Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Voz das Lágrimas – Augusto Casimiro na passagem dos 120 anos do nascimento Maio 10, 2009

Filed under: Augusto Casimiro,painting,poesia,Salvador Dali — looking4good @ 11:50 pm
Estudo de cabeça, segundo “Giuliano di Medici” de Michelangelo, 1982
Óleo sobre tela 75 x 75 cm Figueras, Fundação Gala-Salvador Dalí
Salvador Dali (n. Figueres 11 de Maio 1904 — m. 23 de Jan. 1989)

Que belos são os olhos marejados,
– Ó meu Amor – de lágrimas!… Parece
Que sobre os nossos olhos extasiados
Toda a Beleza e toda a graça desce…

Que numa lágrima somente, – abraço
Infinito e divino, – os altos céus
A nossa alma e a vastidão do espaço,
Se beijam, fundem, – realizam Deus…

Deixa correr as lágrimas…Só vêem
Aquelas almas lúcidas que têm
Os olhos claros, doces, de chorar…

Almas de Amor, sem voz que diga tudo,
Deslumbradas de céu, num gesto mudo,
Choram…

E o Pranto é um modo de falar…

poema recolhido daqui
Augusto Casimiro dos Santos (n. em Amarante a 11 Maio de 1889; m. em Lisboa a 23 Set. 1967)

Ler do mesmo autor, neste blog:
O Pooeta e a Nau
Sangue de Inês
Velando

 

Happy birthday Laetitia Casta

Filed under: celebrities,Laetitia Casta,wallpapers — looking4good @ 11:45 pm

Laetitia Casta wallpaper

 

On this day in History – May 11

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 11:27 pm
 

Liga Sagres: Porto já festeja o tetra-campeonato

Filed under: Futebol,Liga Sagres — looking4good @ 9:12 pm
Foto: Miguel Riopa/AFP

Resultados da 28ª Jornada
08 Mai. 20:30 Vitória de Guimarães 0-1 Rio Ave
09 Mai. 19:00 Benfica 2-2 Trofense
09 Mai. 21:00 Sporting 2-1 Vitória de Setúbal
10 Mai. 16:00 Paços de Ferreira 2-1 Marítimo
10 Mai. 16:00 Naval 1º. de Maio 0-0 Estrela da Amadora
10 Mai. 18:00 Leixões 0-1 Académica
10 Mai. 20:15 FC Porto 1-0 Nacional
11 Mai. 19:45 Belenenses Braga

Comentários: O Porto acaba de derrotar o Nacional por 1-0 (golo de Bruno Alves na sequência de um pontapé de canto) e festeja, desde já, a conquista do título de campeão, o 4º. consecutivo, 3º. de Jesualdo Ferreira. O jogo foi equilibrado, com predomínio ofensivo do Porto na primeira parte mas após o golo logo no início do 2º. período de jogo decaíu de qualidade, com a equipa do Nacional postada em conseguir o empate mas sem ter criado ocasiões de golo.

No sábado já os grandes de Lisboa tinham jogado com desfechos diferentes. Primeiro o Benfica decepcionou mais uma vez os seus adeptos com mais uma pobre exibição. Na primeira parte nem foi má a exibição encarnada. Apesar de ter sofrido o primeiro golo os encarnados conseguiram virar o resultado com um bis de Cardozo. O pior foi na segunda parte. Quando Quique faz substituições invariavelmente a equipa piora e o Trofense que ainda não descaiu os braços na luta pela permanência (pouco provável, aliás) chegou ao empate ainda com meia hora para jogar. Depois foi a demionstraçlão da incapacidade deste Benfica cujo final de campeonato tem sido um suplício. Depois foi o Sporting que só no último minuto conseguiu o triunfo frente ao Vitória de Setúbal. E quem havia de ser o salvador? Liedson pois claro. Na primeira parte o Sporting havia inaugurado o marcador mas Bruno Gama empatara o marcador. A equipa do Sporting com este resultado tem certo o segundo lugar na classificação final e, portanto, o acesso às pré-eliminatórias (entra na segunda) da Champions League da próxima época.

