Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Liga Sagres: 3ª. Jornada – Sporting isolado só com vitórias Setembro 21, 2008

Filed under: Futebol,Liga Sagres — looking4good @ 10:56 pm
Resultados da 3ª. Jornada
20 Set. 20:30 Sporting 2-0 Belenenses
21 Set. 16:00 Estrela da Amadora 0-0 Marítimo
21 Set. 17:00 Naval 1º. de Maio 3-1 Trofense
21 Set. 18:00 Leixões 2-0 Sp. de Braga
21 Set. 20:15 Rio Ave 0-0 FC Porto
21 Set. 21:00 Académica 1-0 Vitória de Setúbal
22 Set. 19:00 Vitória de Guimarães Nacional
22 Set. 21:00 Paços de Ferreira Benfica

O Sporting isolou-se no comando da classificação da Liga Sagres ao vencer em casa o Belenenses, por 2-0 (com destaque para Postiga que marcou um golo – ainda que em posição irregular valeu – e proporcionou o penalty do segundo golo) e beneficiou do do Nacional em Guimarães.

O FC Porto foi a Vila do Conde e apesar de na segunda parte ter aumentado o ritmo de jogo e ter estado mais perto de ganhar (duas bolas nos postes) não disfarça a sua menor valia relativamente ao ano passado. A equipa da casa que já impusera um empate frente ao Benfica colecciona assim dois pontos já que na segunda jornada perdeu fora.

Esta jornada, aliás, tem sido muito favorável às equipas visitadas porquanto nos seis jogos disputados houve quatro triunfos caseiros e apenas dois empates. Os triunfos estiveram por conta do Sporting (já acima analisado) , da Naval frente ao Trofense que só colecciona derrotas, do Leixões, que venceu com alguma surpresa e de modo claro o Braga europeu (o triunfo folgado frente ao Artmedia fez mal aos arsenalistas) e da Académica hoje à noite frente ao Setúbal graças a um golo solitário de penalty comvertido por Cléber a pouco mais de 10 minutos do termo do jogo.

A juntar ao empate do Porto em Vila do Conde o outro empate foi do Marítimo (primeiro pontinho conquistado) a zero na Reboleira, deixando agora o trofense como única equipa sem pontos na classificação ao fim de três jornadas.

Amanhã completa-se esta terceira Jornada com o Guimarães a receber o Nacional e chegará ao segundo lugar se vencer enquanto os madeirenses caso triunfem alcançam o Sporting, enquanto o Benfica desloca-se à capital do móvel onde a juntar às dificuldades de constituição do onze (por lesões: David Luís e Suazo e castigos: Katsouranis e Luisão) o Benfica vai contar com a habitual aguerrida postura dos pacenses.

Na 4ª. Jornada temos um derby Benfica-Sporting com os leões a partirem com um avanço de pelo menos quatro pontos, podendo ser seis se o Benfica empatar em Paços de Ferreira. Nessa altura já se aferirá da capacidade dos encarnados lutarem ou não pelo título.

Lugar Clube Pontos Golos
1. Sporting 9 6-1
2. Nacional (*) 6 5-2
2. Naval 1º. de Maio 6 5-3
2. Leixões 6 5-4
2. Académica 6 2-1
6. FC Porto 5 3-1
7. Vit. de Guimarães (*) 4 2-1
7. Vit. de Setúbal 4 1-1
7. Estrela da Amadora 4 1-3
10. Braga 3 2-3
11. Benfica (*) 2 2-2
11. Rio Ave 2 1-2
13. Paços de Ferreira (*) 1 2-4
13. Marítimo 1 0-2
15. Belenenses 1 2-6
16. Trofense 0 3-8
(*) Amanhã completam a 3ª. Jornada pelo que a classificação destas equipas respeita apenas a dois jogos disputados

Próxima Jornada – 4ª.
26 Set. 21:15 FC Porto Paços de Ferreira
27 Set. 17:00 Braga Naval 1º. de Maio
27 Set. 19:00 Vitória de Setúbal Rio Ave
27 Set. 20:45 Benfica Sporting
28 Set. 16:00 Marítimo Académica
28 Set. 16:00 Nacional Estrela da Amadora
28 Set. 20:15 Trofense Vitória de Guimarães
29 Set 19:45 Belenenses Leixões
 

