Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Sporting vinga traumatismo ucraniano do FC Porto Outubro 22, 2008

Filed under: Champions League,Futebol,Sporting — looking4good @ 9:12 pm

Sporting CP logo

Shakhtar Donetski logoSHAKHTAR

0-1

SPORTING

Liedson marcou e é o melhor goleador europeu da história do clube

O futebol tem destas coisas. O Sporting conseguiu um importante resultado em Donetsk apesar de ter feito uma exibição meramente regular.

A equipa ucraniana teve sempre algum ascendente sobre a portuguesa que demonstrou bastantes dificuldades em tratar a bola no centro do terreno. A primeira parte foi algo confusa, sem grande fluência de jogo mas com predomínio ligeiro dos locais.

A segunda parte foi mais viva, melhor jogada e a uma oportunidade de Moreno correspondeu Liedson com um remate de cabeça a um cruzamento da direita que saiu ligeiramente ao lado sendo a melhor oportunidade leonina.

Os ucranianos com mais velocidade imposta ao jogo e com uma exibição espectacular de Snrja no lado direito colocou maiores dificuldades aos portugueses respondendo Paulo Bento com substituições que visavam defender o nulo inicial.

No entanto, a equipa treinada, que demonstrou porque razão só perdeu com o Barcelona em condições estranhas nos últimos minutos do jogo, não dispõe de jogadores como Wagner Love e Daniel Carvalho – Brandão e Jadson não têm a mesma categoria – como o CSKA de há alguns anos atrás, para se alcandorar à posição de destaque na Europa do futebol. No período melhor dos locais, um livre na intermediária do Shakhtar levantado para a área por Pereirinha acabou por dar o golo da vitória ao Sporting: a bola foi parar aos pés de Derlei na ressaca do livre junto à pequena área do lado esquerdo e de calcanhar fez passar a bola pelo meio de dois defesas para assistir Liedson que dominou com o pé direito e rematou cruzado e de imediato com o esquerdo fazendo um golo de belo efeito.

Apesar de ainda faltar um quarto de hora nunca mais o Shakhtar acreditou na alteração do resultado, com o Sporting agora tranquilo e assim a equipa portuguesa tem a passagem para a próxima fase bem encaminhada: uma vitória em casa frente a este mesmo Shakhtar garante logo a qualificação mas mesmo um empate coloca os leões em posição privilegiada. Na pior das hipóteses com este triunfo os leões têm já praticamente garantida a presença na Taça Uefa.

A arbitragem não teve casos com os auxiliares muito atentos aos foras de jogo de posição inicial dos jogadores para depois tirarem partido dessa posição na sequência das jogadas.

Destaque para Srjna que não merecia a derrota e para Polga que foi muito seguro na defesa. Porém o melhor jogador do encontro para a Uefa foi Liedson que demonstra, com os seus golos, o quão importante pode ser o seu regresso à equipa depois da lesão prolongada que teve.

Estádio RSC Olympiysky, em Donetsk, Ucrânia

Árbitro: Herbet Fandel (Alemanha)

Shakhtar: Pyatov; Srnja, Kucher, Chygrynskyy e Rat; Hubschman (Gai 83′) e Duljaj; Fernandinho e Jadson (Willian 72′); Brandão e Moreno (Gladkiy 72′)

Sporting: Rui Patrício; Abel, Tonel, Polga e Miguel Veloso; João Moutinho, Rochemback, Romagnoli (Grimi 76′) e Izmailov (Pereirinha 73′); Liedson e Derlei (Hélder Postiga, 88)

Disciplina: 81′ Cartão amarelo para Srna, por protestos (81) e 84′ Cartão amarelo para Rui Patrício por demorar a reposição do jogo.

Marcadores: 0-1, Liedson (76)


 

Sporting vinga traumatismo ucraniano do FC Porto

Filed under: Champions League,Futebol,Sporting — looking4good @ 9:12 pm

Sporting CP logo

Shakhtar Donetski logoSHAKHTAR

0-1

SPORTING

Liedson marcou e é o melhor goleador europeu da história do clube

O futebol tem destas coisas. O Sporting conseguiu um importante resultado em Donetsk apesar de ter feito uma exibição meramente regular.