A jornada, porém, iniciou-se na sexta-feira em Guimarães onde o Rio Ave foi pregar uma surpresa derrotando os vimaranenses no que foi a segunda vitória fora consecurtiva dos vilacondenses o que veio baralhar as contas de Trofense, Belenenses e Vitória de Setúbal. Achamos que deste trio sairão as duas equipas que descerão de divisão mas na próxima jornada o Belenenses-Rio Ave pode ser decisivo. A equipa de Belém aliás tem amanhã um importante jogo ao receber o Braga e só a vitória pode tirar a equipa do último lugar da classificação. Depois recebe o Rio Ave e na última jornada joga na Luz. O Rio Ave vai ao Restelo e na última jornbada recebe o Estrela da Amadora. Já o Trofense recebe o Porto e vai ao Paços de Ferreira.

O outro triunfo fora da jornada aconteceu no Estádio do Mar onde o Leixões em queda acentuada perdeu com Académica. A equipa de Coimbra subiu ao oitavo lugar ultrapassando o Guimarães.

Finalmente uma referência para o empate entre Naval e Estrela da Amadora que não assegurando, desde já, a permanência à equipa da Figueira da Foz concede margem para crer que não vai sofrer muitas aflições.


Classificação
Lugar Clube Pontos Golos
1. FC Porto 66 56-16
2. Sporting 60 40-18
3. Benfica 53 48-30
4. Nacional 49 45-29
5. Braga (*) 46 31-17
6. Leixões 39 28-31
7. Marítimo 37 34-33
8. Académica 36 23-28
9. Vitória de Guimarães 35 29-33
10. Paços de Ferreira 31 36-41
11. Estrela da Amadora 31 24-36
12. Naval 1º. de Maio 28 22-34
13. Rio Ave 27 18-33
14. Vitória de Setúbal 25 19-43
15. Trofense 23 24-37
16. Belenenses 21 26-44

(*) Belenenses e Braga têm menos um jogo defrontando-se amanhã no Restelo para completar a 28ª. Jornada

Próxima Jornada – 29ª (penúltima)
Belenenses Rio Ave
Braga Benfica
Trofense FC Porto
Nacional Paços de Ferreira
Marítimo Sporting
Vitória de Setúbal Leixões
Académica Naval 1º. de Maio
Estrela da Amadora Vitória de Guimarães

 

DESINFERNO II – Luíza Neto Jorge na passagem do 70º aniversário

Filed under: Luíza Neto Jorge,poesia — looking4good @ 2:24 am

Caísse a montanha e do oiro o brilho
O meigo jardim abolisse a flor
A mãe desmoesse as carnes do filho
Por botão de vídeo se fizesse amor

O livro morresse, a obra parasse
Soasse a granizo o que era alegria
A porta do ar se calafetasse
Que eu de amor apenas ressuscitaria

Maria Luíza Neto Jorge nasceu a 10 de Maio de 1939 em Lisboa, onde faleceu a 23 de Fevereiro de 1989. Frequentou Filologia Românica na Faculdade de Letras da sua cidade natal, mas não concluiu o curso. Pertenceu ao grupo Poesia ‘61 e viveu em Paris de 1962 a 1970. A sua poesia é tendencialmente surrealista: «Noite Vertebrada» (1960), «4.ª Dimensão» (1961), «Terra Imóvel» (1964), «O Seu a Seu Tempo» (1966), «19 Recantos» (1969), «O Ciclópico Acto» (1972), «Os Sítios Sitiados» (1973), «Onze Poemas» (1983), «A Lume» (1989) e, postumamente, «Poesia 1960/89» (1993). Adaptou para o teatro «O Fatalista» de Diderot e escreveu os diálogos dos filmes «Brandos Costumes» de Seixas Santos e «A Ilha dos Amores» de Paulo Rocha. Distinguiu-se também como tradutora literária.

Poema extraído de Poemas de Amor, Antologia de poesia portuguesa, Organização e Prefácio de Inês Pedrosa, Publicações Dom Quixote

Nota biobliográfica extraída de A Circulatura do Quadrado – Alguns dos Mais Belos Sonetos de Poetas cuja Mátria é a Língua Portuguesa. Introdução, coordenação e notas de António Ruivo Mouzinho. Edições Unicepe – Cooperativa Livreira de Estudantes do Porto, 2004.

Ler da mesma autora, neste blog:
Minibiografia
As casas vieram de noite
O poema ensina a cair
Magnólia
Ritual

 

On this day in History – May 10

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 1:57 am