Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Retrato de Minha Mãe – Enrique de Resende Setembro 16, 2008

Filed under: Enrique de Resende,Mãe,poesia,Unicepe — looking4good @ 12:08 am

A face que mimavas e dizias
ser o sonho de amor com que sonhavas,
se hoje ao mundo voltasses, não verias
aquela mesma face, que mimavas.

Mudou-se-me o destino, mal partias,
pois órfão do destino me deixavas,
e, na ronda das horas e dos dias,
tudo mais se mudou, porque mudavas.

Sucederam-se os anos… Envelheço,
mas, se a luz em meus olhos já rareia,
a mocidade nos teus olhos brilha.

Contemplo-te o retrato e me enterneço
− Tal é a distância que entre nós medeia,
que hoje pareces minha própria filha.

ENRIQUE DE RESENDE (n. em Cataguases, Minas Gerais a 13 de Agosto de 1899 – m. 16 de Setembro de 1973 no Rio de Janeiro).

Soneto extraído de «A Circulatura do Quadrado – Alguns dos Mais Belos Sonetos de Poetas cuja Mátria é a Língua Portuguesa. Introdução, coordenação e notas de António Ruivo Mouzinho. Edições Unicepe – Cooperativa Livreira de Estudantes do Porto, 2004.
Anúncios