Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Leonard Cohen e Lou Reed esta noite em Lisboa. E se gostar dos dois? Julho 19, 2008

Filed under: Leonard Cohen,Lou Reed,Music,Musica — looking4good @ 7:16 pm
O cantor canadiano Leonard Cohen actua esta noite em Lisboa, no âmbito de uma digressão mundial denominada “World Tour 2008-2009” que põe fim a 15 anos de ausência nos palcos internacionais. Leonard Cohen, actualmente com 74 anos, cantautor e especialmente poeta, não nos visitava há 20 anos. O espectáculo ao ar livre tem lugar no Passeio Marítimo de Algés.

Lou Reed, de 66 anos, famoso na pop durante a florida década de 60 através dos Velvet Underground, também nos visita hoje, actuando no Campo Pequeno, em Lisboa. Lou Reed já esteve duas vezes no Porto, uma em 1981 depois de uma noite de São João pura e simplesmente decidiu não actuar. Mais recentemente em 2005 esteve na Casa da Música

E se gostar dos dois como fazer? Pois, pois. Eu por mim via (e ouvia) Leonard Cohen hoje. Amanhã desça mais um bocadinho até ao Algarve e assista ao espectáculo de Lou Reed em Loulé integrado no Allgarve Editions. Afinal há solução para (quase) tudo.

Im Your Man – Leonard Cohen

Walk On The Wild Side – Lou Reed

 

Passa hoje o 122º. aniversário da morte de Cesário Verde

Filed under: Cesário Verde,poesia — looking4good @ 1:12 pm

«Nas nossas ruas, ao anoitecer,
Há tal soturnidade, há tal melancolia,
Que as sombras, o bulício, o Tejo, a maresia
Despertam-me um desejo absurdo de sofrer»

Grande Cesário!

José Joaquim Cesário Verde ( n. em Lisboa a 25 de Fev 1855; m. Lisboa, 19 Jul 1886).

Ler do mesmo autor:
Arrojos
Lúbrica – Cesário Verde
CONTRARIEDADES – Cesário Verde
Ave – Maria – Cesário Verde
Eu e Ela – Cesário Verde
Vaidosa
De Tarde

Ver ainda Que associação estranha entre poesia e contabilidade

 

Passa hoje o 122º. aniversário da morte de Cesário Verde

Filed under: Cesário Verde,poesia — looking4good @ 1:12 pm

«Nas nossas ruas, ao anoitecer,
Há tal soturnidade, há tal melancolia,
Que as sombras, o bulício, o Tejo, a maresia
Despertam-me um desejo absurdo de sofrer»

Grande Cesário!

José Joaquim Cesário Verde ( n. em Lisboa a 25 de Fev 1855; m. Lisboa, 19 Jul 1886).

Ler do mesmo autor:
Arrojos
Lúbrica – Cesário Verde
CONTRARIEDADES – Cesário Verde
Ave – Maria – Cesário Verde
Eu e Ela – Cesário Verde
Vaidosa
De Tarde

Ver ainda Que associação estranha entre poesia e contabilidade

 

Passa hoje o 122º. aniversário da morte de Cesário Verde

Filed under: Cesário Verde,poesia — looking4good @ 1:12 pm

«Nas nossas ruas, ao anoitecer,
Há tal soturnidade, há tal melancolia,
Que as sombras, o bulício, o Tejo, a maresia
Despertam-me um desejo absurdo de sofrer»

Grande Cesário!

José Joaquim Cesário Verde ( n. em Lisboa a 25 de Fev 1855; m. Lisboa, 19 Jul 1886).

Ler do mesmo autor:
Arrojos
Lúbrica – Cesário Verde
CONTRARIEDADES – Cesário Verde
Ave – Maria – Cesário Verde
Eu e Ela – Cesário Verde
Vaidosa
De Tarde

Ver ainda Que associação estranha entre poesia e contabilidade

 

Feyenoord 100 jaar / 100 years / 100 anos

Filed under: Feyenoord — looking4good @ 12:46 pm
Feyenoord Rotterdam was founded on July 19, 1908
 

On this day in History – Jul 19

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 12:00 pm

 

On this day in History – Jul 19

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 12:00 pm