Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Porto isolado no comando do campeonato Setembro 15, 2007

Filed under: FC Porto,Futebol,Liga Bwin,Maritimo — looking4good @ 9:37 pm

Porto

1-0

Marítimo

Porto com 100% de pontos

Os dois comandantes defrontaram-se no estádio do Dragão e o triunfo (difícil) foi para os campeões nacionais

O Porto entrou bem mas o Marítimo equilibrou na primeira parte com os portistas a terem dificuldades em criar ocasiões de golo. Sektioui numa excelente recepção com o peito na área e a rodopiar para um remate à malha lateral, já perto do final da primeira parte (aos 40′) protagonizou o momento de maior perigo.

Na etapa complementar o FC Porto entrou com Farias a substituir Sektioui (que fora um dos jogadores mais activos do Porto). A verdade é que os locais chegaram à vantagem logo aos 56 minutos por Lisandro Lopez. Cech faz um cruzamento para o segundo poste, aparecendo o argentino a cabecear a bola para o fundo da baliza de Marcos, inaugurando o marcador. Lance que, curiosamente, ocorreu logo a seguir a uma oportunidade do Marítimo após Bruno Alves ter deixado passar a bola para o guarda-redes quando, afinal, Kanu estava no caminho da bola, tendo Nuno evitado o pior para a sua equipa.

O Marítimo procurou reagir ao golo dos portistas e Marcinho e Kanu criaram duas jogadas de golo, com Nuno a ser obrigado a intervir. Com a entrada de Leandro Lima, aos 70′ para o lugar de Raul Meireles, o Porto passou a ter maior criatividade e passou a ter maior domínio, tendo o mesmo jogador protagonizado uma jogada individual concluida com um remate ligeiramente ao lado.

A arbitragem de Lucilio Batista foi fraca. Mal disciplinarmente perdoou um cartão amarelo a Bosingwa na primeira parte, ao dar um pontapé num adversário, e na segunda perdoou a expulsão ao mesmo jogador, após agressão. Alguns lances de braço na cara dum adversário não foram punidos disciplinarmente. Ainda teve (nal) o protagonismo quando altera uma decisão do seu auxiliar em dar canto para o Maeítimo, por pontapé de baliza para o Porto, quando foi Bosingwa que tirou a bola de cabeça para canto.

Com este resultado o Porto passa a ter quatro vitórias em quatro jogos enquanto os insulares sofreram a primeira derrota.

Estádio: Estádio do Dragão
Árbitros: Lucílio Baptista, Aux – Paulo Ramos e Venâncio Tomé

FC PORTO – Nuno; Bosingwa, João Paulo, Bruno Alves e Cech; Lucho, Paulo Assunção (Bolati 89′) e Raul Meireles; Sektioui (Farias int.), Lisandro e Quaresma

MARÍTIMO – Marcos; Briguel, Ediglê, Van der Linden e Evaldo; Marcinho (Bruno Fogaça 78′), Bruno, Olberdam e Fábio Felício (Edder Pérez 88′); Kanu e Mossoró.

19′ Cartão Amarelo para João Paulo (F.C. Porto).
33′ Cartão Amarelo para Olberdam (Marítimo), por falta sobre Sektioui.
58′ Cartão Amarelo para Fábio Felício (Marítimo), por falta sobre Lisandro 1′
66′ Cartão Amarelo para Ricardo Quaresma (F.C. Porto), por falta sobre Briguel

 

Porto isolado no comando do campeonato

Filed under: FC Porto,Futebol,Liga Bwin,Maritimo — looking4good @ 9:37 pm

Porto

1-0

Marítimo

Porto com 100% de pontos

Os dois comandantes defrontaram-se no estádio do Dragão e o triunfo (difícil) foi para os campeões nacionais

O Porto entrou bem mas o Marítimo equilibrou na primeira parte com os portistas a terem dificuldades em criar ocasiões de golo. Sektioui numa excelente recepção com o peito na área e a rodopiar para um remate à malha lateral, já perto do final da primeira parte (aos 40′) protagonizou o momento de maior perigo.

Na etapa complementar o FC Porto entrou com Farias a substituir Sektioui (que fora um dos jogadores mais activos do Porto). A verdade é que os locais chegaram à vantagem logo aos 56 minutos por Lisandro Lopez. Cech faz um cruzamento para o segundo poste, aparecendo o argentino a cabecear a bola para o fundo da baliza de Marcos, inaugurando o marcador. Lance que, curiosamente, ocorreu logo a seguir a uma oportunidade do Marítimo após Bruno Alves ter deixado passar a bola para o guarda-redes quando, afinal, Kanu estava no caminho da bola, tendo Nuno evitado o pior para a sua equipa.

O Marítimo procurou reagir ao golo dos portistas e Marcinho e Kanu criaram duas jogadas de golo, com Nuno a ser obrigado a intervir. Com a entrada de Leandro Lima, aos 70′ para o lugar de Raul Meireles, o Porto passou a ter maior criatividade e passou a ter maior domínio, tendo o mesmo jogador protagonizado uma jogada individual concluida com um remate ligeiramente ao lado.