A equipa ucraniana teve sempre algum ascendente sobre a portuguesa que demonstrou bastantes dificuldades em tratar a bola no centro do terreno. A primeira parte foi algo confusa, sem grande fluência de jogo mas com predomínio ligeiro dos locais.

A segunda parte foi mais viva, melhor jogada e a uma oportunidade de Moreno correspondeu Liedson com um remate de cabeça a um cruzamento da direita que saiu ligeiramente ao lado sendo a melhor oportunidade leonina.

Os ucranianos com mais velocidade imposta ao jogo e com uma exibição espectacular de Snrja no lado direito colocou maiores dificuldades aos portugueses respondendo Paulo Bento com substituições que visavam defender o nulo inicial.

No entanto, a equipa treinada, que demonstrou porque razão só perdeu com o Barcelona em condições estranhas nos últimos minutos do jogo, não dispõe de jogadores como Wagner Love e Daniel Carvalho – Brandão e Jadson não têm a mesma categoria – como o CSKA de há alguns anos atrás, para se alcandorar à posição de destaque na Europa do futebol. No período melhor dos locais, um livre na intermediária do Shakhtar levantado para a área por Pereirinha acabou por dar o golo da vitória ao Sporting: a bola foi parar aos pés de Derlei na ressaca do livre junto à pequena área do lado esquerdo e de calcanhar fez passar a bola pelo meio de dois defesas para assistir Liedson que dominou com o pé direito e rematou cruzado e de imediato com o esquerdo fazendo um golo de belo efeito.

Apesar de ainda faltar um quarto de hora nunca mais o Shakhtar acreditou na alteração do resultado, com o Sporting agora tranquilo e assim a equipa portuguesa tem a passagem para a próxima fase bem encaminhada: uma vitória em casa frente a este mesmo Shakhtar garante logo a qualificação mas mesmo um empate coloca os leões em posição privilegiada. Na pior das hipóteses com este triunfo os leões têm já praticamente garantida a presença na Taça Uefa.

A arbitragem não teve casos com os auxiliares muito atentos aos foras de jogo de posição inicial dos jogadores para depois tirarem partido dessa posição na sequência das jogadas.

Destaque para Srjna que não merecia a derrota e para Polga que foi muito seguro na defesa. Porém o melhor jogador do encontro para a Uefa foi Liedson que demonstra, com os seus golos, o quão importante pode ser o seu regresso à equipa depois da lesão prolongada que teve.

Estádio RSC Olympiysky, em Donetsk, Ucrânia

Árbitro: Herbet Fandel (Alemanha)

Shakhtar: Pyatov; Srnja, Kucher, Chygrynskyy e Rat; Hubschman (Gai 83′) e Duljaj; Fernandinho e Jadson (Willian 72′); Brandão e Moreno (Gladkiy 72′)

Sporting: Rui Patrício; Abel, Tonel, Polga e Miguel Veloso; João Moutinho, Rochemback, Romagnoli (Grimi 76′) e Izmailov (Pereirinha 73′); Liedson e Derlei (Hélder Postiga, 88)

Disciplina: 81′ Cartão amarelo para Srna, por protestos (81) e 84′ Cartão amarelo para Rui Patrício por demorar a reposição do jogo.

Marcadores: 0-1, Liedson (76)


 

Champions League: Barcelona only knows to win and Sporting has next phase’s door opened

Filed under: Champions League,football,Futebol — looking4good @ 8:46 pm

Uefa Champions League logo

Today, 22 October 2008

Group A Group B
Chelsea 1-0 Roma Inter 1-0 Anorthosis
Bordeaux 1-0 Cluj Panathinaikos 2-2 W. Bremen
Group C Group D
Shaktar 0-1 Sporting At. Madrid 1-1 Liverpool
Basel 0-5 Barcelona PSV 2-0 Marseille

Standings

Group A Group B
Chelsea 3 7 5-0 Internazionale 3 7 4-1
Cluj 3 4 2-2 Anorthosis 3 4 3-2
Roma 3 3 4-4 W. Bremen 3 3 3-3
Bordeaux 3 3 2-7 Panathinaikos 3 1 3-7
Group C Group D
Barcelona 3 9 10-2 Liverpool 3 7 6-3
Sporting 3 6 4-3 At. Madrid 3 7 6-2
Shaktar 3 3 3-4 PSV 3 3 3-6
Basel 3 0 1-9 Marseille 3 0 2-6

