Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

EU ONTEM VI-TE… – Angelo de Lima Julho 31, 2008

Filed under: Angelo de Lima,poesia — looking4good @ 1:25 am
Deux by Ragnit von Mosch
Eu ontem vi-te…
Andava a luz
do teu olhar,
que me seduz,
a divagar
em torno de mim.
E então pedi-te,
não que me olhasses,
mas que afastasses,
um poucochinho,
do meu caminho,
um tal fulgor.
De medo, amor,
que me cegasse,
me deslumbrasse
fulgor assim.

Ângelo de Lima (n. Porto 31 Jul 1872; m. Lisboa 14 Ago 1921)

Anúncios
 

EU ONTEM VI-TE… – Angelo de Lima

Filed under: Angelo de Lima,poesia — looking4good @ 1:25 am
Deux by Ragnit von Mosch
Eu ontem vi-te…
Andava a luz
do teu olhar,
que me seduz,
a divagar
em torno de mim.
E então pedi-te,
não que me olhasses,
mas que afastasses,
um poucochinho,
do meu caminho,
um tal fulgor.
De medo, amor,
que me cegasse,
me deslumbrasse
fulgor assim.

Ângelo de Lima (n. Porto 31 Jul 1872; m. Lisboa 14 Ago 1921)

 

Não tinha – Angelo de Lima Julho 31, 2007

Filed under: Angelo de Lima,poesia — looking4good @ 3:42 pm
Narcisos – Oleo/Lienzo (146×97), by Nanci Caro

Não tinha esse perfume, dos Narcisos!…
Nem o calor fervente dos Abraços!…

Aquela, a quem um dia abri os braços…
– que me encantava a alma de sorrisos!…

– Vi seus olhos, então!… – os lagos lisos
Não são mais cristalinos…nem mais frios!…

– Pobres Almas de Moços… – Balbucios
E Inocentes! – e ínscios!… – E indecisos!!!…

Ângelo Vaz Pinto Azevedo Coutinho de Lima (n. no Porto a 31 Jul 1872; m. em 14 Ago 1921).

 

Não tinha – Angelo de Lima

Filed under: Angelo de Lima,poesia — looking4good @ 3:42 pm
Narcisos – Oleo/Lienzo (146×97), by Nanci Caro

Não tinha esse perfume, dos Narcisos!…
Nem o calor fervente dos Abraços!…

Aquela, a quem um dia abri os braços…
– que me encantava a alma de sorrisos!…

– Vi seus olhos, então!… – os lagos lisos
Não são mais cristalinos…nem mais frios!…

– Pobres Almas de Moços… – Balbucios
E Inocentes! – e ínscios!… – E indecisos!!!…

Ângelo Vaz Pinto Azevedo Coutinho de Lima (n. no Porto a 31 Jul 1872; m. em 14 Ago 1921).

 

Não tinha – Angelo de Lima

Filed under: Angelo de Lima,poesia — looking4good @ 3:42 pm
Narcisos – Oleo/Lienzo (146×97), by Nanci Caro

Não tinha esse perfume, dos Narcisos!…
Nem o calor fervente dos Abraços!…

Aquela, a quem um dia abri os braços…
– que me encantava a alma de sorrisos!…

– Vi seus olhos, então!… – os lagos lisos
Não são mais cristalinos…nem mais frios!…

– Pobres Almas de Moços… – Balbucios
E Inocentes! – e ínscios!… – E indecisos!!!…

Ângelo Vaz Pinto Azevedo Coutinho de Lima (n. no Porto a 31 Jul 1872; m. em 14 Ago 1921).

 

Soneto – Angelo de Lima Agosto 1, 2005

Filed under: Angelo de Lima,poesia — looking4good @ 9:28 am

Pára-me de repente o pensamento
Como que de repente refreado
Na doida correria em que levado
Ia em busca da paz, do esquecimento…

Pára surpreso, escrutador, atento,
Como pára um cavalo alucinado
Ante um abismo súbito rasgado…
Pára e fica e demora-se um momento.

Pára e fica na doida correria…
Pára à beira do abismo e se demora
E mergulha na noite escura e fria

Um olhar de aço que essa noite explora…
Mas a espora da dor seu flanco estria
E ele galga e prossegue sob a espora.

Do livro: “Líricas Portuguesas”, seleção, prefácio e notas de Cabral do Nascimento, Portugália Editora, 1945, Portugal

Ângelo de Lima (n. Porto 31 Jul 1872; m. Lisboa 14 Ago 1921)