Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Moi on the bed Dezembro 1, 2007

Filed under: Photos — looking4good @ 11:59 pm

www.siyansshanghai.com

Anúncios
 

Porto com o campeonato no «papo»

Filed under: Benfica,FC Porto,Futebol,Liga Bwin — looking4good @ 9:45 pm
Benfica

0 – 1

Porto

Quaresma marcou … e no Benfica quem podia marcar?

O Benfica a repetir o mesmo onze do jogo contra o Milan enquanto o Porto substituiu quatro jogadores. Talvez aí tenha estado a razão do resultado.

O Benfica que jogava em casa dispôs no primeiro minuto de uma jogada para marcar por Nuno Gomes mas cedo se eclipsou. Foi o Porto que dominou na primeira parte, as bolas recuperadas pela defesa encarnada eram desperdiçadas na transição ofensiva. E quando o Porto marcou á perto do final (mais uma bola perdida pelo meio campo encarnado e lançamento para Quaresma fintar David Luís e marcar) já o Porto justificava a vantagem. No minuto anterior Lisandro na cara de Quim despediçara ao segundo poste o golo.

Na segunda parte logo no início outra vez Nuno Gomes que recuperara uma bola na área desperdiçou o empate ao rematar ao lado. O Benfica na segunda parte passou grande parte do jogo no meio campo ofensivo, mas aí o Porto desempenhou o seu papel, não dando espaços ao Benfica faltaram jogadores criativos capazes de desestabilizar a defesa portista.

Camacho não fez muito para contrariar o fim de 32 jogos para o Camponato sem perder. As entradas de Cardozo (65′) e Di Maria (aos 70′) pareceram tardias (como é possível pagar tantos milhões por um jogador que é para ficar no banco e jogar apenas 25 minutos?), Petit num remate de longe ainda deu a sensação de golo mas o Porto soube defender a vantagem adquirida. O Porto perdeu Quaresma (substituido por Mariano Gonzalez) e passou a defender a vantagem, o que conseguiu, vendo o caminho desbravado para ganhar o Campeonato.

Ao Benfica resta preparar a próxima época, porque esta foi muito mal preparada.

A arbitragem, com alguns erros, não teve muitos problemas.

Ficha de jogo:

Estádio da Luz, Lisboa

Árbitro: Jorge de Sousa (AF Porto)

Benfica: Quim, Luizão, David Luiz, Luís Filipe, Léo, Petit, Katsouranis (Cardozo, 64′), Maxi Pereira (Dí Maria, 70′), Cristian Rodriguez, Rui Costa e Nuno Gomes (Adu 78′).

FC Porto: Helton, Bosingwa, Bruno Alves, Pedro Emanuel, Fucile, Lucho, P. Assunção, Raúl Meireles (Bollati, 80′), Tarik Sektioui (Hélder Postiga, 60′), Lisandro, Quaresma (Mariano González 68′).

Golos: Quaresma (41 min).

Disciplina: Cartões amarelos: Fucile (43 min.), Tarik (52 min.), Katsouranis (62 min.), Dí Maria (75 min.), Helton (86 min.).

 

Porto com o campeonato no «papo»

Filed under: Benfica,FC Porto,Futebol,Liga Bwin — looking4good @ 9:45 pm
Benfica

0 – 1

Porto

Quaresma marcou … e no Benfica quem podia marcar?

O Benfica a repetir o mesmo onze do jogo contra o Milan enquanto o Porto substituiu quatro jogadores. Talvez aí tenha estado a razão do resultado.

O Benfica que jogava em casa dispôs no primeiro minuto de uma jogada para marcar por Nuno Gomes mas cedo se eclipsou. Foi o Porto que dominou na primeira parte, as bolas recuperadas pela defesa encarnada eram desperdiçadas na transição ofensiva. E quando o Porto marcou á perto do final (mais uma bola perdida pelo meio campo encarnado e lançamento para Quaresma fintar David Luís e marcar) já o Porto justificava a vantagem. No minuto anterior Lisandro na cara de Quim despediçara ao segundo poste o golo.

