Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Pergunta – Dragão e rosas vermelhas ? Fevereiro 21, 2008

Filed under: Mohammad Reza Chafi'i-Kadrani,poesia — looking4good @ 2:02 am

Dragão símbolo do FC Porto e côr vermelha (mesmo que seja de rosas) representativa do Benfica alguma vez podem ser conciliáveis?

Só em poesia. Vejam la:

PERGUNTA – Mohammad Reza Chafi’i-Kadrani (n. 1939)

Qual é a vossa resposta se não um milagre?
Como foi possível, ao bafo do dragão,
Tantas flores brancas de jasmim,
tantas rosas vermelhas florescerem?

Trad. Kurt Scharf

em Rosa do Mundo 2001 Poemas para o Futuro, Assírio & Alvim

 

Pergunta – Dragão e rosas vermelhas ?

Filed under: Mohammad Reza Chafi'i-Kadrani,poesia — looking4good @ 2:02 am

Dragão símbolo do FC Porto e côr vermelha (mesmo que seja de rosas) representativa do Benfica alguma vez podem ser conciliáveis?

Só em poesia. Vejam la:

PERGUNTA – Mohammad Reza Chafi’i-Kadrani (n. 1939)

Qual é a vossa resposta se não um milagre?
Como foi possível, ao bafo do dragão,
Tantas flores brancas de jasmim,
tantas rosas vermelhas florescerem?

Trad. Kurt Scharf

em Rosa do Mundo 2001 Poemas para o Futuro, Assírio & Alvim

 

Pergunta – Dragão e rosas vermelhas ?

Filed under: Mohammad Reza Chafi'i-Kadrani,poesia — looking4good @ 2:02 am

Dragão símbolo do FC Porto e côr vermelha (mesmo que seja de rosas) representativa do Benfica alguma vez podem ser conciliáveis?

Só em poesia. Vejam la:

PERGUNTA – Mohammad Reza Chafi’i-Kadrani (n. 1939)

Qual é a vossa resposta se não um milagre?
Como foi possível, ao bafo do dragão,
Tantas flores brancas de jasmim,
tantas rosas vermelhas florescerem?

Trad. Kurt Scharf

em Rosa do Mundo 2001 Poemas para o Futuro, Assírio & Alvim

 

Pergunta – Dragão e rosas vermelhas ?

Filed under: Mohammad Reza Chafi'i-Kadrani,poesia — looking4good @ 2:02 am

Dragão símbolo do FC Porto e côr vermelha (mesmo que seja de rosas) representativa do Benfica alguma vez podem ser conciliáveis?

Só em poesia. Vejam la:

PERGUNTA – Mohammad Reza Chafi’i-Kadrani (n. 1939)

Qual é a vossa resposta se não um milagre?
Como foi possível, ao bafo do dragão,
Tantas flores brancas de jasmim,
tantas rosas vermelhas florescerem?

Trad. Kurt Scharf

em Rosa do Mundo 2001 Poemas para o Futuro, Assírio & Alvim