Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Saudade – António Franco Alexandre Junho 16, 2009

Filed under: António Franco Alrexandre,poesia — looking4good @ 11:51 pm

Tal como és, assim te quero, e sempre
diverso cada dia do que foste;
cada imperfeito gesto que inventares
me fará desejar-te em outro verso.

Da arte do soneto feito mestre
no concurso sem regra da floresta,
na mais pequena folha te descubro
e no caule do vento é que te perco.

Da turva luz já retirei o emblema
que me sirva de rosto permanente
e venha o cabeçalho do poema;

e pedirei à noite que me empreste
um farrapo do manto incandescente
de que se veste, agora, para ter-te.

António Franco Alexandre (nasceu em 17 de Junho de 1944, em Viseu)

 

One Response to “Saudade – António Franco Alexandre”

  1. AO LEITOR

    Quando escrevo me assalta um pensamento
    indeciso de não saber a quem
    possa atingir meu louco sentimento
    e duvidar assim não me faz bem…

    Espero apenas que o meu sofrimento
    não vá prejudicar… ferir ninguém…
    Ponho aqui realidade e fingimento
    para a escolha daqueles que me lêem.

    Segue junto comigo se te apraz
    conhecer solidão e fantasia,
    às vezes desespero, às vezes paz:

    meus Sonetos e Cânticos Dispersos
    dizendo que no mundo da poesia
    cada qual é o poeta dos seus versos…

    IALMAR PIO SCHNEIDER

    ***
    VOTE NO SONETO. AGRADEÇO-LHE. CLIQUE EM

    http://www.sonetos.com.br/sonetos.php?n=6208


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s