: Pedro Proença (AF Lisboa)

E. Amadora: Pedro Alves; Rui Duarte, Wagnão, Maurício (Hugo Carreira, 44m) e Hélder Cabral; Fernando, Tiago Gomes, Marcelo e Mateus; Mendonça (Celestino, 79m) e Anselmo (Giancarlo, 79m)

Benfica: Quim; Nélson (Di María, 46m), Luisão, Edcarlos e Sepsi; Petit (Nuno Assis, 79m); Maxi Pereira, Rui Costa e Rodriguez; Nuno Gomes (Mantorras, 67m) e Cardozo

Golos: Nada a registar

Disciplina: Cartão amarelo para Petit (38′), Anselmo (42′), Maxi Pereira (57′), Hélder Cabral (61′), Fernando (86′), Rui Duarte (87′),

 

Benfica: Campeonato miserável confirmado por ineptidão ofensiva…

Filed under: Benfica,Estrela da Amadora,Liga Bwin — looking4good @ 9:39 pm

Amadora

0-0

Benfica

Adeus à Liga dos Campeões e a 6 milhões de euros

Um Benfica que sabia que tinha de ganhar para ter esperanças de um deslize do Guimaraes no Restelo (e /ou do Sporting em Paços de Ferreira) e chegar pelo menos à pré-eliminatória da Champions League como pode fazer uma primeira parte tão má?

Chalana disse que a equipa entrou nervosa! Nervosos e com a paciencia esgotada estão os adeptos do Benfica que vêm o seu clube no quarto lugar, sem saber jogar a bola, a falhar golos que nem nos regionais se perdoam (Luisão e Edcarlos na segunda parte com o segundo a acertar no guarda redes deitado no chão e com a baliza tão grande…), com jogadores fracos a serem titulares (Maxi Pereira) e outros a ficarem no banco (Di Maria).

Nem vale a pena falar na primeira parte, indigna de um jogo da Liga principal, com passes mal feitos, sem velocidade, sem pressão e com o Estrela da Amadora a ser superior. A única jogada de perigo foi criada por Cardozo com um remate de pé esquerdo e de fora da área à barra. Na segunda parte o Benfica com Di Maria (que entrou para o lugar de Nelson) mostrou outra atitude, mas a inepcia concretizadora foi tremenda. Na sequência de um canto Luisão falhou o golo a um metro ds baliza ao chutar por cima da barra, Mantorras obrigou o guarda-redes a uma defesa para a frente e Edcarlos na recarga com o guarda-redes no chão não soube meter a bola na baliza. O Estrela da Amadora na segunda parte pouco fez e contentou-se em defender pelo que o resultado está certo.

Como o Sporting ganhou mas o Guimarães empatou no Restelo este empate volta a saber a fel aos benfiquistas que nem o terceiro lugar conseguem obter, não se comprendendo esta atitude depois de declarações de Chalana que dizia que agora é que o campeonato ia começar !!! Muita «letra» mas pouca «obra»…

Estádio José Gomes, na Amadora
Árbitro: Pedro Proença (AF Lisboa)

E. Amadora: Pedro Alves; Rui Duarte, Wagnão, Maurício (Hugo Carreira, 44m) e Hélder Cabral; Fernando, Tiago Gomes, Marcelo e Mateus; Mendonça (Celestino, 79m) e Anselmo (Giancarlo, 79m)

Benfica: Quim; Nélson (Di María, 46m), Luisão, Edcarlos e Sepsi; Petit (Nuno Assis, 79m); Maxi Pereira, Rui Costa e Rodriguez; Nuno Gomes (Mantorras, 67m) e Cardozo

Golos: Nada a registar

Disciplina: Cartão amarelo para Petit (38′), Anselmo (42′), Maxi Pereira (57′), Hélder Cabral (61′), Fernando (86′), Rui Duarte (87′),

 

Benfica: Campeonato miserável confirmado por ineptidão ofensiva…

Filed under: Benfica,Estrela da Amadora,Liga Bwin — looking4good @ 9:39 pm

Amadora

0-0

Benfica

Adeus à Liga dos Campeões e a 6 milhões de euros

Um Benfica que sabia que tinha de ganhar para ter esperanças de um deslize do Guimaraes no Restelo (e /ou do Sporting em Paços de Ferreira) e chegar pelo menos à pré-eliminatória da Champions League como pode fazer uma primeira parte tão má?

