Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Amante da Algazarra – Waly Salomao Setembro 2, 2008

Filed under: poesia,Waly Salomão — looking4good @ 11:45 pm
folha imagem daqui

Não sou eu quem dá coices ferradurados no ar.
É esta estranha criatura que fez de mim seu encosto.
É ela !!!
Todo mundo sabe, sou uma lisa flor de pessoa,
Sem espinho de roseira nem áspera lixa de folha de figueira.

Esta amante da balbúrdia cavalga encostada ao meu sóbrio ombro
Vixe!!!
Enquanto caminho a pé, pedestre – peregrino atônito até a morte.
Sem motivo nenhum de pranto ou angústia rouca ou desalento:
Não sou eu quem dá coices ferradurados no ar.
É esta estranha criatura que fez de mim seu encosto
E se apossou do estojo de minha figura e dela expeliu o estofo.

Quem corre desabrida
Sem ceder a concha do ouvido
A ninguém que dela discorde
É esta
Selvagem sombra acavalada que faz versos como quem morde.

Waly Salomão (n. em 3 de Setembro de 1943, em Jequié (BA); m. em 5 de Maio 2003 Rio de Janeiro)

 

Amante da Algazarra – Waly Salomao

Filed under: poesia,Waly Salomão — looking4good @ 11:45 pm
folha imagem daqui

Não sou eu quem dá coices ferradurados no ar.
É esta estranha criatura que fez de mim seu encosto.
É ela !!!
Todo mundo sabe, sou uma lisa flor de pessoa,
Sem espinho de roseira nem áspera lixa de folha de figueira.

Esta amante da balbúrdia cavalga encostada ao meu sóbrio ombro
Vixe!!!
Enquanto caminho a pé, pedestre – peregrino atônito até a morte.
Sem motivo nenhum de pranto ou angústia rouca ou desalento:
Não sou eu quem dá coices ferradurados no ar.
É esta estranha criatura que fez de mim seu encosto
E se apossou do estojo de minha figura e dela expeliu o estofo.

Quem corre desabrida
Sem ceder a concha do ouvido
A ninguém que dela discorde
É esta
Selvagem sombra acavalada que faz versos como quem morde.

Waly Salomão (n. em 3 de Setembro de 1943, em Jequié (BA); m. em 5 de Maio 2003 Rio de Janeiro)

 

La Perla… prenda adequada?

Filed under: blogs,Nothingandall,Women — looking4good @ 11:35 pm
O Nothingandall, como disse, faz hoje quatro anos. Por isso tem direito a uma prenda especial. Ele pediu-me algo de estimulante, sofisticado, belo e luxuoso…

Pois bem, é preciso que se note que a idade em blogs não é comparável com a idade dos humanos… Quatro anos num blog… já é um blog adulto, por outro lado ele é «Virgem»!…

Assim, depois de pesquisas científicas (e que incluiu uma sondagem de opinião) acho que a prenda adequada é mesmo esta:

 

La Perla… prenda adequada?

Filed under: blogs,Nothingandall,Women — looking4good @ 11:35 pm
O Nothingandall, como disse, faz hoje quatro anos. Por isso tem direito a uma prenda especial. Ele pediu-me algo de estimulante, sofisticado, belo e luxuoso…

Pois bem, é preciso que se note que a idade em blogs não é comparável com a idade dos humanos… Quatro anos num blog… já é um blog adulto, por outro lado ele é «Virgem»!…

Assim, depois de pesquisas científicas (e que incluiu uma sondagem de opinião) acho que a prenda adequada é mesmo esta:

 

Nothingandall nasceu há quatro anos!

Filed under: blogs,efemerides,Nothingandall — looking4good @ 11:24 pm
Nothingandall was born a four years ago (image from here)

Este blog completa hoje quatro anos de vida! 5.059 artigos (3.728 artigos no final de 3 anos) , horas e mais horas de dedicação são compensadas por 1.533.825 visitantes (912.726 nos 3 primeiros anos) e 2.648.028 páginas vistas (quase duplicando no último ano o número verificado no final dos três primeiros anos: 1.450.354)!

