Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

À Hora do Silencio – Guilherme de Azevedo Abril 6, 2009

Filed under: Guilherme de Azevedo,poesia — looking4good @ 5:27 pm
Lua imagem daqui

Eu quiz hontem sonhar, sentir como um romantico
A doce embriaguez do pallido luar,
Ouvindo em pleno azul passar o immenso cantico
Dos astros no seu giro e em sua luta o mar!

A cidade dormia o somno dos devassos;
Aquelle somno turvo, infecto e sensual:
E a lua, antiga fada, erguia nos espaços
Tranquilla e sempre ingenua a fronte de vestal!

E sobre a quietação das coisas vis e exoticas
Sentiam-se as febrís, crueis respirações,
Dos tristes hospitaes e das virgens clorothicas,
Dos amantes fataes da febre e das paixões!

A noite era em silencio, a athmosphera doce
E ria a natureza aos beijos d’um bom Deus.
De subito escutei, ao longe, o quer que fosse
D’um canto que suppuz então baixar dos céos!

Attento ao vago som, porém, a pouco e pouco
Senti que era uma voz disforme e sensual,
Soltando uma canção n’aquelle accento rouco
Da triste inspiração alcoolica e brutal!…

Ó terna vagabunda, enamorada lua!
Emquanto ias assim, diaphana e sem véo,
Uma triste mulher passava, então, na rua
Cuspindo uma porção d’infamias para o céo!

Guilherme Avelino de Azevedo Chaves nasceu em Santarém a 30 de Novembro de 1840 e morreu de um tumor em Paris a 6 de Abril de 1882.

Do mesmo autor ler Nome Muito Próprio

Anúncios
 

Liga Sagres: Na frente todos ganham mas o Porto está perto do título Abril 5, 2009

Filed under: Futebol,Liga Sagres — looking4good @ 10:23 pm
Resultados da 23ª Jornada
3 Abr. 20:30 Académica 1-0 Belenenses
4 Abr. 19:00 V. Guimarães 1-3 FC Porto
5 Abr. 16:00 Marítimo 1-1 Trofense
5 Abr. 16:00 V. de Setúbal 0-3 Sp. Braga
5 Abr. 16:30 Naval 1º. de Maio 0-0 Paços de Ferreira
5 Abr. 18:00 Leixões 0-1 Sporting
5 Abr. 20:15 Estrela da Amadora 1-2 Benfica
6 Abr. 19:45 Rio Ave Nacional

Comentários: O jogo grande da Jornada era o de Guimarães, onde os vimaranenses tinham os adeptos do Benfica e do Sporting como aliados no confronto em que recebiam o comandante FC Porto. Os adeptos da «maioria» ainda viram a sua esperança reforçada com o golo de Roberto que punha a equipa da casa a ganhar, resultado que se verificava no final da primeira parte. Porém, no reinício do jogo não foi preciso muito tempo para Farias e Mariano virarem o resultado; de um canto Rolando já no final do jogo ainda reforçaria o triunfo. Mais do que a vitória o Porto, com uma equipa em que faltaram alguns titulares (gestão de Jesualdo face ao jogo da Champions, para além do castigo de Lisandro), demonstrou que está bem acima em termos competitivos e de força psicológica e física aos seus rivais Sporting e Benfica. Ficou, porém, um erro do árbitro ao não punir uma entrada de Rolando com o braço na cara de Roberto que daria um penalty perto do final do jogo quando o resultado era de 1-2.

O Sporting foi ao Estádio do Mar ganhar por 1-0 elevando para 4 as derrotas consecutivas dfa equipa de Matosinhos. O Leixões até começou bem nos dez minutos iniciais mas a partir do golo de Derlei o Sporting comandou a partida. O árbitro Pedro Proença é que esteve mal (mais uma vez) e tendo visto o penalty fantasma do Porto-Benfica, não viu Abel cortar claramente com a mão um cruzamento de Diogo Valente ainda na primeira parte (mas assinalou falta por pretensa mão num corte com a cara de um jogador do Leixões). Seja como for o Sporting foi muito superior no jogo e mereceu o triunfo.

O Benfica ganhou na Amadora em penalties por 2-1. Isto porque todos os golos foram marcados de penalidades máximas convertidas. Duas por Cardozo para o Benfica e de Varela para o Estrela, todas ainda na primeira parte. Foi um jogo de fraca qualidade e nem 2-0 com apenas 16′ jogados deu fluidez e tranquilidade ao jogo do Benfica que na parte final do jogo arriscou-se a sofrer o empate.

A jornada 23 começara na sexta-feira com a equipa da Académica a ganhar tangencialmente mas merecidamente o Berlenenses (tantas foram as oportunidades, com Julio Batista guarda-redes do Belenenses a ser o melhor), com o golo a ser obtido por Nuno Piloto. A equipa de Coimbra em véspera de jogar com Benfica e Porto descansa melhor com os três pontos granjeados enquanto o Belenenses vai de mal a pior e está no último lugar do campeonato com o Rio Ave que só amanhã joga (em casa frente ao Nacional).

Nesta jornada apenas se verificou um triunfo caseiro – o da Académica – enquanto para além dos três grandes também o Braga foi ganhar fora a Setúbal e de forma concludente por 3-0, parecendo ter ao seu alcance o 4º. lugar na classificação final, que aliás já ocupa.

O Trofense foi empatar ao Marítimo por 1-1 enquanto Naval e Paços de Ferreira empataram a zero. Vamos ver se foi mau ou bom em grande parte dependendo do resultado do jogo entre o Rio Ave e o Nacional que completa amanhã a jornada.

