Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Champions League: Chelsea de Mourinho vira o jogo e está nas Meias-Finais Abril 10, 2007

Filed under: Champions League,Chelsea,Valencia — looking4good @ 9:58 pm
Valencia CF 1 – 2 Chelsea FC
Depois do empate de Stanford Bridge sabia-se que nem por isso o Valencia iria ter uma vida fácil face à equipa de estrelas do Chelsea bem armada tacticamente pela mestria de Mourinho. As equipas começaram o jogo cautelosamente mas não demorou muito para se perceber uma maior posse de bola dos ingleses (o que não deixa de ser estranho face a uma equipa espanhola, em princípio mais dotada tecnicamente do que o estilo inglês). De três pontapés de canto para os ingleses poderia ter resultado a abertura no marcador, num deles com Ricardo Carvalho a cabecear ao lado.

Por volta da meia hora de jogo, porém o jogo mudou de tendência e foram os espanhóis que empolgados pelo golo de Morientes, vindo de trás a finalizar de rasteiro a bola vinda do centro da direita de Joaquin e que sobrevoara os centrais do Chelsea.

No minuto seguinte outra vez por Morientes esteve perto de acontecer o 2-0 mas Ashley Cole evitou, de forma pouco ortodoxa mas eficiente, com o guarda-redes batido que a bola fosse para o fundo da baliza.

Perto do final um cabeceamento ao ângulo de Ballack foi bem defendido por Cañizares que na segunda parte viria a fazer uma extraordinária defesa a outro remate de cabeça (que parecia fatal) de Ballack.

Mas vamos seguindo cronologicamente. Na segunda parte Mourinho mudou para 4-3-3 fazendo recuar Essien para defesa direito e fazendo entrar Joe Cole. Os ingleses cedo empataram o jogo por Shevchenko oportunista a aproveitar um ressalto após Drogba ter tentado finalizar centro da direita de Essien.

Os ingleses estiveram por cima na segubda parte ainda que Angulo (entrado a substituir Morientes) em remate da meia esquerda tenha feito passar a bola ligeiramente por cima da baliza de Cech. A equipa da casa parecia mais cansada e e a entrada de Hugo Viana nada adiantou.

Como já dissemos acima Cañizares evitou (ainda) o 1-2 de Ballack e parecia que, por isso, o prolongamento seria o destino mais ajustado, mas uma fuga pela direira de Essien acabou com um remate cruzado ao primeiro poste com, desta vez, Cañizares a deixar passar a bola entre o seu corpo e o poste, porventura surpreendido com o remate em vez do cruzamento que se esperava.

Mourinho está nas meias-finais onde defrontará o Liverpool

Mestalla Stadium – Valencia

Valencia: Cañizares; Miguel, Ayala, Moretti e Del Horno; Joaquin, Albelda, Albiol (Hugo Viana 72′) e Silva, Villa e Morientes (Angulo 65′)

Chelsea: Petr Cech; Diarra (Joe Cole 46′), Ricardo Carvalho, Terry, Ashley Cole; Essien, Obi Mikel, Ballack e Lampard (Makelele 90+3′), Drogba e Shevchenko (Kalou 90+3′)

Golos: 1-0 Morientes 32′; 1-1 Shevchenko 52, 1-2 Essien 90

Disciplina: Cartão amarelo a Essien 4′ , Ballack aos 21′ , Del Horno 45′ (por falta sobre Shevchenko); Albelda 51′, Ayala 60′ (por protestos ou pela falta com o cotovelo sobre Drogba), Moretti 62′

Anúncios
 

Champions League: Chelsea de Mourinho vira o jogo e está nas Meias-Finais

Filed under: Champions League,Chelsea,Valencia — looking4good @ 9:58 pm
Valencia CF 1 – 2 Chelsea FC
Depois do empate de Stanford Bridge sabia-se que nem por isso o Valencia iria ter uma vida fácil face à equipa de estrelas do Chelsea bem armada tacticamente pela mestria de Mourinho. As equipas começaram o jogo cautelosamente mas não demorou muito para se perceber uma maior posse de bola dos ingleses (o que não deixa de ser estranho face a uma equipa espanhola, em princípio mais dotada tecnicamente do que o estilo inglês). De três pontapés de canto para os ingleses poderia ter resultado a abertura no marcador, num deles com Ricardo Carvalho a cabecear ao lado.

Por volta da meia hora de jogo, porém o jogo mudou de tendência e foram os espanhóis que empolgados pelo golo de Morientes, vindo de trás a finalizar de rasteiro a bola vinda do centro da direita de Joaquin e que sobrevoara os centrais do Chelsea.

No minuto seguinte outra vez por Morientes esteve perto de acontecer o 2-0 mas Ashley Cole evitou, de forma pouco ortodoxa mas eficiente, com o guarda-redes batido que a bola fosse para o fundo da baliza.

Perto do final um cabeceamento ao ângulo de Ballack foi bem defendido por Cañizares que na segunda parte viria a fazer uma extraordinária defesa a outro remate de cabeça (que parecia fatal) de Ballack.

Mas vamos seguindo cronologicamente. Na segunda parte Mourinho mudou para 4-3-3 fazendo recuar Essien para defesa direito e fazendo entrar Joe Cole. Os ingleses cedo empataram o jogo por Shevchenko oportunista a aproveitar um ressalto após Drogba ter tentado finalizar centro da direita de Essien.

Os ingleses estiveram por cima na segubda parte ainda que Angulo (entrado a substituir Morientes) em remate da meia esquerda tenha feito passar a bola ligeiramente por cima da baliza de Cech. A equipa da casa parecia mais cansada e e a entrada de Hugo Viana nada adiantou.

