Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Taça da Liga: Sporting ganhou… nos penalties Setembro 26, 2007

Filed under: Futebol,Sporting,Taça da Liga,Vitória de Guimarães — looking4good @ 11:20 pm

Guimarães
0-0 (6-7)

Sporting

Para não variar a decisão foi por penalties

Ao Sporting cabia, em princípio, o jogo mais difícil dos três grandes, deslocando-se a Guimarães ainda invicto no Campeonato. Talvez por isso, Paulo Bento, não mexeu muito na equipa. Ainda assim Tiago jogou à baliza, Pereirinha, Paredes e Djaló jogaram a titulares e ao que cremos, pela 1º. vez, em simultaneo Ismailov e Vukcevic jogaram. Liedson esteve ausente mas por lesão.

No início do jogo o Sporting esteve logo perto de marcar quando aos 3′ Djaló atirou à barra de cabeça. O Sporting foi mais perigoso e aos 26 e 27′ esteve de novo perto de marcar, em ambos os lances por Izmailov, o primeio após jogada de Romagnoli, no segundo Nilson fez boa defesa ao remate de calcanhar do jogador russo!

Na segunda parte o Sporting teve mais problemas com os vitorianos. Sabendo-se que nesta provaz não há prolongamento as substituições ficaram esgotadas ainda faltava um quarto de hora para o final. Nesta segunda parte registo para uma boa defesa de Tiago e remate de Targino.

A verdade é que o resultado ficou em branco e para não variar tal como em Fátima, na Rebolerira e também em Portimão (Portimonense-Belenenses)e Aveiro (Beira Mar- Paços de Ferreira) o apurado foi decidido apenas no desempate por grandes penalidades. Pois neste jogo devido à actuação dos dois guarda-redes foram precisos vinte penalties para decidir a qualificação do Sporting, falhando João Alves o penalty decisivo ao atirar ao lado.

No final Manuel Cajuda aludia a um eventual penalty não assinalado a seu favor enquanto Paulo Bento considerava que a sua equipa mereceu a feliciadade num jogo equilibrado e intenso.

Estádio: Estádio D. Afonso Henriques
Árbitros: Bruno Paixão, Aux – , 4º

VITÓRIA DE GUIMARÃES – Nilson; Andrezinho, Sereno, Geromel e Luciano; João Alves e Flávio Meireles (Ghilas 53′); Alan (Rabiola 75′), Fajardo e Desmarets; Mrdakovic (Targino 63′).

SPORTING – Tiago; Pereirinha (Abel 59′), Tonel, Polga; Miguel Veloso; Vukcevic (Ronny 73′), Paredes, João Moutinho e Izmailov (Purovic 69′); Romagnoli e Djaló.

Goos: Nada a registar
Disciplina:
11′ Cartão Amarelo para Paredes (Sporting).
90’Cartão Amarelo para Ghilas (V. Guimarães).

Os resultados completos desta 3ª. Eliminatória da Taça da Liga (Carlsberg Cup) foram os seguintes:

Leixões 0 – 0 U. Leiria
Penafiel 1 – 0 Nacional
Portimonense 1-1 (4-3) Belenenses
Beira-Mar 0-0*(4-3) P. Ferreira
V. Setúbal 2 – 0 Sp. Braga
Fátima 0-0*(4-2) FC Porto
E. Amadora 1-1*(4-5) Benfica
V. Guimarães 0-0*(6-7) Sporting

* jogos decididos por penalties

O sorteio da 4ª Eliminatória é na sexta-feira dia 28/9, sendo esta eliminatória já disputada a duas mãos com datas marcadas para 21 e 31 de Outubro.

 

Taça da Liga: Sporting ganhou… nos penalties

Filed under: Futebol,Sporting,Taça da Liga,Vitória de Guimarães — looking4good @ 11:20 pm

Guimarães
0-0 (6-7)

Sporting

Para não variar a decisão foi por penalties

Ao Sporting cabia, em princípio, o jogo mais difícil dos três grandes, deslocando-se a Guimarães ainda invicto no Campeonato. Talvez por isso, Paulo Bento, não mexeu muito na equipa. Ainda assim Tiago jogou à baliza, Pereirinha, Paredes e Djaló jogaram a titulares e ao que cremos, pela 1º. vez, em simultaneo Ismailov e Vukcevic jogaram. Liedson esteve ausente mas por lesão.