Na próxima semana o Porto recebe o Estrela da Amadora, o Sporting a Naval e o Benfica a Académica. A lógica diria que os grandes voltarão a vencer todos… mas nunca fiando! Disputa-se ainda o Braga-Marítimo para os lugares da Europa e um Belenenses-Setúbal de grande importância para a definição dos últimos lugares.

Classificação
Lugar Clube Pontos Golos
1. FC Porto 51 44-16
2. Sporting 47 31-14
3. Benfica 46 38-22
4. Braga 40 28-15
5. Nacional (*) 36 34-24
6. Marítimo 35 29-23
6. Leixões 35 24-25
8. Vitória de Guimarães 30 24-27
9. Académica 28 20-24
10. Estrela da Amadora 27 21-28
11. Naval 1º. de Maio 24 20-29
12. Paços de Ferreira 23 29-36
13. Vitória de Setúbal 22 15-32
14. Trofense 19 18-29
15. Belenenses 17 21-38
15. Rio Ave (*) 17 14-28

(*) Rio Ave e Nacional têm um jogo a menos defrontando-se amanhã em Vila do Conde

Próxima Jornada – 24ª.
10 Abr. 18:00 Braga Marítimo
10 Abr. 20:30 Paços de Ferreira Vit. de Guimarães
11 Abr. 16:00 Leixões Rio Ave
11 Abr. 18:00 Belenenses Vitória de Setúbal
11 Abr. 18:00 Sporting Naval 1º. de Maio
11 Abr. 19:00 Benfica Académica
11 Abr. 21:00 Porto Estrela da Amadora
13 Abr. 19:45 Trofense Nacional
 

Canção Grata – Carlos Queiróz

Filed under: Carlos Queirós,poesia — looking4good @ 12:37 am
imagem daqui

Por tudo o que me deste:
– Inquietação, cuidado,
(Um pouco de ternura? É certo, mas tão pouco!)
Noites de insónia, pelas ruas, como um louco…
– Obrigado! Obrigado!

Por aquela tão doce e tão breve ilusão.
(Embora nunca mais, depois que a vi desfeita,
Eu volte a ser quem fui), sem ironia: aceita
A minha gratidão!

Que bem me faz, agora, o mal que me fizeste!
– Mais forte, mais sereno, e livre, e descuidado…
Sem ironia, amor: – Obrigado, obrigado
Por tudo o que me deste!

José Carlos Queirós Nunes Ribeiro (n. Lisboa 5 Abr 1907; m. 27 Out 1949), in 366 poemas que falam de amor, uma antologia organizada por Vasco Graça Moura, Quetzal Editores, 2ª. Edição, Lisboa 2004

 

Citação do Dia – Saul Bellow

Filed under: Citação do dia — looking4good @ 12:22 am
Apaixonar-se, apesar de tudo, é uma prova de sanidade mental, pois no amor descobrimos uma generosidade ilimitada.

Saul Bellow, Nobel da Literatura em 1976 (n. 10 de Junho de 1915, Lachine, Québec, Canadá – m. 5 Abril de 2005, Brookline, Massachusetts, EUA).

 

Recordando Augusto de Lima na passagem do 150º aniversário do seu nascimento

Filed under: Augusto de Lima,poesia — looking4good @ 12:11 am

A Um Otimista

Pensas que são inteiramente nossos
nossos corpos de argila? Não no creias.
Para reter a vida, em vão anseias:
dela não guardarás sequer destroços.

Não tens, fingindo de herdeiro dos colossos,
destinado a guardar coisas alheias,
nem o sangue que corre em tuas veias,
nem a sutil medula de teus ossos.

Uma voz noutra voz reproduzida,
reproduzindo antiga voz perdida,
o eco responde a voz – eco também…

Riste da sombra que refletes? Ri-se
também de ti a sombra: – quem te disse
que não és – olha atrás! – sombra de alguém?

Antônio Augusto de Lima (n. Nova Lima, então Congonhas de Sabará, a 5 de Abril de 1859; m. Rio de Janeiro, 22 de Abril de 1934)

Esperança e Saudade
Serenata

 

On this day in History – Apr. 05

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 12:10 am
 

II Antologia de Poetas Lusófonos Abril 4, 2009

Filed under: cultura,poesia — looking4good @ 9:53 pm

Por via do blog Dispersamente tomei conhecimento da II Antologia de Poetas Lusófonos cujo lançamento ocorre amanhã em cerimónia pública para a qual todas as pessoas estão, desde já, convidadas, conforme segue:

“A Folheto Edições, a Câmara Municipal da Batalha e o Director do Mosteiro da Batalha, têm a honra de convidar V. Exa. e Família para a apresentação da II Antologia de Poetas Lusófonos.

Depois do sucesso da I Antologia de Poetas Lusófonos, que contou com mensagens de parabéns dos Presidentes da República de Portugal e do Brasil, assim como do Primeiro-ministro de Portugal, a editora Folheto, em parceira com várias Associações e Academias, de diversos países, entendeu levar a efeito a II Antologia de Poetas Lusófonos.
A II Antologia, com cerca de 500 páginas, conta com a participação de 134 poetas (seleccionados dos cerca de 400 participantes) de 11 países: Portugal; Brasil; França; Suíça; Inglaterra; Angola; Timor; Canadá; EUA; Moçambique e Índia.

A cerimónia terá lugar no Mosteiro da Batalha, no dia 5 de Abril de 2009, com início às 15:30 horas, nas Capelas Imperfeitas, com a actuação da Orquestra Filarmonia das Beiras. Às 16:30 horas, no Auditório do Mosteiro, terá lugar a apresentação da II Antologia de Poetas Lusófonos.

Haverá um momento de poesia com a participação vários poetas.

A entrada é livre.”