Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Quanto, Quanto me Queres? – António Botto (que faleceu faz hoje 50 anos) Março 17, 2009

Filed under: António Botto,poesia — looking4good @ 1:18 am

Quanto, quanto me queres? – perguntaste
Numa voz de lamento diluída;
E quando nos meus olhos demoraste,
A luz dos teus senti a luz da vida.

Nas tuas mãos as minhas apertaste;
Lá fora da luz do Sol já combalida
Era um sorriso aberto num contraste
Com a sombra da posse proibida…

Beijámo-nos, então, a latejar
No infinito e pálido vaivém
Dos corpos que se entregam sem pensar…

Não perguntes, não sei – não sei dizer:
Um grande amôr só se avalia bem
Depois de se perder.

in Poemas de Amor, Antologia de posia portuguesa, Organização e prefácio de Inês Pedrosa, Publicações Dom Quixote

António Tomaz Botto (nasceu em Concavada (Abrantes) a 17 de Agosto de 1897 e morreu no Rio de Janeiro a 17 de Março de 1959)

Ler do mesmo autor, neste blog, Homem, que vens de humanas desventuras

 

Apelo Lírico Sob Céu de Munch – Rodrigo Solano (na passagem dos 130 anos do nascimento do poeta penafidelense)

Filed under: poesia,Rodrigo Solano — looking4good @ 1:12 am

Pôr do Sol em Jacaré, 2008 imagem daqui

Num ai de luz profundo e soluçante,
Resvala ao mar o sol, como um guerreiro
Que, ferido d’um gladio traiçoeiro,
Na arena cae, vencido, agonisante.

Ó coração ferido e palpitante!
Sol! meu irmão na dor, meu companheiro!
Fez-nos irmãos o ideal, um altaneiro
Orgulho e uma amargura semelhante.

Mas ai! eu morro, solitariamente,
Sem que por mim chore a das tranças bellas,
E, ó Sol! na tua hora derradeira,

O mar soluça inconsolavelmente,
A noite verte o pranto das estrellas
E veste luto a natureza inteira.

(transcrito daqui)
Rodrigo Solano (n. 17 Mar. 1879 em Penafiel; m. no Porto em 1910)

 

On this day in History – Mar. 17

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 1:02 am