A arbitragem de Lucilio Batista foi fraca. Mal disciplinarmente perdoou um cartão amarelo a Bosingwa na primeira parte, ao dar um pontapé num adversário, e na segunda perdoou a expulsão ao mesmo jogador, após agressão. Alguns lances de braço na cara dum adversário não foram punidos disciplinarmente. Ainda teve (nal) o protagonismo quando altera uma decisão do seu auxiliar em dar canto para o Maeítimo, por pontapé de baliza para o Porto, quando foi Bosingwa que tirou a bola de cabeça para canto.

Com este resultado o Porto passa a ter quatro vitórias em quatro jogos enquanto os insulares sofreram a primeira derrota.

Estádio: Estádio do Dragão
Árbitros: Lucílio Baptista, Aux – Paulo Ramos e Venâncio Tomé

FC PORTO – Nuno; Bosingwa, João Paulo, Bruno Alves e Cech; Lucho, Paulo Assunção (Bolati 89′) e Raul Meireles; Sektioui (Farias int.), Lisandro e Quaresma

MARÍTIMO – Marcos; Briguel, Ediglê, Van der Linden e Evaldo; Marcinho (Bruno Fogaça 78′), Bruno, Olberdam e Fábio Felício (Edder Pérez 88′); Kanu e Mossoró.

19′ Cartão Amarelo para João Paulo (F.C. Porto).
33′ Cartão Amarelo para Olberdam (Marítimo), por falta sobre Sektioui.
58′ Cartão Amarelo para Fábio Felício (Marítimo), por falta sobre Lisandro 1′
66′ Cartão Amarelo para Ricardo Quaresma (F.C. Porto), por falta sobre Briguel

 

Porto isolado no comando do campeonato

Filed under: FC Porto,Futebol,Liga Bwin,Maritimo — looking4good @ 9:37 pm

Porto

1-0

Marítimo

Porto com 100% de pontos

Os dois comandantes defrontaram-se no estádio do Dragão e o triunfo (difícil) foi para os campeões nacionais

O Porto entrou bem mas o Marítimo equilibrou na primeira parte com os portistas a terem dificuldades em criar ocasiões de golo. Sektioui numa excelente recepção com o peito na área e a rodopiar para um remate à malha lateral, já perto do final da primeira parte (aos 40′) protagonizou o momento de maior perigo.

Na etapa complementar o FC Porto entrou com Farias a substituir Sektioui (que fora um dos jogadores mais activos do Porto). A verdade é que os locais chegaram à vantagem logo aos 56 minutos por Lisandro Lopez. Cech faz um cruzamento para o segundo poste, aparecendo o argentino a cabecear a bola para o fundo da baliza de Marcos, inaugurando o marcador. Lance que, curiosamente, ocorreu logo a seguir a uma oportunidade do Marítimo após Bruno Alves ter deixado passar a bola para o guarda-redes quando, afinal, Kanu estava no caminho da bola, tendo Nuno evitado o pior para a sua equipa.

O Marítimo procurou reagir ao golo dos portistas e Marcinho e Kanu criaram duas jogadas de golo, com Nuno a ser obrigado a intervir. Com a entrada de Leandro Lima, aos 70′ para o lugar de Raul Meireles, o Porto passou a ter maior criatividade e passou a ter maior domínio, tendo o mesmo jogador protagonizado uma jogada individual concluida com um remate ligeiramente ao lado.

A arbitragem de Lucilio Batista foi fraca. Mal disciplinarmente perdoou um cartão amarelo a Bosingwa na primeira parte, ao dar um pontapé num adversário, e na segunda perdoou a expulsão ao mesmo jogador, após agressão. Alguns lances de braço na cara dum adversário não foram punidos disciplinarmente. Ainda teve (nal) o protagonismo quando altera uma decisão do seu auxiliar em dar canto para o Maeítimo, por pontapé de baliza para o Porto, quando foi Bosingwa que tirou a bola de cabeça para canto.

Com este resultado o Porto passa a ter quatro vitórias em quatro jogos enquanto os insulares sofreram a primeira derrota.

Estádio: Estádio do Dragão
Árbitros: Lucílio Baptista, Aux – Paulo Ramos e Venâncio Tomé

FC PORTO – Nuno; Bosingwa, João Paulo, Bruno Alves e Cech; Lucho, Paulo Assunção (Bolati 89′) e Raul Meireles; Sektioui (Farias int.), Lisandro e Quaresma

MARÍTIMO – Marcos; Briguel, Ediglê, Van der Linden e Evaldo; Marcinho (Bruno Fogaça 78′), Bruno, Olberdam e Fábio Felício (Edder Pérez 88′); Kanu e Mossoró.