Na segunda parte logo no início outra vez Nuno Gomes que recuperara uma bola na área desperdiçou o empate ao rematar ao lado. O Benfica na segunda parte passou grande parte do jogo no meio campo ofensivo, mas aí o Porto desempenhou o seu papel, não dando espaços ao Benfica faltaram jogadores criativos capazes de desestabilizar a defesa portista.

Camacho não fez muito para contrariar o fim de 32 jogos para o Camponato sem perder. As entradas de Cardozo (65′) e Di Maria (aos 70′) pareceram tardias (como é possível pagar tantos milhões por um jogador que é para ficar no banco e jogar apenas 25 minutos?), Petit num remate de longe ainda deu a sensação de golo mas o Porto soube defender a vantagem adquirida. O Porto perdeu Quaresma (substituido por Mariano Gonzalez) e passou a defender a vantagem, o que conseguiu, vendo o caminho desbravado para ganhar o Campeonato.

Ao Benfica resta preparar a próxima época, porque esta foi muito mal preparada.

A arbitragem, com alguns erros, não teve muitos problemas.

Ficha de jogo:

Estádio da Luz, Lisboa

Árbitro: Jorge de Sousa (AF Porto)

Benfica: Quim, Luizão, David Luiz, Luís Filipe, Léo, Petit, Katsouranis (Cardozo, 64′), Maxi Pereira (Dí Maria, 70′), Cristian Rodriguez, Rui Costa e Nuno Gomes (Adu 78′).

FC Porto: Helton, Bosingwa, Bruno Alves, Pedro Emanuel, Fucile, Lucho, P. Assunção, Raúl Meireles (Bollati, 80′), Tarik Sektioui (Hélder Postiga, 60′), Lisandro, Quaresma (Mariano González 68′).

Golos: Quaresma (41 min).

Disciplina: Cartões amarelos: Fucile (43 min.), Tarik (52 min.), Katsouranis (62 min.), Dí Maria (75 min.), Helton (86 min.).

 

Porto com o campeonato no «papo»

Filed under: Benfica,FC Porto,Futebol,Liga Bwin — looking4good @ 9:45 pm
Benfica

0 – 1

Porto

Quaresma marcou … e no Benfica quem podia marcar?

O Benfica a repetir o mesmo onze do jogo contra o Milan enquanto o Porto substituiu quatro jogadores. Talvez aí tenha estado a razão do resultado.

O Benfica que jogava em casa dispôs no primeiro minuto de uma jogada para marcar por Nuno Gomes mas cedo se eclipsou. Foi o Porto que dominou na primeira parte, as bolas recuperadas pela defesa encarnada eram desperdiçadas na transição ofensiva. E quando o Porto marcou á perto do final (mais uma bola perdida pelo meio campo encarnado e lançamento para Quaresma fintar David Luís e marcar) já o Porto justificava a vantagem. No minuto anterior Lisandro na cara de Quim despediçara ao segundo poste o golo.

Na segunda parte logo no início outra vez Nuno Gomes que recuperara uma bola na área desperdiçou o empate ao rematar ao lado. O Benfica na segunda parte passou grande parte do jogo no meio campo ofensivo, mas aí o Porto desempenhou o seu papel, não dando espaços ao Benfica faltaram jogadores criativos capazes de desestabilizar a defesa portista.

Camacho não fez muito para contrariar o fim de 32 jogos para o Camponato sem perder. As entradas de Cardozo (65′) e Di Maria (aos 70′) pareceram tardias (como é possível pagar tantos milhões por um jogador que é para ficar no banco e jogar apenas 25 minutos?), Petit num remate de longe ainda deu a sensação de golo mas o Porto soube defender a vantagem adquirida. O Porto perdeu Quaresma (substituido por Mariano Gonzalez) e passou a defender a vantagem, o que conseguiu, vendo o caminho desbravado para ganhar o Campeonato.