No início do jogo o Sporting esteve logo perto de marcar quando aos 3′ Djaló atirou à barra de cabeça. O Sporting foi mais perigoso e aos 26 e 27′ esteve de novo perto de marcar, em ambos os lances por Izmailov, o primeio após jogada de Romagnoli, no segundo Nilson fez boa defesa ao remate de calcanhar do jogador russo!

Na segunda parte o Sporting teve mais problemas com os vitorianos. Sabendo-se que nesta provaz não há prolongamento as substituições ficaram esgotadas ainda faltava um quarto de hora para o final. Nesta segunda parte registo para uma boa defesa de Tiago e remate de Targino.

A verdade é que o resultado ficou em branco e para não variar tal como em Fátima, na Rebolerira e também em Portimão (Portimonense-Belenenses)e Aveiro (Beira Mar- Paços de Ferreira) o apurado foi decidido apenas no desempate por grandes penalidades. Pois neste jogo devido à actuação dos dois guarda-redes foram precisos vinte penalties para decidir a qualificação do Sporting, falhando João Alves o penalty decisivo ao atirar ao lado.

No final Manuel Cajuda aludia a um eventual penalty não assinalado a seu favor enquanto Paulo Bento considerava que a sua equipa mereceu a feliciadade num jogo equilibrado e intenso.

Estádio: Estádio D. Afonso Henriques
Árbitros: Bruno Paixão, Aux – , 4º

VITÓRIA DE GUIMARÃES – Nilson; Andrezinho, Sereno, Geromel e Luciano; João Alves e Flávio Meireles (Ghilas 53′); Alan (Rabiola 75′), Fajardo e Desmarets; Mrdakovic (Targino 63′).

SPORTING – Tiago; Pereirinha (Abel 59′), Tonel, Polga; Miguel Veloso; Vukcevic (Ronny 73′), Paredes, João Moutinho e Izmailov (Purovic 69′); Romagnoli e Djaló.

Goos: Nada a registar
Disciplina:
11′ Cartão Amarelo para Paredes (Sporting).
90’Cartão Amarelo para Ghilas (V. Guimarães).

Os resultados completos desta 3ª. Eliminatória da Taça da Liga (Carlsberg Cup) foram os seguintes:

Leixões 0 – 0 U. Leiria
Penafiel 1 – 0 Nacional
Portimonense 1-1 (4-3) Belenenses
Beira-Mar 0-0*(4-3) P. Ferreira
V. Setúbal 2 – 0 Sp. Braga
Fátima 0-0*(4-2) FC Porto
E. Amadora 1-1*(4-5) Benfica
V. Guimarães 0-0*(6-7) Sporting

* jogos decididos por penalties

O sorteio da 4ª Eliminatória é na sexta-feira dia 28/9, sendo esta eliminatória já disputada a duas mãos com datas marcadas para 21 e 31 de Outubro.

 

Taça da Liga: Sporting ganhou… nos penalties

Filed under: Futebol,Sporting,Taça da Liga,Vitória de Guimarães — looking4good @ 11:20 pm

Guimarães
0-0 (6-7)

Sporting

Para não variar a decisão foi por penalties

Ao Sporting cabia, em princípio, o jogo mais difícil dos três grandes, deslocando-se a Guimarães ainda invicto no Campeonato. Talvez por isso, Paulo Bento, não mexeu muito na equipa. Ainda assim Tiago jogou à baliza, Pereirinha, Paredes e Djaló jogaram a titulares e ao que cremos, pela 1º. vez, em simultaneo Ismailov e Vukcevic jogaram. Liedson esteve ausente mas por lesão.

No início do jogo o Sporting esteve logo perto de marcar quando aos 3′ Djaló atirou à barra de cabeça. O Sporting foi mais perigoso e aos 26 e 27′ esteve de novo perto de marcar, em ambos os lances por Izmailov, o primeio após jogada de Romagnoli, no segundo Nilson fez boa defesa ao remate de calcanhar do jogador russo!

Na segunda parte o Sporting teve mais problemas com os vitorianos. Sabendo-se que nesta provaz não há prolongamento as substituições ficaram esgotadas ainda faltava um quarto de hora para o final. Nesta segunda parte registo para uma boa defesa de Tiago e remate de Targino.