Empate em Vila do Conde deixa Porto a 4 pontos do Sporting

Filed under: FC Porto,Futebol,Liga Sagres,Rio Ave — looking4good @ 10:22 pm

Rio Ave logo

Rio Ave FC

0-0

FC Porto

Porto não meteu água mas também não bebeu vinho…

Esperavam-se dificuldades para os portistas nesta deslocação a Vila do Conde e elas viriam a confirmar-se plenamente.

Grande réplica dos locais na primeira parte onde chegaram a ser uma equipa atrevida e a disputar palmo a palmo a condução do jogo contra os campeões nacionais que praticamente não contabilizaram uma oportunidade clara de golo.

Na segunda parte as coisas foram diferentes. O Porto pôs mais vivacidade no jogo e por volta dos sessenta minutos empurraram os locais para a sua extrema zona defensiva, anunciando o golo. Aos 63′ Paiva fez uma excelente defesa para canto a remate de Lisandro; aos 76′ Sapunaru a concluir ao poste em remate do lado direito depois de Cristian Rodrigues ter feito um cruzamento-remate da esquerda. Num livre de Bruno Alves (80′), Paiva e o poste evitaram o golo com a bola ainda a ressaltar no braço de Gaspar vinda do poste em lance que os portistas reclamaram penalty.

As substituições deram mais alento ofensivo ao Porto, enquanto que a entrada de Semedo não resultou, não por demérito do avançado da casa, mas porque o meio-campo já se preocupava primacialmente em defender. Ainda assim o avançado teve uma escapada pela direita com Lucho a fazer o carrinho faltoso que o árbitro (e o assistente) deixaram passar.

De qualquer modo este Porto revela menor capacidade concretizadora do que no ano passado e o Rio Ave coleccionou o segundo empate contra os grandes (o primeiro foi na estreia frente ao Benfica).

A arbitragem de Paulo Proença esteve em plano aceitável mas tem de se assinalar os dois lances já falados em que decidiu a favor dos defesas, quando porventura se impunha outras decisões.

Estádio dos Arcos, em Vila do Conde
Hora: 20:15
Árbitro: Pedro Proença (Lisboa)

RIO AVE – Paiva; Miguel Lopes, Gaspar, Bruno Mendes e Sílvio; André Vilas Boas e Delson; Livramento (Tarantini 65′), Niquinha (André Carvalhas 90+2′) e Evandro; Chidi (Semedo 70′).

FC PORTO – Helton; Sapunaru, Rolando, Bruno Alves e Fucile (Lino 60′); Fernando, Raul Meireles (Candeias 78′) e Lucho González; Mariano (Hulk 60′), Lisandro e Rodríguez.

Golos: Nada a registar

Disciplina: 21′ – Cartão amarelo para Rolando, devido a falta cometida sobre Chidi que, em velocidade, tentava lançar o contra-ataque pelo corredor esquerdo.
23′ – Cartão amarelo para Lisandro, por pontapear a bola depois do árbitro ter assinalado posição irregular.
29′ – Cartão amarelo para Livramento, por carga sobre Lucho González.
47′ – Cartão amarelo para Lucho, por rasteirar Gaspar que abandona o relvado em maca.
81′ – Cartão amarelo para Hulk por simular falta.
90′ – Cartão amarelo para Rodrigues por rasteirar um adversário.

 

Empate em Vila do Conde deixa Porto a 4 pontos do Sporting

Filed under: FC Porto,Futebol,Liga Sagres,Rio Ave — looking4good @ 10:22 pm

Rio Ave logo

Rio Ave FC

0-0

FC Porto

Porto não meteu água mas também não bebeu vinho…

Esperavam-se dificuldades para os portistas nesta deslocação a Vila do Conde e elas viriam a confirmar-se plenamente.

