Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Quadro de medalhas dos Jogos Pan-Americanos Agosto 2, 2007

Filed under: Jogos Pan-Americanos — looking4good @ 10:24 pm

A lista acima reproduz o quadro de medalhas dos XV Jogos Pan-Americanos recentemente terminados no Rio de Janeiro, Brasil, mencionando todos os países que conquistaram medalhas de ouro. Houve mais treze países a conquistarem medalhas, mas nenhuma de ouro. Entre os que não figuram na lista acima registe-se o Perú que ficou em 20º, com 4 medalhas de prata e 8 de bronze.

O maior destaque da tabela vai para o Brasil, a equipa da casa, que foi o 2º. país com maior número de medalhas conquistadas, mas com Cuba (outra evidencia) a ser o segundo país com mais medalhas de ouro.

 

Estranhas Lágrimas – Félix Pacheco

Filed under: Félix Pacheco,poesia — looking4good @ 8:16 pm
foto: Tears of Glass by Man Ray

Lágrimas… noutras épocas verti-as.
Não tinha o olhar enxuto como agora.
– Alma, dizia então comigo, chora!
Que assim minorarás as agonias!

Ah! Quantas vezes pelas faces frias,
Umas, outras após, a toda hora,
Gota a gota rolando elas, outrora,
Marcaram noites e marcaram dias!

Vinham do oceano d’alma, imenso e fundo,
De espuma as ondas salpicando o flanco,
Numa fremência amargurada e louca.

Nos olhos hoje as lágrimas estanco…
Rolam, porém, sem que as descubra o mundo
Sob a forma de risos pela boca.

José Félix Alves Pacheco (n. em Teresina a 2 de Agosto de 1879; m. no Rio de Janeiro a 6 de Dezembro de 1935).

 

Estranhas Lágrimas – Félix Pacheco

Filed under: Félix Pacheco,poesia — looking4good @ 8:16 pm
foto: Tears of Glass by Man Ray

Lágrimas… noutras épocas verti-as.
Não tinha o olhar enxuto como agora.
– Alma, dizia então comigo, chora!
Que assim minorarás as agonias!

Ah! Quantas vezes pelas faces frias,
Umas, outras após, a toda hora,
Gota a gota rolando elas, outrora,
Marcaram noites e marcaram dias!

Vinham do oceano d’alma, imenso e fundo,
De espuma as ondas salpicando o flanco,
Numa fremência amargurada e louca.

Nos olhos hoje as lágrimas estanco…
Rolam, porém, sem que as descubra o mundo
Sob a forma de risos pela boca.

José Félix Alves Pacheco (n. em Teresina a 2 de Agosto de 1879; m. no Rio de Janeiro a 6 de Dezembro de 1935).

 

Estranhas Lágrimas – Félix Pacheco

Filed under: Félix Pacheco,poesia — looking4good @ 8:16 pm
foto: Tears of Glass by Man Ray

Lágrimas… noutras épocas verti-as.
Não tinha o olhar enxuto como agora.
– Alma, dizia então comigo, chora!
Que assim minorarás as agonias!

Ah! Quantas vezes pelas faces frias,
Umas, outras após, a toda hora,
Gota a gota rolando elas, outrora,
Marcaram noites e marcaram dias!

Vinham do oceano d’alma, imenso e fundo,
De espuma as ondas salpicando o flanco,
Numa fremência amargurada e louca.

Nos olhos hoje as lágrimas estanco…
Rolam, porém, sem que as descubra o mundo
Sob a forma de risos pela boca.

José Félix Alves Pacheco (n. em Teresina a 2 de Agosto de 1879; m. no Rio de Janeiro a 6 de Dezembro de 1935).

 

caption the foto and win a prize

Filed under: Uncategorized — looking4good @ 7:19 pm

 

Happy birthday – Angie Cepeda

Filed under: Angie Cepeda — looking4good @ 6:54 pm

Angie Cepeda
How could have you forgotten to invite me to your birthday party?

 

Happy birthday – Angie Cepeda

Filed under: Angie Cepeda — looking4good @ 6:54 pm

Angie Cepeda
How could have you forgotten to invite me to your birthday party?