A verdade é que o resultado ficou em branco e para não variar tal como em Fátima, na Rebolerira e também em Portimão (Portimonense-Belenenses)e Aveiro (Beira Mar- Paços de Ferreira) o apurado foi decidido apenas no desempate por grandes penalidades. Pois neste jogo devido à actuação dos dois guarda-redes foram precisos vinte penalties para decidir a qualificação do Sporting, falhando João Alves o penalty decisivo ao atirar ao lado.

No final Manuel Cajuda aludia a um eventual penalty não assinalado a seu favor enquanto Paulo Bento considerava que a sua equipa mereceu a feliciadade num jogo equilibrado e intenso.

Estádio: Estádio D. Afonso Henriques
Árbitros: Bruno Paixão, Aux – , 4º

VITÓRIA DE GUIMARÃES – Nilson; Andrezinho, Sereno, Geromel e Luciano; João Alves e Flávio Meireles (Ghilas 53′); Alan (Rabiola 75′), Fajardo e Desmarets; Mrdakovic (Targino 63′).

SPORTING – Tiago; Pereirinha (Abel 59′), Tonel, Polga; Miguel Veloso; Vukcevic (Ronny 73′), Paredes, João Moutinho e Izmailov (Purovic 69′); Romagnoli e Djaló.

Goos: Nada a registar
Disciplina:
11′ Cartão Amarelo para Paredes (Sporting).
90’Cartão Amarelo para Ghilas (V. Guimarães).

Os resultados completos desta 3ª. Eliminatória da Taça da Liga (Carlsberg Cup) foram os seguintes:

Leixões 0 – 0 U. Leiria
Penafiel 1 – 0 Nacional
Portimonense 1-1 (4-3) Belenenses
Beira-Mar 0-0*(4-3) P. Ferreira
V. Setúbal 2 – 0 Sp. Braga
Fátima 0-0*(4-2) FC Porto
E. Amadora 1-1*(4-5) Benfica
V. Guimarães 0-0*(6-7) Sporting

* jogos decididos por penalties

O sorteio da 4ª Eliminatória é na sexta-feira dia 28/9, sendo esta eliminatória já disputada a duas mãos com datas marcadas para 21 e 31 de Outubro.

 

Taça da Liga: Sporting ganhou… nos penalties

Filed under: Futebol,Sporting,Taça da Liga,Vitória de Guimarães — looking4good @ 11:20 pm

Guimarães
0-0 (6-7)

Sporting

Para não variar a decisão foi por penalties

Ao Sporting cabia, em princípio, o jogo mais difícil dos três grandes, deslocando-se a Guimarães ainda invicto no Campeonato. Talvez por isso, Paulo Bento, não mexeu muito na equipa. Ainda assim Tiago jogou à baliza, Pereirinha, Paredes e Djaló jogaram a titulares e ao que cremos, pela 1º. vez, em simultaneo Ismailov e Vukcevic jogaram. Liedson esteve ausente mas por lesão.

No início do jogo o Sporting esteve logo perto de marcar quando aos 3′ Djaló atirou à barra de cabeça. O Sporting foi mais perigoso e aos 26 e 27′ esteve de novo perto de marcar, em ambos os lances por Izmailov, o primeio após jogada de Romagnoli, no segundo Nilson fez boa defesa ao remate de calcanhar do jogador russo!

Na segunda parte o Sporting teve mais problemas com os vitorianos. Sabendo-se que nesta provaz não há prolongamento as substituições ficaram esgotadas ainda faltava um quarto de hora para o final. Nesta segunda parte registo para uma boa defesa de Tiago e remate de Targino.

A verdade é que o resultado ficou em branco e para não variar tal como em Fátima, na Rebolerira e também em Portimão (Portimonense-Belenenses)e Aveiro (Beira Mar- Paços de Ferreira) o apurado foi decidido apenas no desempate por grandes penalidades. Pois neste jogo devido à actuação dos dois guarda-redes foram precisos vinte penalties para decidir a qualificação do Sporting, falhando João Alves o penalty decisivo ao atirar ao lado.

No final Manuel Cajuda aludia a um eventual penalty não assinalado a seu favor enquanto Paulo Bento considerava que a sua equipa mereceu a feliciadade num jogo equilibrado e intenso.

Estádio: Estádio D. Afonso Henriques
Árbitros: Bruno Paixão, Aux – , 4º

VITÓRIA DE GUIMARÃES – Nilson; Andrezinho, Sereno, Geromel e Luciano; João Alves e Flávio Meireles (Ghilas 53′); Alan (Rabiola 75′), Fajardo e Desmarets; Mrdakovic (Targino 63′).

