Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Sporting e Belenenses apurados para a Final da Taça de Portugal Abril 19, 2007

Filed under: Belenenses,Futebol,Sporting,Taça de Portugal — looking4good @ 10:42 pm

Os finalistas da Taça de Portugal estão encontrados.
Nas meias finais as equipas que jogavam em casa, Spoorting, ontem, frente ao Beira-Mar e Belenenses, hoje, frente ao Braga, venceram os jogos por 2-1 e assim, as duas equipas de Lisboa, têm encontro marcado para o Jamor.

Ontem o Sporting arrumou o jogo em dez minutos, com dois golos de João Moutinho, estranhos, o primeiro num cruzamento da linha de fundo que Eduardo se encarregou de fazer entrar na baliza, outro …de cabeça (!) a finalizar cruzamento também da esquerda de Yanick.

Depois os sportinguistas descansaram e o Beira-Mar equilibrou o encontro. Ao marcar o 2-1 logo no recomeço do jogo os aveirenses ainda perturbaram os adeptos leoninos, mas na segunda parte do jogo a emoção só esteve presente nos últimos minutos em que se verificaram as duas melhores situações. Primeiro Eduardo defendeu um remate frouxo e já a queimar o tempo regulamentar o Beira-Mar numa jogada de insistencia, Edgar atirou também frouxo para um desvio ainda assim para canto de Ricardo.

Hoje o Belenenses adiantou-se no marcador logo aos 5′ por Dady, mas sofreu uma resposta muito forte dos bracarenses que marcaram por duas vezes, mas irregularmente (uma vez com a mão outra em fora de jogo). No entanto, chegaram ao empate, justamente com um golo de Maciel aos 35′.

Na segunda parte o jogo não foi tão vibrante como no primeiro tempo e as equipas não desempataram. Já no prolongamento verifcou-se uma maior quebra física dos bracarenses, acentuada com a expulsão (por acumulação de amarelos) de Wender e da inferioridade física de Zé Carlos (com as substituições já esgotadas)

Um penalty convertido por José Pedro aos 111′ a castigar um corte com o cotovelo de Frechaut daria o triunfo aos azuis de Belém. Os bracarenses sairam com protestos relativamente à arbitragem chefiada de Jorge Sousa, mas os golos foram bem invalidados e o penalty, por decisão do juiz assistente, também se tem de aceitar. João Pinto queixa-se, no entanto, de um penalty, que terá sido cometido sobre si ainda na primeira parte.

Assim no dia 17 de Maio, com duas equipas de Lisboa, não vai haver contestação quanto à final ser disputada no Jamor.

 

Sporting e Belenenses apurados para a Final da Taça de Portugal

Filed under: Belenenses,Futebol,Sporting,Taça de Portugal — looking4good @ 10:42 pm

Os finalistas da Taça de Portugal estão encontrados.
Nas meias finais as equipas que jogavam em casa, Spoorting, ontem, frente ao Beira-Mar e Belenenses, hoje, frente ao Braga, venceram os jogos por 2-1 e assim, as duas equipas de Lisboa, têm encontro marcado para o Jamor.

Ontem o Sporting arrumou o jogo em dez minutos, com dois golos de João Moutinho, estranhos, o primeiro num cruzamento da linha de fundo que Eduardo se encarregou de fazer entrar na baliza, outro …de cabeça (!) a finalizar cruzamento também da esquerda de Yanick.

Depois os sportinguistas descansaram e o Beira-Mar equilibrou o encontro. Ao marcar o 2-1 logo no recomeço do jogo os aveirenses ainda perturbaram os adeptos leoninos, mas na segunda parte do jogo a emoção só esteve presente nos últimos minutos em que se verificaram as duas melhores situações. Primeiro Eduardo defendeu um remate frouxo e já a queimar o tempo regulamentar o Beira-Mar numa jogada de insistencia, Edgar atirou também frouxo para um desvio ainda assim para canto de Ricardo.

Hoje o Belenenses adiantou-se no marcador logo aos 5′ por Dady, mas sofreu uma resposta muito forte dos bracarenses que marcaram por duas vezes, mas irregularmente (uma vez com a mão outra em fora de jogo). No entanto, chegaram ao empate, justamente com um golo de Maciel aos 35′.