19′ Cartão Amarelo para João Paulo (F.C. Porto).
33′ Cartão Amarelo para Olberdam (Marítimo), por falta sobre Sektioui.
58′ Cartão Amarelo para Fábio Felício (Marítimo), por falta sobre Lisandro 1′
66′ Cartão Amarelo para Ricardo Quaresma (F.C. Porto), por falta sobre Briguel

 

Porto isolado no comando do campeonato

Filed under: FC Porto,Futebol,Liga Bwin,Maritimo — looking4good @ 9:37 pm

Porto

1-0

Marítimo

Porto com 100% de pontos

Os dois comandantes defrontaram-se no estádio do Dragão e o triunfo (difícil) foi para os campeões nacionais

O Porto entrou bem mas o Marítimo equilibrou na primeira parte com os portistas a terem dificuldades em criar ocasiões de golo. Sektioui numa excelente recepção com o peito na área e a rodopiar para um remate à malha lateral, já perto do final da primeira parte (aos 40′) protagonizou o momento de maior perigo.

Na etapa complementar o FC Porto entrou com Farias a substituir Sektioui (que fora um dos jogadores mais activos do Porto). A verdade é que os locais chegaram à vantagem logo aos 56 minutos por Lisandro Lopez. Cech faz um cruzamento para o segundo poste, aparecendo o argentino a cabecear a bola para o fundo da baliza de Marcos, inaugurando o marcador. Lance que, curiosamente, ocorreu logo a seguir a uma oportunidade do Marítimo após Bruno Alves ter deixado passar a bola para o guarda-redes quando, afinal, Kanu estava no caminho da bola, tendo Nuno evitado o pior para a sua equipa.

O Marítimo procurou reagir ao golo dos portistas e Marcinho e Kanu criaram duas jogadas de golo, com Nuno a ser obrigado a intervir. Com a entrada de Leandro Lima, aos 70′ para o lugar de Raul Meireles, o Porto passou a ter maior criatividade e passou a ter maior domínio, tendo o mesmo jogador protagonizado uma jogada individual concluida com um remate ligeiramente ao lado.

A arbitragem de Lucilio Batista foi fraca. Mal disciplinarmente perdoou um cartão amarelo a Bosingwa na primeira parte, ao dar um pontapé num adversário, e na segunda perdoou a expulsão ao mesmo jogador, após agressão. Alguns lances de braço na cara dum adversário não foram punidos disciplinarmente. Ainda teve (nal) o protagonismo quando altera uma decisão do seu auxiliar em dar canto para o Maeítimo, por pontapé de baliza para o Porto, quando foi Bosingwa que tirou a bola de cabeça para canto.

Com este resultado o Porto passa a ter quatro vitórias em quatro jogos enquanto os insulares sofreram a primeira derrota.

Estádio: Estádio do Dragão
Árbitros: Lucílio Baptista, Aux – Paulo Ramos e Venâncio Tomé

FC PORTO – Nuno; Bosingwa, João Paulo, Bruno Alves e Cech; Lucho, Paulo Assunção (Bolati 89′) e Raul Meireles; Sektioui (Farias int.), Lisandro e Quaresma

MARÍTIMO – Marcos; Briguel, Ediglê, Van der Linden e Evaldo; Marcinho (Bruno Fogaça 78′), Bruno, Olberdam e Fábio Felício (Edder Pérez 88′); Kanu e Mossoró.

19′ Cartão Amarelo para João Paulo (F.C. Porto).
33′ Cartão Amarelo para Olberdam (Marítimo), por falta sobre Sektioui.
58′ Cartão Amarelo para Fábio Felício (Marítimo), por falta sobre Lisandro 1′
66′ Cartão Amarelo para Ricardo Quaresma (F.C. Porto), por falta sobre Briguel

 

Feriado Municipal em Setúbal

Filed under: efemerides — looking4good @ 7:08 pm

Setúbal, com uma área de 171,9 km2, tem 120 117 habitantes e 8 freguesias, é um dos 13 municípios do distrito com o mesmo nome.

Passa hoje o seu feriado municipal em homenagem ao seu poeta Barbosa du Bocage nascido em 15 de Setembro de 1765 (m. 21 Dez 1805).

Bom feriado aos setubalenses, que o resultado do Vitória de Setúbal ontem face ao Braga (vitória por 3-1) bem pode ajudar a ter um bom fim de semana.

 

Feriado Municipal em Setúbal

Filed under: efemerides — looking4good @ 7:08 pm

Setúbal, com uma área de 171,9 km2, tem 120 117 habitantes e 8 freguesias, é um dos 13 municípios do distrito com o mesmo nome.

Passa hoje o seu feriado municipal em homenagem ao seu poeta Barbosa du Bocage nascido em 15 de Setembro de 1765 (m. 21 Dez 1805).

Bom feriado aos setubalenses, que o resultado do Vitória de Setúbal ontem face ao Braga (vitória por 3-1) bem pode ajudar a ter um bom fim de semana.

 

Feriado Municipal em Setúbal

Filed under: efemerides — looking4good @ 7:08 pm

Setúbal, com uma área de 171,9 km2, tem 120 117 habitantes e 8 freguesias, é um dos 13 municípios do distrito com o mesmo nome.

Passa hoje o seu feriado municipal em homenagem ao seu poeta Barbosa du Bocage nascido em 15 de Setembro de 1765 (m. 21 Dez 1805).

Bom feriado aos setubalenses, que o resultado do Vitória de Setúbal ontem face ao Braga (vitória por 3-1) bem pode ajudar a ter um bom fim de semana.