SPORTING – Tiago; Pereirinha (Abel 59′), Tonel, Polga; Miguel Veloso; Vukcevic (Ronny 73′), Paredes, João Moutinho e Izmailov (Purovic 69′); Romagnoli e Djaló.

Goos: Nada a registar
Disciplina:
11′ Cartão Amarelo para Paredes (Sporting).
90’Cartão Amarelo para Ghilas (V. Guimarães).

Os resultados completos desta 3ª. Eliminatória da Taça da Liga (Carlsberg Cup) foram os seguintes:

Leixões 0 – 0 U. Leiria
Penafiel 1 – 0 Nacional
Portimonense 1-1 (4-3) Belenenses
Beira-Mar 0-0*(4-3) P. Ferreira
V. Setúbal 2 – 0 Sp. Braga
Fátima 0-0*(4-2) FC Porto
E. Amadora 1-1*(4-5) Benfica
V. Guimarães 0-0*(6-7) Sporting

* jogos decididos por penalties

O sorteio da 4ª Eliminatória é na sexta-feira dia 28/9, sendo esta eliminatória já disputada a duas mãos com datas marcadas para 21 e 31 de Outubro.

 

Taça da Liga: Benfica de reservas salvo por penalties

Filed under: Benfica,Estrela da Amadora,Futebol,Taça da Liga — looking4good @ 10:05 pm

Amadora

1-1 (4-5)

Benfica

Benfica fraco salvo com um penalty aos 90′

Um Benfica que tem estado fraco no Campeonato (2 vitórias e 3 empates e já seis pontos de atraso do primeiro) como podia jogar bem com tantos reservistas?

Do onze inicial que jogou em Braga apenas Christian Rodriguez, Binya Maxi Pereira e Di Maria se apresentaram. De resto jogadores que vinham de lesões (Miguel, Luisão e Zorro, reservas e até terceiras escolhas (Yabao único avançado).

É claro que não podia dar bom resultado. O Amadora dominou e mereceu a vantagem conseguida por Maurício aos 35′ na maracalção de um livre directo ainda de bastante longe.

Na segunda parte esperava-se uma reacção do Benfica mas tal não aconteceu. O Estrela é que teve as melhores oportunidades. Zorro fez uma falta no limite da área com o árbitro a dar livre (parece que bem) e só nos últimos cinco minutos também pelao recuo dos locais o Benfica criou perigo em cantos. Quando a eliminação estava praticamente consumada há um remate à entrada da área que bate no árbitro, um novo remate de Bynia que é rechassado pela defesa do Estrela, o lance prossegue o árbitro recebe informação do juiz assistente, Fábio Coentrão também pede mão e é assinalado o penalty que a TV não confirma. O jogador Wagnão tem a mão levantada mas a bola terá batido na cabeça.

Addu marcou e depois no desempate por penaltues Addu voltou a marcar já depois de Maurício ter atirado à barra. Mateus marcou, Christian Rodriguez também. Tiago Gomes em jeito marcou e Burr atirou muito mal ao lado. Ficava tudo empatado. Cardoso marcou. Luisão também (com muita sorte, Pedro Alves quase defendia). Fernando marcou e Fábio Coentrão também 4-4 na série de cinco penalidades. Depois Yono atirou muito por cima da barra e André Diaz (outra terceira escolha que entrou na parte final a substituir Nuno Assis) marcou o penalty do apuramento dos encarnados.

Camacho tem muito que fazer, mas também não se percebeu a sua opção de tantas reserbvas na equipa titular, quando afinal, os titulares tão mal se conhecenm entre si… Então nos avançados apenas Yabao apareceu convocado!

Da arbitragem chefiada por Duarte Gomes o que dizer? Muito fraca! Terá acertado no local da falta contra o Benfica (fora da área) deu amarelo a Fernando aos 70′ ultrapassado por Christian Rodrigues, que só foi às pernas e por trás para evitar que o benfiquista prosseguisse (deveria ter sido vermelho). Entrou Wagnão sem ter saido o substituido ( levou amarelo mas ocomo é possóvel o 4º. árbitro ter deixado o homem entrar?) e finalmente o erro maior esse por culpa do assistente José Lima. O penalty que salvou o Benfica de ter o mesmo caminho do Porto.

