Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

On this day in History – May 21 Maio 20, 2007

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 11:21 pm
 

On this day in History – May 21

Filed under: efemerides,This Day in History — looking4good @ 11:21 pm
 

Porto campeão, Paços de Ferreira na Uefa e Setúbal salva-se

Filed under: Futebol,Liga Bwin — looking4good @ 9:40 pm
30ª. e última Jornada
20 Mai Marítimo 1-2 Boavista
21 Mai 19:15 Porto

4-1 Desportivo das Aves
21 Mai 19:15 Beira Mar 1-1 Paços de Ferreira
21 Mai 19:15 Braga 1-1 Nacional
21 Mai 19:15 Estrela da Amadora 1-1 União de Leiria
21 Mai19:15 Sporting 4-0 Belenenses
21Mai 19:15 Benfica 2-0 Académica
21 Mai 19:15 Naval 1º. de Maio 1-2 Vitória de Setúbal

CLASSIFICAÇÃO

Lugar Clube Pontos Golos
1. Porto 69 65-20
2. Sporting 68 54-15
3. Benfica 67 55-20
4. Braga 50 35-30
5. Belenenses 49 36-29
6. Paços de Ferreira 42 31-36
7. União de Leiria 41 25-27
8. Nacional 39 41-38
9. Estrela da Amadora 35 23-36
10. Boavista 35 32-34
11. Marítimo 32 30-34
12. Naval 1º. de Maio 32 28-37
13. Académica 26 28-44
14. Vitória de Setúbal 24 21-45
15. Beira-Mar 23 28-55
16. Desportivo das Aves 22 22-42

Comentários:
Como se esperava não houve nada de novo na última jornada no que respeita a escorregadelas dos três grandes que jogavam todos em casa e por isso os portistas sagraram-se campeões (ainda sofreram um pouquinho porque ao intervalo o resultado era de 1-1), o Sporting ficou em segundo lugar (derrotando por 4 golos um Belenenses mais interessado na final da Taça de Portugal) com acesso directo à fase de grupos da Champions League e o Benfica em terceiro (vencedor da Académica por 2-0 num jogo em que Derlei finalmente marcou um golo) vai decidir o acesso à Champions League através da sempre imprevisível (em função do adversário) pré-eliminatória.

O Braga empatou em casa frente ao Nacional, que foi resultado suficiente para ultrapassar o Belenenses no 4º. lugar.

O Paços de Ferreira que em Aveiro cedo ganhou vantagem, condenando o Beira-Mar à descida, viria a sofrer o empate mas como a União de Leiria que esteve a perder na Amadora o melhor que conseguiu também foi empatar, conseguiu o acesso histórico à Taça Uefa.

Na luta a três pela salvação de um lugar, o Vitória de Setúbal jogava fora mas tinha um adversário desligado de objectivos, enquanto o Aves jogava no Dragão e o Beira-Mar defrontava o Paços de Ferreira pretendente à Europa. Pois o Setúbal até começou a perder mas ao intervalo já tinha virado o resultado enquanto o Aves empatava com o Porto e o Beira-Mar perdia com o Paços de Ferreira. Pois os serubalenses mantiveram a vitória, o Beira-Mar empatava no recomeço da segunda parte mas não conseguiu melhor do que isso e o Aves perdeu. Os sadinos conseguiram assim manterem-se no escalão maior do futebol português descendo Beira-Mar e Aves por troca com Leixões e Vitória de Guimarães que sobem de divisão.

O melhor marcador do campeonato foi Liedson com 15 golos, mais três que o cabo-verdiano Dady do Belenenses

 

1960 La Dolce Vita (Federico Fellini) wins in Cannes

Filed under: cinema,efemerides — looking4good @ 4:46 pm
A huge worldwide success, La Dolce Vita won several awards, including a New York Film Critics Circle award for Best Foreign Film and the Palme d’Or at the Cannes Film Festival. It was one of the most widely seen and acclaimed European movies of the 1960s; «Federico Fellini featured Marcello Mastrioanni as gossip columnist Marcello Rubini. Having left his dreary provincial existence behind, Marcello wanders through an ultra-modern, ultra-sophisticated, ultra-decadent Rome». Annita Ekberg and Amouk Aimée also starred in this film.

