Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Leonard Cohen e Lou Reed esta noite em Lisboa. E se gostar dos dois? Julho 19, 2008

Filed under: Leonard Cohen,Lou Reed,Music,Musica — looking4good @ 7:16 pm
O cantor canadiano Leonard Cohen actua esta noite em Lisboa, no âmbito de uma digressão mundial denominada “World Tour 2008-2009” que põe fim a 15 anos de ausência nos palcos internacionais. Leonard Cohen, actualmente com 74 anos, cantautor e especialmente poeta, não nos visitava há 20 anos. O espectáculo ao ar livre tem lugar no Passeio Marítimo de Algés.

Lou Reed, de 66 anos, famoso na pop durante a florida década de 60 através dos Velvet Underground, também nos visita hoje, actuando no Campo Pequeno, em Lisboa. Lou Reed já esteve duas vezes no Porto, uma em 1981 depois de uma noite de São João pura e simplesmente decidiu não actuar. Mais recentemente em 2005 esteve na Casa da Música

E se gostar dos dois como fazer? Pois, pois. Eu por mim via (e ouvia) Leonard Cohen hoje. Amanhã desça mais um bocadinho até ao Algarve e assista ao espectáculo de Lou Reed em Loulé integrado no Allgarve Editions. Afinal há solução para (quase) tudo.

Im Your Man – Leonard Cohen

Walk On The Wild Side – Lou Reed

Anúncios
 

Musical suggestion of the day – Leonard Cohen Setembro 21, 2007

Filed under: Leonard Cohen,Music,Musica — looking4good @ 6:07 am

Leonard Norman Cohen born on September 21, 1934 in Westmount, Montreal, Quebec

I’m your man

Famous Blue Raincoat

 

Não me demorei em mosteiros europeus – Leonard Cohen Novembro 14, 2006

Filed under: Leonard Cohen,poesia — looking4good @ 12:50 pm

Não me demorei em mosteiros europeus
nem descobri por entre as ervas altas campas de cavaleiros
que caíram tão formosamente quanto as suas baladas contam;
não separei as ervas
nem intencionalmente as deixei cobertas de colmo.

Não libertei o meu pensamento para que vagueasse e aguardasse
naquelas grandiosas distâncias
entre as montanhas de neve e os pescadores,
como uma lua,
ou uma concha debaixo da água que corre.

Nãso contive a minha respiração
para que pudesse ouvir o fôlego de Deus,
nem domei o bater do meu coração com um exercício,
nem tive fome de visões.

Embora o tenha observado muitas vezes
n~ºao me transformei na garça,
deixando o meu corpo na praia,
e não me transformei na truta luminosa,
deixando o meu corpo no ar.

Não venerei feridas e relíquias,
nem pentes de ferro,
nem corpos envoltos e queimados em pergaminhos.

Não sou infeliz há dez mil anos.Durante o dia rio-me e durante a noite durmo.
Os meus cozinheiros favoritos preparam as minhas refeições,
e todo o meu trabalho corre bem.

Leonardo Cohen (n. 1934 , ~)

Trad. de Cecília Rego Pinheiro, in Rosa do Mundo, 2001 Poemas para o futuro, Assírio & Alvim