ESTRELA DA AMADORA – Pedro Alves; Rui Duarte (Wagnão 88′), Maurício, Hugo Carreira e Cardoso; Luís Aguiar (Mateus 65′), Fernando e Tiago Gomes; Yoni, Moses e Nuno Viveiros (Pedro Pereira 78′).

BENFICA – Butt; Nélson, Luisão, Zoro e Miguelito; Maxi Pereira (Freddy Addu 46′), Binya e Nuno Assis (André Diaz 74′); Di Maria (Fábio Coentrão 62′), Dabao e Cristian Rodriguez.

45′ Cartão amarelo para Binya (Benfica).
68′ Cartão amarelo para Zoro (Benfica), por travar Nuno Viveiros à entrada da área, quando o avançado tricolor tentava isolar-se.
88′ Cartão amarelo para Wagnão por entrar antes do jogador que substituia ter saido
90′ Cartão amarelo para Maurício.

 

Taça da Liga: Benfica de reservas salvo por penalties

Filed under: Benfica,Estrela da Amadora,Futebol,Taça da Liga — looking4good @ 10:05 pm

Amadora

1-1 (4-5)

Benfica

Benfica fraco salvo com um penalty aos 90′

Um Benfica que tem estado fraco no Campeonato (2 vitórias e 3 empates e já seis pontos de atraso do primeiro) como podia jogar bem com tantos reservistas?

Do onze inicial que jogou em Braga apenas Christian Rodriguez, Binya Maxi Pereira e Di Maria se apresentaram. De resto jogadores que vinham de lesões (Miguel, Luisão e Zorro, reservas e até terceiras escolhas (Yabao único avançado).

É claro que não podia dar bom resultado. O Amadora dominou e mereceu a vantagem conseguida por Maurício aos 35′ na maracalção de um livre directo ainda de bastante longe.

Na segunda parte esperava-se uma reacção do Benfica mas tal não aconteceu. O Estrela é que teve as melhores oportunidades. Zorro fez uma falta no limite da área com o árbitro a dar livre (parece que bem) e só nos últimos cinco minutos também pelao recuo dos locais o Benfica criou perigo em cantos. Quando a eliminação estava praticamente consumada há um remate à entrada da área que bate no árbitro, um novo remate de Bynia que é rechassado pela defesa do Estrela, o lance prossegue o árbitro recebe informação do juiz assistente, Fábio Coentrão também pede mão e é assinalado o penalty que a TV não confirma. O jogador Wagnão tem a mão levantada mas a bola terá batido na cabeça.

Addu marcou e depois no desempate por penaltues Addu voltou a marcar já depois de Maurício ter atirado à barra. Mateus marcou, Christian Rodriguez também. Tiago Gomes em jeito marcou e Burr atirou muito mal ao lado. Ficava tudo empatado. Cardoso marcou. Luisão também (com muita sorte, Pedro Alves quase defendia). Fernando marcou e Fábio Coentrão também 4-4 na série de cinco penalidades. Depois Yono atirou muito por cima da barra e André Diaz (outra terceira escolha que entrou na parte final a substituir Nuno Assis) marcou o penalty do apuramento dos encarnados.

Camacho tem muito que fazer, mas também não se percebeu a sua opção de tantas reserbvas na equipa titular, quando afinal, os titulares tão mal se conhecenm entre si… Então nos avançados apenas Yabao apareceu convocado!

Da arbitragem chefiada por Duarte Gomes o que dizer? Muito fraca! Terá acertado no local da falta contra o Benfica (fora da área) deu amarelo a Fernando aos 70′ ultrapassado por Christian Rodrigues, que só foi às pernas e por trás para evitar que o benfiquista prosseguisse (deveria ter sido vermelho). Entrou Wagnão sem ter saido o substituido ( levou amarelo mas ocomo é possóvel o 4º. árbitro ter deixado o homem entrar?) e finalmente o erro maior esse por culpa do assistente José Lima. O penalty que salvou o Benfica de ter o mesmo caminho do Porto.

ESTRELA DA AMADORA – Pedro Alves; Rui Duarte (Wagnão 88′), Maurício, Hugo Carreira e Cardoso; Luís Aguiar (Mateus 65′), Fernando e Tiago Gomes; Yoni, Moses e Nuno Viveiros (Pedro Pereira 78′).

BENFICA – Butt; Nélson, Luisão, Zoro e Miguelito; Maxi Pereira (Freddy Addu 46′), Binya e Nuno Assis (André Diaz 74′); Di Maria (Fábio Coentrão 62′), Dabao e Cristian Rodriguez.

