Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Ânsia Maldita – Vespasiano Ramos Dezembro 26, 2007

Filed under: poesia,Vespasiano Ramos — looking4good @ 12:36 am

Ninguém mais do que tu saberá quanto
Padeço, agora! e, em lágrima, advinha
A minha’alma apagar-se, neste pranto,

Beatriz! Alma em flor! Suave encanto,
Que me salvar, pensei, dos altos, vinha:
O quanto peno, o quanto sofro, enquanto
Imagino que nunca serás minha!

Foram, por ti, as lágrimas que os olhos
Meus derramaram! só por ti, somente
Que minh’alma, do Amor contra os escolhos,

Há de, convulsa, soluçar, um dia,
A derradeira lágrima pungente
E o derradeiro grito de agonia!

Joaquim Vespasiano Ramos (n. em Caxias, MA a 13 Ago. 1884; m. em Porto Velho, Rondônia a 26 Dez. 1916)

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s