Grande réplica dos locais na primeira parte onde chegaram a ser uma equipa atrevida e a disputar palmo a palmo a condução do jogo contra os campeões nacionais que praticamente não contabilizaram uma oportunidade clara de golo.

Na segunda parte as coisas foram diferentes. O Porto pôs mais vivacidade no jogo e por volta dos sessenta minutos empurraram os locais para a sua extrema zona defensiva, anunciando o golo. Aos 63′ Paiva fez uma excelente defesa para canto a remate de Lisandro; aos 76′ Sapunaru a concluir ao poste em remate do lado direito depois de Cristian Rodrigues ter feito um cruzamento-remate da esquerda. Num livre de Bruno Alves (80′), Paiva e o poste evitaram o golo com a bola ainda a ressaltar no braço de Gaspar vinda do poste em lance que os portistas reclamaram penalty.

As substituições deram mais alento ofensivo ao Porto, enquanto que a entrada de Semedo não resultou, não por demérito do avançado da casa, mas porque o meio-campo já se preocupava primacialmente em defender. Ainda assim o avançado teve uma escapada pela direita com Lucho a fazer o carrinho faltoso que o árbitro (e o assistente) deixaram passar.

De qualquer modo este Porto revela menor capacidade concretizadora do que no ano passado e o Rio Ave coleccionou o segundo empate contra os grandes (o primeiro foi na estreia frente ao Benfica).

A arbitragem de Paulo Proença esteve em plano aceitável mas tem de se assinalar os dois lances já falados em que decidiu a favor dos defesas, quando porventura se impunha outras decisões.

Estádio dos Arcos, em Vila do Conde
Hora: 20:15
Árbitro: Pedro Proença (Lisboa)

RIO AVE – Paiva; Miguel Lopes, Gaspar, Bruno Mendes e Sílvio; André Vilas Boas e Delson; Livramento (Tarantini 65′), Niquinha (André Carvalhas 90+2′) e Evandro; Chidi (Semedo 70′).

FC PORTO – Helton; Sapunaru, Rolando, Bruno Alves e Fucile (Lino 60′); Fernando, Raul Meireles (Candeias 78′) e Lucho González; Mariano (Hulk 60′), Lisandro e Rodríguez.

Golos: Nada a registar

Disciplina: 21′ – Cartão amarelo para Rolando, devido a falta cometida sobre Chidi que, em velocidade, tentava lançar o contra-ataque pelo corredor esquerdo.
23′ – Cartão amarelo para Lisandro, por pontapear a bola depois do árbitro ter assinalado posição irregular.
29′ – Cartão amarelo para Livramento, por carga sobre Lucho González.
47′ – Cartão amarelo para Lucho, por rasteirar Gaspar que abandona o relvado em maca.
81′ – Cartão amarelo para Hulk por simular falta.
90′ – Cartão amarelo para Rodrigues por rasteirar um adversário.

 

A Peaceful Day for everybody

Filed under: Day,Dia,Paz,peace — looking4good @ 2:31 am

The International Day of Peace is on September 21st of each year and calls for a full day of peace and ceasefire throughout the world.

Established by U.N. resolution in 1982, “Peace Day” has grown to include millions of people around the world who participate in all kinds of events.

In 1981 the United Nations General Assembly passed resolution 36/67 declaring an International Day of Peace. In 2001, the United Nations General Assembly adopted a new resolution 55/282 declaring 21 September of each year as the International Day of Peace.

The resolution: «Declares that the International Day of Peace shall henceforth be observed as a day of global ceasefire and non-violence, an invitation to all nations and people to honour a cessation of hostilities for the duration of the Day…“Invites all Member States, organizations of the United Nations system, and non-governmental organizations and individuals to commemorate, in an appropriate manner, the International Day of Peace, including through education and public awareness, and to cooperate with the United Nations in the establishment of the global ceasefire».