Na segunda parte o jogo não foi tão vibrante como no primeiro tempo e as equipas não desempataram. Já no prolongamento verifcou-se uma maior quebra física dos bracarenses, acentuada com a expulsão (por acumulação de amarelos) de Wender e da inferioridade física de Zé Carlos (com as substituições já esgotadas)

Um penalty convertido por José Pedro aos 111′ a castigar um corte com o cotovelo de Frechaut daria o triunfo aos azuis de Belém. Os bracarenses sairam com protestos relativamente à arbitragem chefiada de Jorge Sousa, mas os golos foram bem invalidados e o penalty, por decisão do juiz assistente, também se tem de aceitar. João Pinto queixa-se, no entanto, de um penalty, que terá sido cometido sobre si ainda na primeira parte.

Assim no dia 17 de Maio, com duas equipas de Lisboa, não vai haver contestação quanto à final ser disputada no Jamor.

 

Sporting e Belenenses apurados para a Final da Taça de Portugal

Filed under: Belenenses,Futebol,Sporting,Taça de Portugal — looking4good @ 10:42 pm

Os finalistas da Taça de Portugal estão encontrados.
Nas meias finais as equipas que jogavam em casa, Spoorting, ontem, frente ao Beira-Mar e Belenenses, hoje, frente ao Braga, venceram os jogos por 2-1 e assim, as duas equipas de Lisboa, têm encontro marcado para o Jamor.

Ontem o Sporting arrumou o jogo em dez minutos, com dois golos de João Moutinho, estranhos, o primeiro num cruzamento da linha de fundo que Eduardo se encarregou de fazer entrar na baliza, outro …de cabeça (!) a finalizar cruzamento também da esquerda de Yanick.

Depois os sportinguistas descansaram e o Beira-Mar equilibrou o encontro. Ao marcar o 2-1 logo no recomeço do jogo os aveirenses ainda perturbaram os adeptos leoninos, mas na segunda parte do jogo a emoção só esteve presente nos últimos minutos em que se verificaram as duas melhores situações. Primeiro Eduardo defendeu um remate frouxo e já a queimar o tempo regulamentar o Beira-Mar numa jogada de insistencia, Edgar atirou também frouxo para um desvio ainda assim para canto de Ricardo.

Hoje o Belenenses adiantou-se no marcador logo aos 5′ por Dady, mas sofreu uma resposta muito forte dos bracarenses que marcaram por duas vezes, mas irregularmente (uma vez com a mão outra em fora de jogo). No entanto, chegaram ao empate, justamente com um golo de Maciel aos 35′.

Na segunda parte o jogo não foi tão vibrante como no primeiro tempo e as equipas não desempataram. Já no prolongamento verifcou-se uma maior quebra física dos bracarenses, acentuada com a expulsão (por acumulação de amarelos) de Wender e da inferioridade física de Zé Carlos (com as substituições já esgotadas)

Um penalty convertido por José Pedro aos 111′ a castigar um corte com o cotovelo de Frechaut daria o triunfo aos azuis de Belém. Os bracarenses sairam com protestos relativamente à arbitragem chefiada de Jorge Sousa, mas os golos foram bem invalidados e o penalty, por decisão do juiz assistente, também se tem de aceitar. João Pinto queixa-se, no entanto, de um penalty, que terá sido cometido sobre si ainda na primeira parte.

Assim no dia 17 de Maio, com duas equipas de Lisboa, não vai haver contestação quanto à final ser disputada no Jamor.

 

Finalmente, vi um porco a andar de bicicleta

Filed under: Humor,humour — looking4good @ 8:51 pm

Image Hosted by ImageShack.us

foto: Porco a andar de bicicleta

 

Musical suggestion of the day – James Taylor

Filed under: Music,Musica — looking4good @ 6:55 pm
James Taylor – You’ve got a friend
 

Coxambrar e fazer chumbregâncias…

Filed under: Uncategorized — looking4good @ 2:03 am
Sentença Judicial datada de 15 de outubro de 1833

Vila de Porto da Folha – Sergipe

SÚMULA: Comete pecado mortal o indivíduo que confessa em público suas patifarias e seus boxes e faz gogas de suas víctimas desejando a mulher do próximo, para com ella fazer suas chumbregâncias.

