Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Quando eu disser adeus… – Alphonsus Guimaraens Julho 24, 2008

Filed under: Alphonsus de Guimaraens,poesia — looking4good @ 12:13 am
flor vermelha daqui

Quando eu disser adeus, amor, não diga
adeus também, mas sim um “até breve”;
para que aquele que se afasta leve
uma esperança ao menos na fadiga

da grande, inconsolável despedida…
Quando eu disser adeus, amor, segrede
um “até mais” que ainda ilumine a vida
que no arquejo final vacila e cede.

Quando eu disser adeus, quando eu disser
adeus, mas um adeus já derradeiro,
que a sua voz me possa convencer

de que apenas eu parti primeiro,
que em breve irá, que nunca outra mulher
amou de amor mais puro e verdadeiro.

Alphonsus de Guimaraens (Afonso Henrique da Costa Guimarães, nasceu em Ouro Preto, Minas Gerais, em 24 de Jul de 1870 e morreu, em Mariana, a 15 de Jul de 1921).

Ler do mesmo autor:
Soneto da Defunta Formosa
Soneto: Encontrei-te. Era o mês… Que importa o mês? Agosto

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s