Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Madredeus tem novo disco Outubro 17, 2008

Filed under: Madredeus,Music,Musica — looking4good @ 8:56 am
Capa do novo disco dos Madredeus «Metafonia» Capa de Metafonia o novo disco dos Madredeus

Metafonia é o título do novo disco dos Madredeus, agora com nova formação após a saída de Teresa Salgueiro, José Peixoto (guitarrista) e Fernando Júdice (baixista). Apesar de muitas alterações, na formação e nos instrumentos utilizados, agora incluindo harpa, guitarra electrica e até bateria nota-se ainda vestígios da identidade original.

A voz é assegurada por Mariana Abrunheiro e Rita Damásio, duas cantoras até agora pouco conhecidas. O disco conta com um conjunto de convidados de várias nacionalidades, que se auto-intitulam de “Banda Cósmica”.

“Metafonia”, é um duplo cd, reunindo doze faixas com novas composições no primeiro disco. O segundo permitirá comparar o som actual e anterior dos Madredeus, uma vez que apresenta sete temas antigos da banda, entre eles “O Mar”, “Coisas Pequenas” e “O Paraíso”, recriados com o novo som dos Madredeus.

A não perder será a entrevista de Pedro Ayres Magalhães no próximo dia 20, no programa Pessoal e… Transmissível de Carlos Vaz marques, na TSF.

O disco da banda de Pedro Ayres Magalhães e Carlos Maria Trindade sai precisamente na próxima segunda feira e a nova formação dos Madredeus apresenta-se ao vivo pela primeira vez a 6 de Novembro no Teatro Ibérico, em Lisboa.

Deixamos aqui uma apresentação do novo disco através da faixa “Eclipse”

 

Madredeus tem novo disco

Filed under: Madredeus,Music,Musica — looking4good @ 8:56 am
Capa do novo disco dos Madredeus «Metafonia» Capa de Metafonia o novo disco dos Madredeus

Metafonia é o título do novo disco dos Madredeus, agora com nova formação após a saída de Teresa Salgueiro, José Peixoto (guitarrista) e Fernando Júdice (baixista). Apesar de muitas alterações, na formação e nos instrumentos utilizados, agora incluindo harpa, guitarra electrica e até bateria nota-se ainda vestígios da identidade original.

A voz é assegurada por Mariana Abrunheiro e Rita Damásio, duas cantoras até agora pouco conhecidas. O disco conta com um conjunto de convidados de várias nacionalidades, que se auto-intitulam de “Banda Cósmica”.

“Metafonia”, é um duplo cd, reunindo doze faixas com novas composições no primeiro disco. O segundo permitirá comparar o som actual e anterior dos Madredeus, uma vez que apresenta sete temas antigos da banda, entre eles “O Mar”, “Coisas Pequenas” e “O Paraíso”, recriados com o novo som dos Madredeus.

A não perder será a entrevista de Pedro Ayres Magalhães no próximo dia 20, no programa Pessoal e… Transmissível de Carlos Vaz marques, na TSF.

O disco da banda de Pedro Ayres Magalhães e Carlos Maria Trindade sai precisamente na próxima segunda feira e a nova formação dos Madredeus apresenta-se ao vivo pela primeira vez a 6 de Novembro no Teatro Ibérico, em Lisboa.

Deixamos aqui uma apresentação do novo disco através da faixa “Eclipse”

 

Poema dum Funcionário Cansado – António Ramos Rosa (no dia do 84º. aniversário do poeta)

Filed under: António Ramos Rosa,poesia — looking4good @ 12:39 am

funcionário de contabilidade
A noite trocou-me os sonhos e as mãos
dispersou-me os amigos
tenho o coração confundido e a rua é estreita
estreita em cada passo
as casas engolem-nos
sumimo-nos
estou num quarto só num quarto só
com os sonhos trocados
com toda a vida às avessas a arder num quarto só
Sou um funcionário apagado
um funcionário triste
a minha alma não acompanha a minha mão
Débito e Crédito Débito e Crédito
a minha alma não dança com os números
tento escondê-la envergonhado
o chefe apanhou-me com o olho lírico na gaiola do quintal em frente
e debitou-me na minha conta de empregado
Sou um funcionário cansado dum dia exemplar
Por que não me sinto orgulhoso de ter cumprido o meu dever?
Por que me sinto irremediavelmente perdido no meu cansaço
Soletro velhas palavras generosas
Flor rapariga amigo menino
irmão beijo namorada
mãe estrela música
São as palavras cruzadas do meu sonho
palavras soterradas na prisão da minha vida
isto todas as noites do mundo numa só noite comprida
num quarto só

António Víctor Ramos Rosa (nasceu em Faro a 17 de Outubro de 1924)

Ler do mesmo autor neste blog: Vertentes; e Não posso adiar o amor…

 

Poema dum Funcionário Cansado – António Ramos Rosa (no dia do 84º. aniversário do poeta)

Filed under: António Ramos Rosa,poesia — looking4good @ 12:39 am

funcionário de contabilidade
A noite trocou-me os sonhos e as mãos
dispersou-me os amigos
tenho o coração confundido e a rua é estreita
estreita em cada passo
as casas engolem-nos
sumimo-nos
estou num quarto só num quarto só
com os sonhos trocados
com toda a vida às avessas a arder num quarto só
Sou um funcionário apagado
um funcionário triste
a minha alma não acompanha a minha mão
Débito e Crédito Débito e Crédito
a minha alma não dança com os números
tento escondê-la envergonhado
o chefe apanhou-me com o olho lírico na gaiola do quintal em frente
e debitou-me na minha conta de empregado
Sou um funcionário cansado dum dia exemplar
Por que não me sinto orgulhoso de ter cumprido o meu dever?
Por que me sinto irremediavelmente perdido no meu cansaço
Soletro velhas palavras generosas
Flor rapariga amigo menino
irmão beijo namorada
mãe estrela música
São as palavras cruzadas do meu sonho
palavras soterradas na prisão da minha vida
isto todas as noites do mundo numa só noite comprida
num quarto só

António Víctor Ramos Rosa (nasceu em Faro a 17 de Outubro de 1924)

Ler do mesmo autor neste blog: Vertentes; e Não posso adiar o amor…

 

Oct. 17 – International Day for the Eradication of Poverty

Filed under: Day,Dia,World — looking4good @ 12:32 am
“Human Rights and Dignity of People Living in Poverty”.

17 0ctober is the Interntional Day for the Eradication of Poverty, officially recognised by the United Nations in 1992.

On October 17, 1987, in reply to Joseph Wresinski’s appeal, 100,000 defenders of human rights gathered together on the Trocadero Plaza in Paris to express their refusal of extreme poverty, and to call on humankind to unite and ensure the respect of human rights. A Commemorative Stone proclaiming this message, was inaugurated on this occasion on the Plaza of Human Rights and Liberties (formerly Trocadero Plaza), at the place where the Universal Declaration of Human Rights was signed in 1948. This was the beggining of this special day.

In recognition of the 60th anniversary of the Universal Declaration of Human Rights, the theme for this year’s observance of the International Day for the Eradication of Poverty is “Human Rights and Dignity of People Living in Poverty”.

 

On this day in History – Oct. 17

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 12:15 am
 

On this day in History – Oct. 17

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 12:15 am