“Vistos, etc.”

“O adjunto de promotor público, representou contra o cabra Manoel Duda, porque no dia 11 do mês de Senhora Sant’Anna quando a mulher do Xico Bento ia para a fonte, já perto dela, o supracitado cabra que estava de tocaia em moita de matto, sahiu della de sopetão e fez proposta a dita mulher, por quem roía brocha, para coisa que não se pode trazer a lume, e como ella recuzasse, o dito cabra atrofou-se a ela, deitou-a no chão, deixando as encomendas della de fora e ao Deus dará. Elle não conseguiu matrimônio porque ella gritou e veio em amparo della Nocreyo Correia e Clemente Barbosa, que prenderam o cujo flagrante e pediu a condenação delle como incurso nas penas de tentativa de matrimônio proibido e a pulso de sucesso porque dita mulher taja pêijada e com o sucedido deu luz de menino macho que nasceu morto.

As testemunhas, duas são vista porque chegaram no flagrante e bisparam a perversidade do cabra Manoel Duda e as demais testemunhas de avaluemos. Dizem as leises (sic) que duas testemunhas que assistem a qualquer naufrágio do sucesso faz prova, e o juiz não precisa de testemunhas de avaluemos e assim:

Considero-que o cabra Manoel Duda agrediu a mulher de Xico Bento, por quem roía brocha, para coxambrar com ella coisas que só o marido della competia coxambrar porque eram casados pelo regime da Santa Madre Igreja Cathólica Romana.

Considero-que o cabra Manoel Duda deitou a paciente no chão e quando ia começar as suas coxambranças viu todas as encomendas della que só o marido tinha o direito de ver.

Considero-que a paciente estava pêijada e em consequência do sucedido, deu a luz de um menino macho que nasceu morto.

Considero-que a morte do menino trouxe prejuízo a herança que podia ter quando o pae delle ou mãe falecesse.

Considero-que o cabra Manoel Duda é um suplicado deboxado, que nunca soube respeitar as famílias de suas vizinhas, tanto que quis também fazer coxambranças com a Quitéria e a Clarinha, que são moças donzellas e não conseguio porque ellas repugnaram e deram aviso a polícia.

Considero-que o cabra Manoel Duda está preso em pecado mortal porque nos Mandamentos da Igreja é proibido desejar do próximo que elle desejou.

Considero-que sua Magestade Imperial e o mundo inteiro, precisa ficar livre do cabra Manoel Duda, para secula, seculorum amem, arreiem dos deboxes praticados e as sem vergonhesas por elle praticados e apara as fêmeas e machos não sejam mais por elle incomodados.

Considero-que o Cabra Manoel Duda é um sujeito sem vergonha que não nega suas coxambranças e ainda faz isnoga da incomendas de sua víctima e por isso deve ser botado em regime por esse juízo.

Posto que:

Condeno o cabra Manoel Duda pelo malifício que fez a mulher de Xico Bento e por tentativa de mais malifícios iguais, a ser capado, capadura que deverá ser feita a macete.

A execução da pena deverá ser feita na cadeia desta villa. Nomeio carrasco o Carcereiro solte o cujo cabra para que vá em paz. O nosso Prior aconselha: Homine debochado debochatus mulherorum inovadabus est sentetia qibus capare est macete macetorim carrascus sine facto nortre negare pote.

Cumpra-se a apregue-se editaes nos lugares públicos. Apelo ex-officio desta sentença para juiz de Direito deste Comarca.

Porto da Folha, 15 de outubro de 1833.

Assinado: Manuel Fernandes dos santos, Juiz Municipal suplente em exercícios.”

Fonte: Instituto Histórico de Alagoas

PS: Agradecimentos à minha amiga da blogosfera Betty que me deu conhecimento desta fabulosa e histórica peça jurídica e literária.

 

Congratulations Colo-Colo Football Club

Filed under: Colo-Colo — looking4good @ 12:35 am
Colo-Colo was founded on Apr 19, 1925 in Santiago, Chile