PEACE – PAZ – PAIX – PAX – FRED – FRÉDA – FREDE – Friður – FRIEDEN – Barış – BÉKE – Hálá – HASÎTÎ – KEDAMAIAN – MIERS – Мир – அமைதி – PACE – PACI – PACO – PATZ – RAUHA – SELAM – SHANTI – Ειρήνη – SPOKOI – POKÓJ – 和平 – سلام – שלום – शान्ति – عسلامة – UKUTHULA – VREDE

 

A Peaceful Day for everybody

Filed under: Day,Dia,Paz,peace — looking4good @ 2:31 am

The International Day of Peace is on September 21st of each year and calls for a full day of peace and ceasefire throughout the world.

Established by U.N. resolution in 1982, “Peace Day” has grown to include millions of people around the world who participate in all kinds of events.

In 1981 the United Nations General Assembly passed resolution 36/67 declaring an International Day of Peace. In 2001, the United Nations General Assembly adopted a new resolution 55/282 declaring 21 September of each year as the International Day of Peace.

The resolution: «Declares that the International Day of Peace shall henceforth be observed as a day of global ceasefire and non-violence, an invitation to all nations and people to honour a cessation of hostilities for the duration of the Day…“Invites all Member States, organizations of the United Nations system, and non-governmental organizations and individuals to commemorate, in an appropriate manner, the International Day of Peace, including through education and public awareness, and to cooperate with the United Nations in the establishment of the global ceasefire».

PEACE – PAZ – PAIX – PAX – FRED – FRÉDA – FREDE – Friður – FRIEDEN – Barış – BÉKE – Hálá – HASÎTÎ – KEDAMAIAN – MIERS – Мир – அமைதி – PACE – PACI – PACO – PATZ – RAUHA – SELAM – SHANTI – Ειρήνη – SPOKOI – POKÓJ – 和平 – سلام – שלום – शान्ति – عسلامة – UKUTHULA – VREDE

 

Não Dizia Palavras – Luís Cernuda

Filed under: Luis Cernuda,poesia — looking4good @ 1:35 am

Não dizia palavras,
Aproximava apenas um corpo interrogante,
Porque ignorava que o desejo é uma pergunta
Cuja resposta não existe,
Uma folha cujo ramo não existe,
Um mundo cujo céu não existe.

Entre os ossos a angústia abre caminho,
Ergue-se pelas veias
Até abrir na pele
Jorros de sonho
Feitos carne interrogando as nuvens.

Um contacto ao passar,
Um fugidio olhar no meio das sombras,
Bastam para que o corpo se abra em dois,
Ávido de receber em si mesmo
Outro corpo que sonhe;
Metade e metade, sonho e sonho, carne e carne,
Iguais em figura, iguais em amor, iguais em desejo.

Embora seja só uma esperança,
Porque o desejo é uma pergunta cuja resposta ninguém sabe.

in Antologia da Poesia Espanhola Contemporânea, Selecção e Tradução de José Bento,
Assírio & Alvim

Luis Cernuda Bidón (n. 21 Sep 1902 em Sevilha; m. Nov 1963, Mexico City)

Te Quiero

 

Não Dizia Palavras – Luís Cernuda

Filed under: Luis Cernuda,poesia — looking4good @ 1:35 am

Não dizia palavras,
Aproximava apenas um corpo interrogante,
Porque ignorava que o desejo é uma pergunta
Cuja resposta não existe,
Uma folha cujo ramo não existe,
Um mundo cujo céu não existe.

Entre os ossos a angústia abre caminho,
Ergue-se pelas veias
Até abrir na pele
Jorros de sonho
Feitos carne interrogando as nuvens.

Um contacto ao passar,
Um fugidio olhar no meio das sombras,
Bastam para que o corpo se abra em dois,
Ávido de receber em si mesmo
Outro corpo que sonhe;
Metade e metade, sonho e sonho, carne e carne,
Iguais em figura, iguais em amor, iguais em desejo.

Embora seja só uma esperança,
Porque o desejo é uma pergunta cuja resposta ninguém sabe.

in Antologia da Poesia Espanhola Contemporânea, Selecção e Tradução de José Bento,
Assírio & Alvim

Luis Cernuda Bidón (n. 21 Sep 1902 em Sevilha; m. Nov 1963, Mexico City)

Te Quiero