Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Morrer, dormir, não mais … Francisco Otaviano Junho 28, 2008

Filed under: Francisco Otaviano,poesia — looking4good @ 1:56 pm

Morrer, dormir, não mais: termina a vida
E com ela terminam nossas dores,
Um punhado de terra, algumas flores,
E às vezes uma lágrima fingida!

Sim, minha morte não será sentida,
Não deixo amigos e nem tive amores!
Ou se os tive mostraram-se traidores,
Algozes vis de uma alma consumida.

Tudo é pobre no mundo; que me importa
Que ele amanhã se esb’roe e que desabe,
Se a natureza para mim está morta!

É tempo já que o meu exílio acabe;
Vem, pois, ó morte, ao nada me transporta
Morrer, dormir, talvez sonhar, quem sabe?

Francisco Otaviano de Almeida Rosa (n. no Rio de Janeiro, RJ, em 26 de junho de 1825, e faleceu na mesma cidade em 28 de Maio de 1889)

 

2 Responses to “Morrer, dormir, não mais … Francisco Otaviano”

  1. Andrea Rodes Says:

    Segundo a Academia Brasileira de Letras, Francisco Otaviano faleceu em 1889.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s