Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Desolação – Mário Pederneiras Fevereiro 8, 2009

Filed under: Mário Pederneiras,poesia — looking4good @ 3:03 am

Pela Estrada da Vida ampla – coberta
de um longo velo pesaroso e baço,
hás de encontrá-la muita vez alerta
na longa rota do teu longo passo.

Por caminhos de pedras e sargaço
há de levar-te pela mão incerta,
até que, exausto em Mágoas e Cansaço,
te seja a Vida intérmina e deserta.

Verás em tudo Solidão e Escolhos
e da Tristeza a tétrica figura
estampada trarás nos próprios olhos.

E então, em Mágoas e Pavor clamando,
hás de vê-la passar na Noite escura
a mortalha dos sonhos arrastando.

Mário Veloso Paranhos Pederneiras (nasceu no Rio de Janeiro a 2 de novembro de 1867 — morreu no Rio de Janeiro a 8 de Fevereiro de 1915).

Ler do mesmo autor: Eterna; Meu Casal; Trecho Final

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s