Let’s remember:

La Dolce Vita – Clown

Trevi Fountain Scene

 

Felizmente hoje acaba…

Filed under: Benfica,comentário,Futebol — looking4good @ 3:53 pm
Felizmente hoje acaba o Campeonato de Futebol em Portugal chamado de Liga Bwin. Felizmente, porquê?

Porque consequentemente acabam os discursos dos incompetentes que não fizeram devidamente o seu trabalho e continuam a dizer que «temos fé e esperança», «sabemos que não dependemos apenas de nós, mas estamos confiantes», «enquanto fôr matemáticamente possível», etc, quando todos sabemos que o Porto vai ser campeão e diria eu … quase com uma perna às costas!

O Benfica que começou o campeonato praticamente com oito pontos de atraso, recuperou e quando podia arrancar decisivamente – jogava na Luz frente ao Porto e estava a apenas um ponto – fraquejou deu a iniciativa ao adversário e não conseguiu melhor do que um empate. Depois mais uma sucessão de empates … e campeonato quase irremediavelmente perdido. No dia seguinte à derrota inesperada do Porto no Bessa jogava-se o Benfica-Sporting. Só o triunfo servia às duas equipas. Mas qual quê… preferiram, neutralizarem-se mutuamente, empatando.

Neste jogo, mais uma vez o Benfica começou mal … a perder. Empatou e esboçou a vontade de querer ganhar … sem mostrar capacidade para isso. E o Sporting? Sofreu o empate e acomodou-se! Em vez de atacar a vitória Paulo Bento meteu mais um central – Tonel – para garantir um pontinho e ficar à frente do rival lisboeta, não se importando do rival portista que assim, mesmo perdendo no Bessa, quase se ficou a rir e com o campeonato no «papo».

E pôde o Porto empatar em Paços de Ferreira e ser mesmo asssim campeão. Por isso não percebo tantos elogios para Paulo Bento. Agora os discursos de há algumas semanas dos dirigentes e treinadores dos clubes derrotados já cheira mal. É por isso que ainda bem, hoje isso vai acabar. Com o desfecho que todos sabem mas que nenhum (excepto o Porto, naturalmente) assume.

Neste blog as efemérides ocupam um espaço importante. Pois hoje faz precisamente um ano que Fernando Santos foi anunciado como então futuro treinador do Benfica. E eu escrevia que não era o treinador que gostaria e esperava ver no Benfica. Parecia-me que tinha razão e um ano após confirma-se porquê. O Benfica poucas vezes jogou à Benfica. O Benfica podia ter ido, pelo menos às meias-finais da Uefa e foi eliminado por uma equipa de segundo plano do campeonato espanhol. Na Taça de Portugal foi eliminada por uma equipa da segunda divisão (eufemicamente designada por Liga de Honra), o Varzim! E no Campeonato andou quase sempre em terceiro lugar e quando teve hipóteses de dar o salto não o soube saber.

Eu sei que não é só o treinador. Um dos melhores jogadores do Benfica, Miccoli, não é do Benfica e certamente vai sair. Em Dezembro em vez de se reforçar a equipa, esta ficou sem alternativas. Vendeu-se Ricardo Rocha, Alcides, o avançado mexicano e quem veio? Compram-se jogadores que quase nunca jogam (Miguelito é um exemplo …). Há jogadores no plantel que só jogam em último recurso e são como que exteriores ao grupo de trabalho (Manú, Beto, Marco Ferreira e até Paulo Jorge). O que estão lá a fazer, então? Porque se contratam…se não é para jogarem? E se não têm competencia para jogar (relativamente a alguns não tenho dúvida disso)porque foram contratados?

Mas hoje felizmente acaba o Campeonato. E um ciclo de renovação de esperanças para todos recomeça. No caso do meu clube espero que não cometam tantos erros como no passado.