Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Milagre permite a Portugal continuar a sonhar Junho 6, 2009

Albania flagPortugal flag
Albania
1-2
Portugal

Golo nos descontos permite a Queiroz continuar a gozar-nos!

Carlos Queiroz fala muito, tem bons dotes oratórios, mas mas continua a gozar os portugueses…

Mais uma fraca exibição da selecção portuguesa com opções do treinador inaceitáveis. Jogar na Albania num jogo que se tem de ganhar e pôr Pepe no meio campo defensivo conjuntamente com Raul Meireles, ressuscitar Boa Morte na ala esquerda … não cabe na cabeça de ninguém a não ser a de Carlos Queiroz.

Jogo a velocidade de lesma, Portugal sem dinâmica, sem organização de jogo até passou por calafrios. Aos 17′ Cristiano Ronaldo foi tocado na área mas o árbitro alemão não assinalou o penalty. Depois foram os albaneses quase a marcarem num chapéu da esquerda sobre Eduardo, que saira precipitadamente, mas que não se direccionou à baliza e a bola acabou afastado pela defesa portuguesa.

Uma jogada pela direira de Bosingwa (um dos mais dinâmicos da equipa) desiquilibrou e o cruzamento após corte falhado de um defesa da casa foi finalizado com facilidade de cabeça por Hugo Almeida. Depois de três empates consecutivos sem marcar golos parecia que a selecção se encaminharia para uma vitória fácil. Qual quê? No minuto seguinte foi o inverso. Pela esquerda do ataque da Albania surgiu o cruzamento que Bogdani, ganhando a Duda, de cabeça finalizou com exito.

Na segunda parte Portugal não melhorou. Uma brincadeira de Ricardo Carvalho junto à lateral direita permitiu a um avançado albanês ganhar a bola partir na horizontal para a baliza com Ricardo Carvalho a arriscar o penalty que o árbitro alemão também não concedeu. As substituições feitas não melhoraram. A Albania fazia jogo passivo, simulava lesões, demorava as reposições de bola, com o árbitro a permitir (quase) tudo, mas a concessão de cinco minutos de desconto acabou por conduzir ao desânimo dos albaneses. Uma bola da intermediária colocada na área por Raul Meireles com saída em falso do guarda-redes antecipado de cabeça por Bruno Alves constituiu um milagre que nos coloca ainda a sonhar mais pela teoria do que pela prática, pois esta exibição foi mais uma arrepiante…

No outro jogo do Grupo 1 da zona europeia de qualificação a Dinamarca foi ganhar à Suécia e prativcamente garantiu o primeiro lugar. Do mal o menos a Suécia atrasou-se e Portugal tem expectativas ainda de chegar ao segundo. Tem dois jogos frente à Hungria para ganhar avanço e no próximo vai à Dinamarca para tentar corrigir a derrota caseira contra esta equipa nórdica.

Ficha de jogo:
Estádio Qemal Stafa (Tirana

Árbitro: Florian Meyer

Albânia – Hidi; Vangjeli, Cana, Curri e Vrapi; Bequiri, Agolli, Bulku e Duru (Berisha, 86); Skela e Bogdani (Salihi, 63).

Suplentes: Ujkami, Bylykbashi, Teli, Hyka, Kaplani, Berisha e Salihi.

Portugal – Eduardo; Bosingwa, Ricardo Carvalho (Nani, 75), Bruno Alves e Duda; Pepe, Meireles e Deco; Cristiano Ronaldo, Hugo Almeida (Edinho, 68) e Boa Morte (Simão, intervalo)

Suplentes: Moreira, Rolando, Miguel, João Moutinho, Edinho, Simão e Nani.

Golos: Bogdani (28); Hugo Almeida (27) e Bruno Alves (90+2)

Disciplina: cartão amarelo a Vangjeli (8), Curri (20), Agolli (53) e Hidi (75); Raúl Meireles (53) e Pepe (79).

Anúncios
 

Portugal praticamente fora do Mundial Março 28, 2009

Filed under: FIFA South Africa World Championship,selecção de Portugal — looking4good @ 10:40 pm


Portugal

0-0

Suécia

Queiroz inventa demais… e não ganhámos outra vez

Portugal jogava em casa com a Suécia e depois dos desaires em casa (derrota frente à Dinamarca e um emnpate absolutamente inexplicável face à Albânia) Portugal tinha que ganhar! Todos nós sabíamos isso, mas Queiroz parece que não!

O onze escalonado tinha dois médios defensivos (um deles Pepe que é um defesa central e Raul Meireles) e nenhum avançado centro, com Danny a jogar mais perto desse lugar numa adaptação incompreensível – mais uma do treinador que com tantas asneiras jogo após jogo, conseguiu pôr Portugal fora do Mundial da África do Sul.

Portugal nem jogou mal, porém mais uma vez demonstrou que é uma equipa quase inofensiva. Muitos remates mas poucos a exigir especial atenção de Isaksson.

Na primeira parte um cruzamento remate de Duda levou a bola a bater no poste mas a jogada de maior perigo foi já perto do intervalo quando Simão de pé esquerdo finalizou uma boa jogada colectiva ligeiramente ao lado.

