Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

16 April – World Voice Day Abril 15, 2008

Filed under: Day,efemerides — looking4good @ 11:36 pm
“Let Your Voice Be Heard”

April 16th is World Voice Day and a chance for all of us to consider our vocal health. This international celebration of the human voice was established to help raise public and professional awareness about voice disorders. It represents an interesting and growing collaboration of otolaryngologists, for the public good.

Teachers, politicians, clergy, salespeople, courtroom attorneys, telemarketers, and receptionists are all people for whom spoken communication is an essential part of what they do, and there are countless other professions that rely heavily on the voice. In spite of this era of e-mail and Internet communications, it is still hard to conceive of an effective classroom, election campaign, pulpit, or courtroom without voice. Once you pause to consider a world without voice communications, you realize that voice is crucial to our professions and our every day lives.

 

16 April – World Voice Day

Filed under: Day,efemerides — looking4good @ 11:36 pm
“Let Your Voice Be Heard”

April 16th is World Voice Day and a chance for all of us to consider our vocal health. This international celebration of the human voice was established to help raise public and professional awareness about voice disorders. It represents an interesting and growing collaboration of otolaryngologists, for the public good.

Teachers, politicians, clergy, salespeople, courtroom attorneys, telemarketers, and receptionists are all people for whom spoken communication is an essential part of what they do, and there are countless other professions that rely heavily on the voice. In spite of this era of e-mail and Internet communications, it is still hard to conceive of an effective classroom, election campaign, pulpit, or courtroom without voice. Once you pause to consider a world without voice communications, you realize that voice is crucial to our professions and our every day lives.

 

16 April – World Voice Day

Filed under: Day,efemerides — looking4good @ 11:36 pm
“Let Your Voice Be Heard”

April 16th is World Voice Day and a chance for all of us to consider our vocal health. This international celebration of the human voice was established to help raise public and professional awareness about voice disorders. It represents an interesting and growing collaboration of otolaryngologists, for the public good.

Teachers, politicians, clergy, salespeople, courtroom attorneys, telemarketers, and receptionists are all people for whom spoken communication is an essential part of what they do, and there are countless other professions that rely heavily on the voice. In spite of this era of e-mail and Internet communications, it is still hard to conceive of an effective classroom, election campaign, pulpit, or courtroom without voice. Once you pause to consider a world without voice communications, you realize that voice is crucial to our professions and our every day lives.

 

On this day in History – Apr. 16

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 11:28 pm
 

On this day in History – Apr. 16

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 11:28 pm
 

Porto com triunfo dilatado já está na final

Filed under: FC Porto,football,Futebol,Taça de Portugal,Vitoria de Setubal — looking4good @ 10:22 pm

V. de Setúbal

0-3

FC Porto

Penalty por assinalar, auto-golo e «frango»… Parece fácil!

O Porto assegurou esta noite a presença na final da Taça de Portugal ao vencer em Setúbal por um resultado que mesmo os que reconheciam o favoritismo dos campeões nacionais não estariam à espera.

O Setúbal até começou melhor o jogo dispondo de uma oportunidade num remate de Pitbull que Pedro Emanuel desviou para canto, já depois de Paulo Assunção ter sido amarelado numa entrada que lhe poderia ter valido um cartão de outra cor. Houve também um empurrão na área defensiva de Fucile a um jogador setubalense que com um árbitro rigoroso daria penalty.

A verdade é que depois destas benesses de arbitragem o Porto passou a controlar o jogo e a meter o Setúbal no meio-campo não estranhando o primeiro golo do jogo ainda que resultado de uma infeliz intervenção de Jorginho que meteu a bola na própria baliza depois de um pontapé de canto da esquerda por Raúl Meireles.

Ao intervalo o descontentamento de Carlos Carvalhal, treinador do Vitória, pela arbitragem era patente e soube-se pela ausência do banco na segunda-parte que fora expulso por Pedro Proença.

Na segunda parte a marcação ainda cedo do segundo golo num desvio de Lucho que o guarda-redes do Setúbal infeliz não impediu (com naturais «culpas»), após boa incursão pela direira de Sektoui, arrumou o jogo. A equipa da casa não teve capacidade de reacção e o resultado poderia mesmo ter sido incrementado para além do 3º. golo marcado de novo por Lucho que aproveitou a cratera aberta na entrada da área para rematar colocado.

Triunfo indiscutível do Porto cujas dificuldades iniciais foram superadas com uma ajudinha da arbitragem como ultimamente tem invariavelmente acontecido.

O Porto vai procurar então a «dobradinha» aguardando o «parceiro» («vítima» ?) que sairá do confronto desta noite em Alvalade entre Sporting e Benfica.