Yesterday, 21 October 2008

Group E Group F
Villarreal 6-3 Aab Bayern 3-0 Fiorentina
Man. United 3-0 Celtic Steaua 3-5 Lyon
Group G Group H
FC Porto 0-1 Dinamo Kyiv Zenit 1-1 BATE
Fenerbahce 2-5 Arsenal Juventus 2-1 Real Madrid

Standings

Group E Group F
Man. United 3 7 6-0 Bayern 3 7 5-1
Villarreal 3 7 7-3 Lyon 3 5 8-6
Celtic 3 1 0-4 Fiorentina 3 2 2-5
Aab 3 1 3-9 Steaua 3 1 3-6
Group G Group H
Arsenal 3 7 10-3 Juventus 3 7 5-3
Dynamo Kyiv 3 5 2-1 Real Madrid 3 6 5-3
FC Porto 3 3 3-6 BATE 3 2 3-5
Fenerbahçe 3 1 3-8 Shaktar 3 1 2-4
 

Champions League: Barcelona only knows to win and Sporting has next phase’s door opened

Filed under: Champions League,football,Futebol — looking4good @ 8:46 pm

Uefa Champions League logo

Today, 22 October 2008

Group A Group B
Chelsea 1-0 Roma Inter 1-0 Anorthosis
Bordeaux 1-0 Cluj Panathinaikos 2-2 W. Bremen
Group C Group D
Shaktar 0-1 Sporting At. Madrid 1-1 Liverpool
Basel 0-5 Barcelona PSV 2-0 Marseille

Standings

Group A Group B
Chelsea 3 7 5-0 Internazionale 3 7 4-1
Cluj 3 4 2-2 Anorthosis 3 4 3-2
Roma 3 3 4-4 W. Bremen 3 3 3-3
Bordeaux 3 3 2-7 Panathinaikos 3 1 3-7
Group C Group D
Barcelona 3 9 10-2 Liverpool 3 7 6-3
Sporting 3 6 4-3 At. Madrid 3 7 6-2
Shaktar 3 3 3-4 PSV 3 3 3-6
Basel 3 0 1-9 Marseille 3 0 2-6

Yesterday, 21 October 2008

Group E Group F
Villarreal 6-3 Aab Bayern 3-0 Fiorentina
Man. United 3-0 Celtic Steaua 3-5 Lyon
Group G Group H
FC Porto 0-1 Dinamo Kyiv Zenit 1-1 BATE
Fenerbahce 2-5 Arsenal Juventus 2-1 Real Madrid

Standings

Group E Group F
Man. United 3 7 6-0 Bayern 3 7 5-1
Villarreal 3 7 7-3 Lyon 3 5 8-6
Celtic 3 1 0-4 Fiorentina 3 2 2-5
Aab 3 1 3-9 Steaua 3 1 3-6
Group G Group H
Arsenal 3 7 10-3 Juventus 3 7 5-3
Dynamo Kyiv 3 5 2-1 Real Madrid 3 6 5-3
FC Porto 3 3 3-6 BATE 3 2 3-5
Fenerbahçe 3 1 3-8 Shaktar 3 1 2-4
 

Happy birthday Helen Svedin

Filed under: celebrities,Helen Svedin — looking4good @ 1:48 am

Helen Svedin

 

Happy birthday Helen Svedin

Filed under: celebrities,Helen Svedin — looking4good @ 1:48 am

Helen Svedin

 

Canto de Regresso à Pátria – Oswald de Andrade (no aniversário da morte do poeta)

Filed under: Oswald de Andrade,poesia — looking4good @ 12:55 am
Rua XV de Novembro, São Paulo Rua XV de Novembro em S. Paulo foto daqui

Minha terra tem palmares
Onde gorjeia o mar
Os passarinhos daqui
Não cantam como os de lá
Minha terra tem mais rosas
E quase que mais amores
Minha terra tem mais ouro
Minha terra tem mais terra
Ouro terra amor e rosas
Eu quero tudo de lá
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte para lá
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte pra São Paulo
Sem que veja a Rua 15
E o progresso de São Paulo.

José Oswald de Sousa Andrade (n. em 11 de Janeiro de 1890 em São Paulo, Brasil; m. em São Paulo a 22 de Outubro de 1954)