Na segunda parte Danny libertado pelo lado direito da área desperdiçou. Os suecos atacaram pouco mas também criaram perigo obrigando Eduardo a uma boa intervenção. A entrada de Deco nada mudou tacticamente – e Portugal nessa altura jogava com 4 jogadores que são de origem defesas-centrais face à saída por lesão de Bosingwa entrara Rolando – mantendo dois médios defensivos! Mais tarde, a faltarem 25 minutos para o fim entrou finalmente um avançado centro, Hugo Almeida.

Sendo assim um resultado diferente de zero a zero só por milagre. Aos 84′ numa insistência, por sinal aérea, Cristiano Ronaldo falhou o golo (ele que antes fizera polémicas declarações dizendo que se os outros jogadores fizessem na selecção o que ele já fez Portugal já tinha sido Campeão do Mundo!!!).

Queiroz continua a dizer que há muito jogo pela frente … e parece que está noutra galáxia, não vendo a realidade. Por fim queixou-se de um penalty!… Mas até o próprio discurso já carece de convicção.

Nos outros jogos do grupo a Dinamarca venceu fora Malta por 3-0 e a Hungria foi vencer à Albânia (com quem nós empatámos em casa) por 1-0.

A arbitragem esteve bem, sem casos de maior ainda que tivesse falhas – Ricardo Carvalho (braço na cara de um avançado) e um defesa sueco por protestos veementes numa falta assinalada sobre Cristiano Ronaldo mereciam ter visto o cartão amarelo.

Árbitro: Frank de Bleeckere (Bélgica)

Equipas:
PORTUGAL – Eduardo; Bosingwa (Rolando, 44m), Ricardo Carvalho, Bruno Alves e Duda; Raul Meireles, Pepe e Tiago (Deco, 61m); Cristiano Ronaldo, Danny (Hugo Almeida, 65m) e Simão.

SUÉCIA – Isaksson; Nilsson, Mellberg, Majstorovic e Johansson; Rasmus Elm, Kallstrom, Svensson (Sebastien Larsson, 80m) e Holmen (Wilhelmsson, 57m); Larsson e Elmander.

Acção disciplinar: Nada a registar

 

FIFA 2010: 25 Nov. – Draw for Asiatic Zone Novembro 25, 2007

Filed under: FIFA South Africa World Championship — looking4good @ 10:41 pm
ASIATIC ZONE

Group 1 Group 2 Group 3 Group 4

Group 5
Australia Japan Korea Rep. Saudi Arabia Iran
China PR Barhain Korea DPR Uzbekistan Kuwait
Iraq Oman Jordan Lebanon UA Emirates
Qatar Thailand Turkmenistan Singapore Syria
 

FIFA 2010: 25 Nov. – Draw for Asiatic Zone

Filed under: FIFA South Africa World Championship — looking4good @ 10:41 pm
ASIATIC ZONE

Group 1 Group 2 Group 3 Group 4

Group 5
Australia Japan Korea Rep. Saudi Arabia Iran
China PR Barhain Korea DPR Uzbekistan Kuwait
Iraq Oman Jordan Lebanon UA Emirates
Qatar Thailand Turkmenistan Singapore Syria
 

FIFA 2010: 25 Nov. – Draw for Asiatic Zone

Filed under: FIFA South Africa World Championship — looking4good @ 10:41 pm
ASIATIC ZONE

Group 1 Group 2 Group 3 Group 4

Group 5
Australia Japan Korea Rep. Saudi Arabia Iran
China PR Barhain Korea DPR Uzbekistan Kuwait
Iraq Oman Jordan Lebanon UA Emirates
Qatar Thailand Turkmenistan Singapore Syria
 

FIFA 2010: 25 Nov. – Draw for Asiatic Zone

Filed under: FIFA South Africa World Championship — looking4good @ 10:41 pm
ASIATIC ZONE

Group 1 Group 2 Group 3 Group 4

Group 5
Australia Japan Korea Rep. Saudi Arabia Iran
China PR Barhain Korea DPR Uzbekistan Kuwait
Iraq Oman Jordan Lebanon UA Emirates
Qatar Thailand Turkmenistan Singapore Syria
 

FIFA 2010: 25 Nov. – Draw for African Zone

Filed under: FIFA South Africa World Championship — looking4good @ 10:12 pm
AFRICAN ZONE

Group 1 Group 2 Group 3 Group 4
Cameroon Guinea Angola Nigeria
Cape Vert Islands Zimbabwe Benin South Africa
Tanzania Namibia Uganda Equatorial Guinea
Mauricius Kenya Niger Sierra Leoni
Group 5

Group 6 Group 7 Group 8
Ghana Senegal Côte D’Ivoire Morocco
Libia Algeria Mozambique Ethiopia
Gabon Liberia Botswana Rwanda
Lesotho Gambia Madagascar Mauritania
Group 9 Group 10 Group 11 Group 12
Tunisia Mali Tongo Egypt
Burkina Faso Congo Zambia Congo DR
Burundi Sudan Eritrea Malawi
Seychelles Chade Swaziland Djibouti