Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Luz verde para o Porto campeão Fevereiro 21, 2009

Filed under: FC Porto,Futebol,Sporting — looking4good @ 9:54 pm

Sporting logoBenfica logo

Sporting

3-2

Benfica

Segunda parte superior deu triunfo aos «leões»

Quique quiz repetir o «casting» do jogo do Dragão mas a peça era outra. O Sporting prevenido fazendo pressão logo por parte dos avançados sobre a defesa encarnada soube explorar as fraquezas defensivas do lado esquerdo do Benfica – um pesadelo para David Luís que esteve envolvido nos três golos sofridos -. Uma falha do jovem defesa esquerdo adaptado do Benfica ao perder uma bola que tinha à sua disposição, deu um pontapé de canto em que o corte de Aimar foi parar ao lado direito do ataque do Sporting onde num pontapé enroscado Liedson (quem é que podia ser?) inaugurou o marcador.

A tactica do Benfica tinha que se alterar. Averdade é que os encarnados acabaram por reagir bem ao golo do Sporting e dispuseram na primeira parte duas ocasiões para marcar. Num canto Yebda fez a bola beijar o poste esquerdo da baliza de Nélson e numa avançada rápida conduzida por Aimar este deu para Reyes do lado direito que assistiu Yebda no coração da área para o médio francês falhar o empate.

Numa bola dominada Polga deu um toque a mais permitiu a interposição de Suazo que ganhou posição e depois o contacto para um penalty que Reyes não falhou ainda que atirasse pelo meio da baliza e sem grande força. O resultdo estava correcto face ao jogo produzido.

Ainda na primeira parte Maxi desviou com um braço um remate dum jogador leonino num lance em que os meios técnicos se usados concluiriam pela marcação de penalty sem margem para dúvidas…

Na segunda parte o Sporting entrou a todo o gás com o Benfica «acobardado» na defesa. Primeiro um livre perigoso que acabou na barreira, depois um lançamento de Polga para Derlei se interpor entre os centrais encarnados, David Luís o último homem também a não conseguir o corte e Derlei que entrara por indisponibilidade física de Postiga, ainda na primeira parte, a dar avanço de novo para a equipa da casa. Após este golo o Sporting empolgou-se e o Benfica não soube contestar a superioridade da equipa visitada. O 3-1 esteve próximo quando Pereirinha atirou à barra depois de mais um lance em que David Luís se embrulha com a bola em vez de afastar decisivamente.

As substituições de Quique já não funcionaram porque a equipa não tinha o poder de controlar a bola no meio campo. Noutro lance pelo lado direito do ataque do Sporting, David Luís e Sidnei batidos por Pereirinha que cruzou para um golo de cabeça de Liedson, com Moreira a não ficar muito bem na fotografia.

No minuto 90 o Benfica amenizou a derrota por Cardozo em remate de cabeça após cruzamento da esquerda de Maxi Pereira. Muito mais frutos de Cardozo do que de Suazo, mas há treinadores teimosos… apesar das evidências.

A arbitragem de Benquerença teve muitas falhas com queixas de ambas as equipas. Na primeira parte Maxi fez penalty. Em termos disciplinares já é o Benfica que se pode queixar mais. Liedson por três vezes fez das suas e acabou sem amarelo. No final do jogo Derlei merecia vermelho directo por falta por trás sobre Luizão e nem amarelo (que também seria o segundo) viu.

O Porto tem a estrada aberta e agora sinal verde para o título … e na «verdade Pedro Proença (o mesmo que ano passado abriu a portagem aos dragões no jogo com o Sporting a marcar um livre indirecto por passe para o guarda-redes… que só ele viu) voltou a ter este ano papel importante. Em vez de 4 pontos que os dragões tem de avanço teriam apenas um… Mas não foi só nesse jogo…não. Mas para a semana ainda há um Porto-Sporting…

Estádio José Alvalade, em Lisboa
Árbitro: Olegário Benquerença (AF Leiria)

Sporting: Tiago; Pedro Silva, Daniel Carriço, Polga e Grimi; Rochemback, Izmailov (Tonel, 90+1), João Moutinho e Vukcevic (Pereirinha, 74); Liedson e Hélder Postiga (Derlei, 26)

Suplentes não utilizados: Ricardo Baptista, Caneira, Romagnoli e Yannick

Benfica: Moreira; Maxi Pereira, Luisão, Sidnei e David Luiz; Rúben Amorim (Nuno Gomes, 79), Katsouranis, Yebda (Di María, 58) e Reyes; David Suazo (Cardozo, 65) e Aimar
Suplentes não utilizados: Quim, Miguel Vítor, Binya e Carlos Martins

Marcadores: 1-0, Liedson (11); 1-1, Reyes (37 g.p.); 2-1, Derlei (47); 3-1, Liedson (82); 3-2, Cardozo (90)

Ao intervalo: 1-1

Resultado final: 3-2

Disciplina: Cartão amarelo para Yebda (5), Polga (36), Aimar (44), Derlei (48) Rúben Amorim (61), Rochemback (66), Reyes (76) e Sidnei (77)

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s