45′ Cartão amarelo para Binya (Benfica).
68′ Cartão amarelo para Zoro (Benfica), por travar Nuno Viveiros à entrada da área, quando o avançado tricolor tentava isolar-se.
88′ Cartão amarelo para Wagnão por entrar antes do jogador que substituia ter saido
90′ Cartão amarelo para Maurício.

 

Taça da Liga: Benfica de reservas salvo por penalties

Filed under: Benfica,Estrela da Amadora,Futebol,Taça da Liga — looking4good @ 10:05 pm

Amadora

1-1 (4-5)

Benfica

Benfica fraco salvo com um penalty aos 90′

Um Benfica que tem estado fraco no Campeonato (2 vitórias e 3 empates e já seis pontos de atraso do primeiro) como podia jogar bem com tantos reservistas?

Do onze inicial que jogou em Braga apenas Christian Rodriguez, Binya Maxi Pereira e Di Maria se apresentaram. De resto jogadores que vinham de lesões (Miguel, Luisão e Zorro, reservas e até terceiras escolhas (Yabao único avançado).

É claro que não podia dar bom resultado. O Amadora dominou e mereceu a vantagem conseguida por Maurício aos 35′ na maracalção de um livre directo ainda de bastante longe.

Na segunda parte esperava-se uma reacção do Benfica mas tal não aconteceu. O Estrela é que teve as melhores oportunidades. Zorro fez uma falta no limite da área com o árbitro a dar livre (parece que bem) e só nos últimos cinco minutos também pelao recuo dos locais o Benfica criou perigo em cantos. Quando a eliminação estava praticamente consumada há um remate à entrada da área que bate no árbitro, um novo remate de Bynia que é rechassado pela defesa do Estrela, o lance prossegue o árbitro recebe informação do juiz assistente, Fábio Coentrão também pede mão e é assinalado o penalty que a TV não confirma. O jogador Wagnão tem a mão levantada mas a bola terá batido na cabeça.

Addu marcou e depois no desempate por penaltues Addu voltou a marcar já depois de Maurício ter atirado à barra. Mateus marcou, Christian Rodriguez também. Tiago Gomes em jeito marcou e Burr atirou muito mal ao lado. Ficava tudo empatado. Cardoso marcou. Luisão também (com muita sorte, Pedro Alves quase defendia). Fernando marcou e Fábio Coentrão também 4-4 na série de cinco penalidades. Depois Yono atirou muito por cima da barra e André Diaz (outra terceira escolha que entrou na parte final a substituir Nuno Assis) marcou o penalty do apuramento dos encarnados.

Camacho tem muito que fazer, mas também não se percebeu a sua opção de tantas reserbvas na equipa titular, quando afinal, os titulares tão mal se conhecenm entre si… Então nos avançados apenas Yabao apareceu convocado!

Da arbitragem chefiada por Duarte Gomes o que dizer? Muito fraca! Terá acertado no local da falta contra o Benfica (fora da área) deu amarelo a Fernando aos 70′ ultrapassado por Christian Rodrigues, que só foi às pernas e por trás para evitar que o benfiquista prosseguisse (deveria ter sido vermelho). Entrou Wagnão sem ter saido o substituido ( levou amarelo mas ocomo é possóvel o 4º. árbitro ter deixado o homem entrar?) e finalmente o erro maior esse por culpa do assistente José Lima. O penalty que salvou o Benfica de ter o mesmo caminho do Porto.

ESTRELA DA AMADORA – Pedro Alves; Rui Duarte (Wagnão 88′), Maurício, Hugo Carreira e Cardoso; Luís Aguiar (Mateus 65′), Fernando e Tiago Gomes; Yoni, Moses e Nuno Viveiros (Pedro Pereira 78′).

BENFICA – Butt; Nélson, Luisão, Zoro e Miguelito; Maxi Pereira (Freddy Addu 46′), Binya e Nuno Assis (André Diaz 74′); Di Maria (Fábio Coentrão 62′), Dabao e Cristian Rodriguez.

45′ Cartão amarelo para Binya (Benfica).
68′ Cartão amarelo para Zoro (Benfica), por travar Nuno Viveiros à entrada da área, quando o avançado tricolor tentava isolar-se.
88′ Cartão amarelo para Wagnão por entrar antes do jogador que substituia ter saido
90′ Cartão amarelo para Maurício.