Como já dissemos acima Cañizares evitou (ainda) o 1-2 de Ballack e parecia que, por isso, o prolongamento seria o destino mais ajustado, mas uma fuga pela direira de Essien acabou com um remate cruzado ao primeiro poste com, desta vez, Cañizares a deixar passar a bola entre o seu corpo e o poste, porventura surpreendido com o remate em vez do cruzamento que se esperava.

Mourinho está nas meias-finais onde defrontará o Liverpool

Mestalla Stadium – Valencia

Valencia: Cañizares; Miguel, Ayala, Moretti e Del Horno; Joaquin, Albelda, Albiol (Hugo Viana 72′) e Silva, Villa e Morientes (Angulo 65′)

Chelsea: Petr Cech; Diarra (Joe Cole 46′), Ricardo Carvalho, Terry, Ashley Cole; Essien, Obi Mikel, Ballack e Lampard (Makelele 90+3′), Drogba e Shevchenko (Kalou 90+3′)

Golos: 1-0 Morientes 32′; 1-1 Shevchenko 52, 1-2 Essien 90

Disciplina: Cartão amarelo a Essien 4′ , Ballack aos 21′ , Del Horno 45′ (por falta sobre Shevchenko); Albelda 51′, Ayala 60′ (por protestos ou pela falta com o cotovelo sobre Drogba), Moretti 62′

 

Champions League: Chelsea de Mourinho vira o jogo e está nas Meias-Finais

Filed under: Champions League,Chelsea,Valencia — looking4good @ 9:58 pm
Valencia CF 1 – 2 Chelsea FC
Depois do empate de Stanford Bridge sabia-se que nem por isso o Valencia iria ter uma vida fácil face à equipa de estrelas do Chelsea bem armada tacticamente pela mestria de Mourinho. As equipas começaram o jogo cautelosamente mas não demorou muito para se perceber uma maior posse de bola dos ingleses (o que não deixa de ser estranho face a uma equipa espanhola, em princípio mais dotada tecnicamente do que o estilo inglês). De três pontapés de canto para os ingleses poderia ter resultado a abertura no marcador, num deles com Ricardo Carvalho a cabecear ao lado.

Por volta da meia hora de jogo, porém o jogo mudou de tendência e foram os espanhóis que empolgados pelo golo de Morientes, vindo de trás a finalizar de rasteiro a bola vinda do centro da direita de Joaquin e que sobrevoara os centrais do Chelsea.

No minuto seguinte outra vez por Morientes esteve perto de acontecer o 2-0 mas Ashley Cole evitou, de forma pouco ortodoxa mas eficiente, com o guarda-redes batido que a bola fosse para o fundo da baliza.

Perto do final um cabeceamento ao ângulo de Ballack foi bem defendido por Cañizares que na segunda parte viria a fazer uma extraordinária defesa a outro remate de cabeça (que parecia fatal) de Ballack.

Mas vamos seguindo cronologicamente. Na segunda parte Mourinho mudou para 4-3-3 fazendo recuar Essien para defesa direito e fazendo entrar Joe Cole. Os ingleses cedo empataram o jogo por Shevchenko oportunista a aproveitar um ressalto após Drogba ter tentado finalizar centro da direita de Essien.

Os ingleses estiveram por cima na segubda parte ainda que Angulo (entrado a substituir Morientes) em remate da meia esquerda tenha feito passar a bola ligeiramente por cima da baliza de Cech. A equipa da casa parecia mais cansada e e a entrada de Hugo Viana nada adiantou.

Como já dissemos acima Cañizares evitou (ainda) o 1-2 de Ballack e parecia que, por isso, o prolongamento seria o destino mais ajustado, mas uma fuga pela direira de Essien acabou com um remate cruzado ao primeiro poste com, desta vez, Cañizares a deixar passar a bola entre o seu corpo e o poste, porventura surpreendido com o remate em vez do cruzamento que se esperava.

Mourinho está nas meias-finais onde defrontará o Liverpool

Mestalla Stadium – Valencia

Valencia: Cañizares; Miguel, Ayala, Moretti e Del Horno; Joaquin, Albelda, Albiol (Hugo Viana 72′) e Silva, Villa e Morientes (Angulo 65′)

Chelsea: Petr Cech; Diarra (Joe Cole 46′), Ricardo Carvalho, Terry, Ashley Cole; Essien, Obi Mikel, Ballack e Lampard (Makelele 90+3′), Drogba e Shevchenko (Kalou 90+3′)

Golos: 1-0 Morientes 32′; 1-1 Shevchenko 52, 1-2 Essien 90

Disciplina: Cartão amarelo a Essien 4′ , Ballack aos 21′ , Del Horno 45′ (por falta sobre Shevchenko); Albelda 51′, Ayala 60′ (por protestos ou pela falta com o cotovelo sobre Drogba), Moretti 62′

 

Clubs founded on March 18 Março 18, 2007

Filed under: Ajax,Ginasio Club Portugês,Valencia — looking4good @ 5:43 pm
Ginásio Club Português founded in 1875

Ajax founded in 1900


Valencia CF founded in 1919

 

Clubs founded on March 18

Filed under: Ajax,Ginasio Club Portugês,Valencia — looking4good @ 5:43 pm
Ginásio Club Português founded in 1875

Ajax founded in 1900


Valencia CF founded in 1919

 

Clubs founded on March 18

Filed under: Ajax,Ginasio Club Portugês,Valencia — looking4good @ 5:43 pm
Ginásio Club Português founded in 1875

Ajax founded in 1900


Valencia CF founded in 1919