Chalana disse que a equipa entrou nervosa! Nervosos e com a paciencia esgotada estão os adeptos do Benfica que vêm o seu clube no quarto lugar, sem saber jogar a bola, a falhar golos que nem nos regionais se perdoam (Luisão e Edcarlos na segunda parte com o segundo a acertar no guarda redes deitado no chão e com a baliza tão grande…), com jogadores fracos a serem titulares (Maxi Pereira) e outros a ficarem no banco (Di Maria).

Nem vale a pena falar na primeira parte, indigna de um jogo da Liga principal, com passes mal feitos, sem velocidade, sem pressão e com o Estrela da Amadora a ser superior. A única jogada de perigo foi criada por Cardozo com um remate de pé esquerdo e de fora da área à barra. Na segunda parte o Benfica com Di Maria (que entrou para o lugar de Nelson) mostrou outra atitude, mas a inepcia concretizadora foi tremenda. Na sequência de um canto Luisão falhou o golo a um metro ds baliza ao chutar por cima da barra, Mantorras obrigou o guarda-redes a uma defesa para a frente e Edcarlos na recarga com o guarda-redes no chão não soube meter a bola na baliza. O Estrela da Amadora na segunda parte pouco fez e contentou-se em defender pelo que o resultado está certo.

Como o Sporting ganhou mas o Guimarães empatou no Restelo este empate volta a saber a fel aos benfiquistas que nem o terceiro lugar conseguem obter, não se comprendendo esta atitude depois de declarações de Chalana que dizia que agora é que o campeonato ia começar !!! Muita «letra» mas pouca «obra»…

Estádio José Gomes, na Amadora
Árbitro: Pedro Proença (AF Lisboa)

E. Amadora: Pedro Alves; Rui Duarte, Wagnão, Maurício (Hugo Carreira, 44m) e Hélder Cabral; Fernando, Tiago Gomes, Marcelo e Mateus; Mendonça (Celestino, 79m) e Anselmo (Giancarlo, 79m)

Benfica: Quim; Nélson (Di María, 46m), Luisão, Edcarlos e Sepsi; Petit (Nuno Assis, 79m); Maxi Pereira, Rui Costa e Rodriguez; Nuno Gomes (Mantorras, 67m) e Cardozo

Golos: Nada a registar

Disciplina: Cartão amarelo para Petit (38′), Anselmo (42′), Maxi Pereira (57′), Hélder Cabral (61′), Fernando (86′), Rui Duarte (87′),

 

Goleada que já não se usa nos festejos do «tri» Abril 5, 2008

Filed under: Estrela da Amadora,FC Porto,football,Futebol,Liga Bwin — looking4good @ 10:14 pm
Estrela da Amadora logoFC Porto logoFC Porto

6-0

Estrela da Amadora

Maior goleada do campeonato vingou derrota de ano passado

O Porto estava sedento de cedo gozar o segundo «tri-campeonato» do seu historial e cedo arrumou a questão ao marcar dois golos aos 8′ e 11′ com jogadas construidas prelo lado esquerdo e finalizações de Lucho e Sektoui. Pouco tempo depois Sektoui faria o terceiro não estivesse em posição irregular. O Estrela da Amadora não podia replicar face à velocidade dos portistas mas ao intervalo o resultava mantinha a mesma expressão.

Na segunda parte o terceiro golo só surgiu aos 65′ por Quaresma, mas a partir daqui a oposição (pequena) do Estrela esfumou-se cada vez mais e o Porto não desligava face ao ambiente entusiamante das bancadas. O resultado atingiu expressão nunca vista neste campeonato (o Benfica vencera o Boavista por 6-1). Auto-golo de Maurício, Bruno Alves e Lisandro foram os marcadores dos reatantes golos.

Jogo sem história face ao desnível verificado mas demonstrativo da boa forma portista que assim goza já o seu 23º título (ficando à distância de oito do Benfica que lidera em termos de ceptros nacionais).

Porto: a (Bolatti, 72m), Pedro Emanuel, Bruno Alves e Fucile; Lucho, Paulo Assunção (Farias, 81m) e Raul Meireles; Sektioui (Mariano, 65m), Lisandro e Quaresma

E. Amadora: Nélson; Moreno (Wagnão, 14m), Maurício, Hugo Carreira e Hélder Cabral; Marcelo Goianira, Tiago Gomes e Celestino (Nuno Viveiros, 56m); Mateus (Marco Paulo, 73m), Anselmo e Mendonça

Golos: 1-0, Lucho (8m); 2-0, Sektioui (11m); 3-0, Quaresma (65m); 4-0, Maurício (71m, a.g.); 5-0, Bruno Alves (78m); 6-0, Lisandro (87m)

Disciplina: Cartão amarelo para Maurício (57m), Hugo Carreira (76m), Pedro Emanuel (83m) e Raul Meireles (83m)