Ao Benfica resta preparar a próxima época, porque esta foi muito mal preparada.

A arbitragem, com alguns erros, não teve muitos problemas.

Ficha de jogo:

Estádio da Luz, Lisboa

Árbitro: Jorge de Sousa (AF Porto)

Benfica: Quim, Luizão, David Luiz, Luís Filipe, Léo, Petit, Katsouranis (Cardozo, 64′), Maxi Pereira (Dí Maria, 70′), Cristian Rodriguez, Rui Costa e Nuno Gomes (Adu 78′).

FC Porto: Helton, Bosingwa, Bruno Alves, Pedro Emanuel, Fucile, Lucho, P. Assunção, Raúl Meireles (Bollati, 80′), Tarik Sektioui (Hélder Postiga, 60′), Lisandro, Quaresma (Mariano González 68′).

Golos: Quaresma (41 min).

Disciplina: Cartões amarelos: Fucile (43 min.), Tarik (52 min.), Katsouranis (62 min.), Dí Maria (75 min.), Helton (86 min.).

 

Não sei, amor, se te consinto – Pedro Tamen

Filed under: Pedro Tamen,poesia — looking4good @ 8:36 pm
foto: Vulcão

Não sei, amor, sequer, se te consinto
ou se te inventas, brilhas, adormeces
nas palavras sem carne em que te minto
a verdade intemida em que me esqueces.

Não sei, amor, se as lavas do vulcão
nos lavam, veras, ou se trocam tintas
dos olhos ao cabelo ou coração
de tudo e de ti mesma. Não que sintas

outra coisa de mais que nos feneça;
mas só não sei, amor, se tu não sabes
que sei de certo a malha que nos teça,

o vento que nos leves ou nos traves,
a mão que te nos dê ou te nos peça,
o princípio de sol que nos acabes.

Pedro Mário Alles Tamen (n. em 1 Dez 1934 em Lisboa; ~)

Ler do mesmo autor neste blog: O mar é longe mas nós somos o vento
 

Não sei, amor, se te consinto – Pedro Tamen

Filed under: Pedro Tamen,poesia — looking4good @ 8:36 pm
foto: Vulcão

Não sei, amor, sequer, se te consinto
ou se te inventas, brilhas, adormeces
nas palavras sem carne em que te minto
a verdade intemida em que me esqueces.

Não sei, amor, se as lavas do vulcão
nos lavam, veras, ou se trocam tintas
dos olhos ao cabelo ou coração
de tudo e de ti mesma. Não que sintas

outra coisa de mais que nos feneça;
mas só não sei, amor, se tu não sabes
que sei de certo a malha que nos teça,

o vento que nos leves ou nos traves,
a mão que te nos dê ou te nos peça,
o princípio de sol que nos acabes.

Pedro Mário Alles Tamen (n. em 1 Dez 1934 em Lisboa; ~)

Ler do mesmo autor neste blog: O mar é longe mas nós somos o vento
 

Não sei, amor, se te consinto – Pedro Tamen

Filed under: Pedro Tamen,poesia — looking4good @ 8:36 pm
foto: Vulcão

Não sei, amor, sequer, se te consinto
ou se te inventas, brilhas, adormeces
nas palavras sem carne em que te minto
a verdade intemida em que me esqueces.

Não sei, amor, se as lavas do vulcão
nos lavam, veras, ou se trocam tintas
dos olhos ao cabelo ou coração
de tudo e de ti mesma. Não que sintas

outra coisa de mais que nos feneça;
mas só não sei, amor, se tu não sabes
que sei de certo a malha que nos teça,

o vento que nos leves ou nos traves,
a mão que te nos dê ou te nos peça,
o princípio de sol que nos acabes.

Pedro Mário Alles Tamen (n. em 1 Dez 1934 em Lisboa; ~)

Ler do mesmo autor neste blog: O mar é longe mas nós somos o vento