Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Madredeus tem novo disco Outubro 17, 2008

Filed under: Madredeus,Music,Musica — looking4good @ 8:56 am
Capa do novo disco dos Madredeus «Metafonia» Capa de Metafonia o novo disco dos Madredeus

Metafonia é o título do novo disco dos Madredeus, agora com nova formação após a saída de Teresa Salgueiro, José Peixoto (guitarrista) e Fernando Júdice (baixista). Apesar de muitas alterações, na formação e nos instrumentos utilizados, agora incluindo harpa, guitarra electrica e até bateria nota-se ainda vestígios da identidade original.

A voz é assegurada por Mariana Abrunheiro e Rita Damásio, duas cantoras até agora pouco conhecidas. O disco conta com um conjunto de convidados de várias nacionalidades, que se auto-intitulam de “Banda Cósmica”.

“Metafonia”, é um duplo cd, reunindo doze faixas com novas composições no primeiro disco. O segundo permitirá comparar o som actual e anterior dos Madredeus, uma vez que apresenta sete temas antigos da banda, entre eles “O Mar”, “Coisas Pequenas” e “O Paraíso”, recriados com o novo som dos Madredeus.

A não perder será a entrevista de Pedro Ayres Magalhães no próximo dia 20, no programa Pessoal e… Transmissível de Carlos Vaz marques, na TSF.

O disco da banda de Pedro Ayres Magalhães e Carlos Maria Trindade sai precisamente na próxima segunda feira e a nova formação dos Madredeus apresenta-se ao vivo pela primeira vez a 6 de Novembro no Teatro Ibérico, em Lisboa.

Deixamos aqui uma apresentação do novo disco através da faixa “Eclipse”

 

Madredeus tem novo disco

Filed under: Madredeus,Music,Musica — looking4good @ 8:56 am
Capa do novo disco dos Madredeus «Metafonia» Capa de Metafonia o novo disco dos Madredeus

Metafonia é o título do novo disco dos Madredeus, agora com nova formação após a saída de Teresa Salgueiro, José Peixoto (guitarrista) e Fernando Júdice (baixista). Apesar de muitas alterações, na formação e nos instrumentos utilizados, agora incluindo harpa, guitarra electrica e até bateria nota-se ainda vestígios da identidade original.

A voz é assegurada por Mariana Abrunheiro e Rita Damásio, duas cantoras até agora pouco conhecidas. O disco conta com um conjunto de convidados de várias nacionalidades, que se auto-intitulam de “Banda Cósmica”.

“Metafonia”, é um duplo cd, reunindo doze faixas com novas composições no primeiro disco. O segundo permitirá comparar o som actual e anterior dos Madredeus, uma vez que apresenta sete temas antigos da banda, entre eles “O Mar”, “Coisas Pequenas” e “O Paraíso”, recriados com o novo som dos Madredeus.

A não perder será a entrevista de Pedro Ayres Magalhães no próximo dia 20, no programa Pessoal e… Transmissível de Carlos Vaz marques, na TSF.

O disco da banda de Pedro Ayres Magalhães e Carlos Maria Trindade sai precisamente na próxima segunda feira e a nova formação dos Madredeus apresenta-se ao vivo pela primeira vez a 6 de Novembro no Teatro Ibérico, em Lisboa.

Deixamos aqui uma apresentação do novo disco através da faixa “Eclipse”

 

Eterna Amália Rodrigues faleceu há nove anos Outubro 6, 2008

Filed under: Amália Rodrigues,efemerides,Fado,morte,Music,Musica,poesia — looking4good @ 12:21 am


Amália Rodrigues faleceu faz hoje nove anos. Faleceu em 6 de Outubro de 1999 a musa do Fado, no dia em que passava dez anos sobre a morte de Bette Davies outra musa, esta do cinema.

Fica aqui a poesia e o Fado da grande artista portuguesa:

Horas De Vida Perdida – poema de Amália Rodrigues

Horas de vida perdida
à procura de viver
Vai-se à procura da vida
Não a encontra quem quer

Quem sou eu para dizer
Quem sou eu para o saber
Nem sei se sou ou não sou
Ninguém pode conhecer
Isto de ser e não ser

Sem saber sei entender
Assim sei o que não sei
Sinto que sou e não sou
Entre o que sei e não ei
A minha vida gastei
Sem conseguir entender

Ai quemme dera encontrar
As rimas da poesia
Ai se eu soubesse rimar
Tantas coisas que eu dizia

in Versos de Amália Rodrigues – Livros Cotovia
E agora ouçámo-la naquilo que sempre fez bem : Cantar o Fado

 

Eterna Amália Rodrigues faleceu há nove anos

Filed under: Amália Rodrigues,efemerides,Fado,morte,Music,Musica,poesia — looking4good @ 12:21 am


Amália Rodrigues faleceu faz hoje nove anos. Faleceu em 6 de Outubro de 1999 a musa do Fado, no dia em que passava dez anos sobre a morte de Bette Davies outra musa, esta do cinema.

Fica aqui a poesia e o Fado da grande artista portuguesa:

Horas De Vida Perdida – poema de Amália Rodrigues

Horas de vida perdida
à procura de viver
Vai-se à procura da vida
Não a encontra quem quer

Quem sou eu para dizer
Quem sou eu para o saber
Nem sei se sou ou não sou
Ninguém pode conhecer
Isto de ser e não ser

Sem saber sei entender
Assim sei o que não sei
Sinto que sou e não sou
Entre o que sei e não ei
A minha vida gastei
Sem conseguir entender

Ai quemme dera encontrar
As rimas da poesia
Ai se eu soubesse rimar
Tantas coisas que eu dizia

in Versos de Amália Rodrigues – Livros Cotovia
E agora ouçámo-la naquilo que sempre fez bem : Cantar o Fado

 

Eterna Amália Rodrigues faleceu há nove anos

Filed under: Amália Rodrigues,efemerides,Fado,morte,Music,Musica,poesia — looking4good @ 12:21 am


Amália Rodrigues faleceu faz hoje nove anos. Faleceu em 6 de Outubro de 1999 a musa do Fado, no dia em que passava dez anos sobre a morte de Bette Davies outra musa, esta do cinema.

Fica aqui a poesia e o Fado da grande artista portuguesa:

Horas De Vida Perdida – poema de Amália Rodrigues

Horas de vida perdida
à procura de viver
Vai-se à procura da vida
Não a encontra quem quer

Quem sou eu para dizer
Quem sou eu para o saber
Nem sei se sou ou não sou
Ninguém pode conhecer
Isto de ser e não ser

Sem saber sei entender
Assim sei o que não sei
Sinto que sou e não sou
Entre o que sei e não ei
A minha vida gastei
Sem conseguir entender

Ai quemme dera encontrar
As rimas da poesia
Ai se eu soubesse rimar
Tantas coisas que eu dizia

in Versos de Amália Rodrigues – Livros Cotovia
E agora ouçámo-la naquilo que sempre fez bem : Cantar o Fado

 

Musical suggestion of the day – Johnny Cash Setembro 12, 2008

Filed under: Music,Musica — looking4good @ 12:02 am

J. R. Cash [Johnny Cash] died in Nashville on 12 September 2003 (b. in Kingsland, 26 February 1932)

 

Musical suggestion of the day – Johnny Cash

Filed under: Music,Musica — looking4good @ 12:02 am

J. R. Cash [Johnny Cash] died in Nashville on 12 September 2003 (b. in Kingsland, 26 February 1932)