Ficha do jogo:

Estádio do Bonfim, em Setúbal

Árbitro: Pedro Proença (AF Lisboa)

V. SETÚBAL – Eduardo; Janício, Robson, Auri e Jorginho; Elias, Sandro e Ricardo Chaves (Filipe Gonçalves, 57 m); Leandro Branco (Bruno Severino, 57 m), Pitbull e Bruno Gama (Paulo Roberto, 73 m).

FC PORTO – Nuno; Bosingwa, Pedro Emanuel, Bruno Alves e Fucile; Lucho Gonzalez, Paulo Assunção (João Paulo, 82 m) e Raul Meireles; Tarik Sektioui (Farías, 74 m), Lisandro Lopez e Ricardo Quaresma (Mariano Gonzalez, 79 m).

Golos: 0-1 por Jorginho (37 m, p.b.); 0-2 por Lucho (51 m); 0-3 por Lucho (59 m).

Disciplina: cartão amarelo a Paulo Assunção (7 m), Sandro (21 m), Jorginho (36 m), Quaresma (49 m), Elias (66 m) e Pedro Emanuel (90 m); Carlos Carvalhal (técnico do V. Setúbal) expulso ao intervalo

 

Porto com triunfo dilatado já está na final

Filed under: FC Porto,football,Futebol,Taça de Portugal,Vitoria de Setubal — looking4good @ 10:22 pm

V. de Setúbal

0-3

FC Porto

Penalty por assinalar, auto-golo e «frango»… Parece fácil!

O Porto assegurou esta noite a presença na final da Taça de Portugal ao vencer em Setúbal por um resultado que mesmo os que reconheciam o favoritismo dos campeões nacionais não estariam à espera.

O Setúbal até começou melhor o jogo dispondo de uma oportunidade num remate de Pitbull que Pedro Emanuel desviou para canto, já depois de Paulo Assunção ter sido amarelado numa entrada que lhe poderia ter valido um cartão de outra cor. Houve também um empurrão na área defensiva de Fucile a um jogador setubalense que com um árbitro rigoroso daria penalty.

A verdade é que depois destas benesses de arbitragem o Porto passou a controlar o jogo e a meter o Setúbal no meio-campo não estranhando o primeiro golo do jogo ainda que resultado de uma infeliz intervenção de Jorginho que meteu a bola na própria baliza depois de um pontapé de canto da esquerda por Raúl Meireles.

Ao intervalo o descontentamento de Carlos Carvalhal, treinador do Vitória, pela arbitragem era patente e soube-se pela ausência do banco na segunda-parte que fora expulso por Pedro Proença.

Na segunda parte a marcação ainda cedo do segundo golo num desvio de Lucho que o guarda-redes do Setúbal infeliz não impediu (com naturais «culpas»), após boa incursão pela direira de Sektoui, arrumou o jogo. A equipa da casa não teve capacidade de reacção e o resultado poderia mesmo ter sido incrementado para além do 3º. golo marcado de novo por Lucho que aproveitou a cratera aberta na entrada da área para rematar colocado.

Triunfo indiscutível do Porto cujas dificuldades iniciais foram superadas com uma ajudinha da arbitragem como ultimamente tem invariavelmente acontecido.

O Porto vai procurar então a «dobradinha» aguardando o «parceiro» («vítima» ?) que sairá do confronto desta noite em Alvalade entre Sporting e Benfica.

Ficha do jogo:

Estádio do Bonfim, em Setúbal

Árbitro: Pedro Proença (AF Lisboa)

V. SETÚBAL – Eduardo; Janício, Robson, Auri e Jorginho; Elias, Sandro e Ricardo Chaves (Filipe Gonçalves, 57 m); Leandro Branco (Bruno Severino, 57 m), Pitbull e Bruno Gama (Paulo Roberto, 73 m).

FC PORTO – Nuno; Bosingwa, Pedro Emanuel, Bruno Alves e Fucile; Lucho Gonzalez, Paulo Assunção (João Paulo, 82 m) e Raul Meireles; Tarik Sektioui (Farías, 74 m), Lisandro Lopez e Ricardo Quaresma (Mariano Gonzalez, 79 m).

Golos: 0-1 por Jorginho (37 m, p.b.); 0-2 por Lucho (51 m); 0-3 por Lucho (59 m).

Disciplina: cartão amarelo a Paulo Assunção (7 m), Sandro (21 m), Jorginho (36 m), Quaresma (49 m), Elias (66 m) e Pedro Emanuel (90 m); Carlos Carvalhal (técnico do V. Setúbal) expulso ao intervalo