Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Sporting ganha em Setúbal com dois golos na primeira parte Janeiro 3, 2009

Filed under: Futebol,Liga Sagres,Sporting,Vitoria de Setubal — looking4good @ 11:20 pm

Sporting logoSetúbal logo

V. Setúbal

0-2

Sporting

Golos de Liedson e Moutinho na primeira parte

Depois da paragem do campeonato por altura das festas Natalícias e de final do ano o futebol português voltou este fim de semana à competição. Ontem o Leixões empatou em Coimbra e até esteve mais perto de perder evidenciando perda de gás. Já hoje de tarde o Guimarães foi vencer a Vila do Conde o Rio Ave num jogo com muitos golos. 4-2 para os visitantes foi o resultado.

À noite o Setúbal que empatara na Luz recebeu o Sporting e até se dispôs bem nos primeiros minutos com atitude ofensiva. Praticamente no primeiro remate à baliza Liedson (17′) aproveitou uma bola perdida na área após iniciativa de Abel que atraiu vários defesas setubalenses para inaugurar o marcador. A partir do golo de avanço o jogo mudou com a defensiva setubalense a oscilar bastante e a não afastar a bola convenientemente da área. Bruno Alves defendeu por instinto um remate de Postiga (26′) depois de um alívio incompleto dum defesa contra as costas de um jogador do Sporting e aos 31′ surgiu mesmo o segundo golo num erro clamoroso de Robson que após uma primeira recuperação de bola acabou por colocá-la nos pés de João Moutinho que não se fez rogado e concretizou o tento.

Na segunda parte com a entrada de Carrijo o Setúbal procurou «voltar» ao jogo o que conseguiria caso reduzisse a diferença mas o Sporting foi controlando as operações e por Daniel Carriço esteve perto do 3-0. Já com este jogador expulso por acumulação de amarelos, Anderson – o que empatou a partida nos descontos na Luz, com um pontapé de bicicleta – falhou uma oportunidade clamorosa de reduzir.

O Sporting acabou por ter um triunfo descansado (e mais uma vez com a primeira parte a ser decisiva) e fica a aguardar a performance dos seus rivais Porto e Benfica amanhã. A arbitragem de Benquerença teve alguns lapsos, entre os quais perdoando uma falta mesmo no limite da área por empurrão de Polga a um avançado sadino durante a segunda parte do jogo.

Ficha de jogo:

Estádio do Bonfim, em Setúbal

Árbitro: Olegário Benquerença (AF Leiria)

V. Setúbal: Bruno Vale; Janício, Robson, Anderson e Cissokho; Sandro (Leandro Branco, 75m), Ricardo Chaves, Elias, Mateus (Leandro Lima, 69m) e Bruno Gama; Laionel (Carrijo, 46m).

Suplentes: Pedro Alves, Bruno Ribeiro, Auri e André Marques.

Treinador: Daúto Faquirá.

Sporting: Rui Patrício; Abel, Carriço, Polga e Caneira; Miguel Veloso, João Moutinho, Izmailov (Pedro Silva, 82m) e Vukcevic (Pereirinha, 61m); Hélder Postiga (Derlei, 72m) e Liedson.

Suplentes: Tiago, Adrien, Romagnoli e Tiuí.

Treinador: Paulo Bento.

Golos: Liedson (17m) e João Moutinho (31m).

Disciplina: Cartão amarelo para Anderson (42m), Daniel Carriço (76m) e Pereirinha (86m). Cartão vermelho para Daniel Carriço (79m), por acumulação de amarelos.

 

Soneto do amor e da morte – Vasco da Graça Moura

Filed under: amor,morte,poesia,Vasco da Graça Moura — looking4good @ 1:51 pm

Na passagem do 67º. aniversário do poeta

quando eu morrer murmura esta canção
que escrevo para ti. quando eu morrer
fica junto de mim, não queiras ver
as aves pardas do anoitecer
a revoar na minha solidão.

quando eu morrer segura a minha mão,
põe os olhos nos meus se puder ser,
se inda neles a luz esmorecer,
e diz do nosso amor como se não

tivesse de acabar, sempre a doer,
sempre a doer de tanta perfeição
que ao deixar de bater-me o coração
fique por nós o teu inda a bater,
quando eu morrer segura a minha mão.

Vasco Graça Moura (nsceu na Foz do Douro, Porto, a 3 de Janeiro de 1942)

 

Soneto do amor e da morte – Vasco da Graça Moura

Filed under: amor,morte,poesia,Vasco da Graça Moura — looking4good @ 1:51 pm

Na passagem do 67º. aniversário do poeta

quando eu morrer murmura esta canção
que escrevo para ti. quando eu morrer
fica junto de mim, não queiras ver
as aves pardas do anoitecer
a revoar na minha solidão.

quando eu morrer segura a minha mão,
põe os olhos nos meus se puder ser,
se inda neles a luz esmorecer,
e diz do nosso amor como se não

tivesse de acabar, sempre a doer,
sempre a doer de tanta perfeição
que ao deixar de bater-me o coração
fique por nós o teu inda a bater,
quando eu morrer segura a minha mão.

Vasco Graça Moura (nsceu na Foz do Douro, Porto, a 3 de Janeiro de 1942)

 

Make Peace Not War: What’s Happening in Gaza ?

Filed under: Actualidade,Human Rights,peace,politics — looking4good @ 1:47 am
«It may be a new year, but the bloodshed in Gaza this past week is a clear reminder that there’s no time to wait to protect human rights in 2009. …

The U.S. government cannot continue this lop-sided blame on Hamas for the crisis. Ask Secretary Rice to urgently express deep concern about Israel’s disproportional response and its policies which have brought the Gaza Strip to the brink of humanitarian disaster.» (from Amnesty International USA)

 

On this day on History – Jan. 3

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 1:13 am