Uma pesquisa por Nothingandall nos variados motores de busca dá resultados como estes:

Google 102.000 (84.200*); Yahoo 68.100 (26.200); Msn 5.090 (1.913); Lycos 538 (2.480 ) Alltheweb 57.700 (5.140); Altavista 68.100 (26.300); Vivisimo – Clusty 728 (27.304), Ask.com 32.800, etc…

Listado em inúmeros directórios de blogs quando comecei há quatro anos com um post sobre a Tragédia de Beslan (e sem praticamente saber o que era um blog) nunca imaginaria a importância que os amigos da blogosfera poderiam vir a ter.
Há momentos em que a vontade de continuar se reduz mas logo este comentário aqui ou ali de algum amigo regular ou de um visitante desconhecido dá alento para prosseguir. Eu próprio reconheço que o auge do entusiasmo já terá passado e que relativamente ao «ciclo do produto» estará já na fase descendente. Porém, bastou rever os comentários amigos no artigo aqui colocado a propósito do 3º. aniversário para ficar grato.

Deixo aqui uma palavra amiga a todos os que directa ou indirectamente contribuíram e/ou contribuem para que este blog exista, ou se ligaram de alguma maneira ao Nothingandall, com agradecimento especial aos que estabeleceram hiperligações («links»), com a promessa de haver vontade para continuar, sei lá … por mais um ano!

(*) Entre parentesis os números de há um ano atrás.
 

Nothingandall nasceu há quatro anos!

Filed under: blogs,efemerides,Nothingandall — looking4good @ 11:24 pm
Nothingandall was born a four years ago (image from here)

Este blog completa hoje quatro anos de vida! 5.059 artigos (3.728 artigos no final de 3 anos) , horas e mais horas de dedicação são compensadas por 1.533.825 visitantes (912.726 nos 3 primeiros anos) e 2.648.028 páginas vistas (quase duplicando no último ano o número verificado no final dos três primeiros anos: 1.450.354)!

Uma pesquisa por Nothingandall nos variados motores de busca dá resultados como estes:

Google 102.000 (84.200*); Yahoo 68.100 (26.200); Msn 5.090 (1.913); Lycos 538 (2.480 ) Alltheweb 57.700 (5.140); Altavista 68.100 (26.300); Vivisimo – Clusty 728 (27.304), Ask.com 32.800, etc…

Listado em inúmeros directórios de blogs quando comecei há quatro anos com um post sobre a Tragédia de Beslan (e sem praticamente saber o que era um blog) nunca imaginaria a importância que os amigos da blogosfera poderiam vir a ter.
Há momentos em que a vontade de continuar se reduz mas logo este comentário aqui ou ali de algum amigo regular ou de um visitante desconhecido dá alento para prosseguir. Eu próprio reconheço que o auge do entusiasmo já terá passado e que relativamente ao «ciclo do produto» estará já na fase descendente. Porém, bastou rever os comentários amigos no artigo aqui colocado a propósito do 3º. aniversário para ficar grato.

Deixo aqui uma palavra amiga a todos os que directa ou indirectamente contribuíram e/ou contribuem para que este blog exista, ou se ligaram de alguma maneira ao Nothingandall, com agradecimento especial aos que estabeleceram hiperligações («links»), com a promessa de haver vontade para continuar, sei lá … por mais um ano!

(*) Entre parentesis os números de há um ano atrás.
 

Para que los hombres… – Juan L. Ortiz (na passagem do 30º. aniversário da morte do poeta)

Filed under: Juan L. Ortiz,poesia — looking4good @ 12:11 am


Para que los hombres no tengan vergüenza de la belleza de las flores,
Para que las cosas sean ellas mismas: formas sensibles o profundas
De la unidad o espejos de nuestro esfuerzo
Por penetrar el mundo,
Con el semblante emocionado y pasajero de nuestros sueños,
O la armonía de nuestra paz en la soledad de nuestro pensamiento,
Para que podamos mirar y tocar sin pudor
Las flores, sí, todas las flores,
Y seamos iguales a nosotros mismos en la hermandad delicada,
Para que las cosas no sean mercancías,
Y se abra como una flor toda la nobleza del hombre:
Iremos todos hasta nuestro extremo límite,
Nos perderemos en la hora del don con la sonrisa
Anónima y segura de una simiente en la noche de la tierra

Juan Laurentino Ortiz (n. 11 Jun 1896 em Puerto Ruiz, Entre Ríos, Argentina – m. 2 Set 1978, Paraná)