Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Benfica ganha nas Aves Março 3, 2007

Filed under: Benfica,Futebol,Liga Bwin — looking4good @ 11:20 pm
Desp. Aves 0 – 1 Benfica

Mau jogo com o Aves a falhar penalty e Nuno Gomes a marcar

O Benfica apresentava-se na Vila das Aves sabendo que o Porto acabara de vencer o Braga e com a estrutura modificada face à ausencia de Luisão. Fernando Santos optou por Katsouranis na defesa entrando Derlei para o lado direito do losango do meio campo e com Petit a ser o vértice mais recuado.

O Desp. das Aves demonstrou muito apego à luta com jogadores fisicamente fortes, muita pressão sobre a bola e os encarnados da Luz fizeram uma exibição da côr do equipmento. As melhores oportunidades foram dos locais (aos 16′ Paulo Sérgio antecipa-se a Nélson e remata ao lado e noutro lance um jogador da casa ficaria isolado mas a bola bate no chão e passa por cima dele) e só aos 30′ o Benfica cria uma jogada de perigo. Entretanto o jogo decorria com muitas faltas com Jorge de Sousa a deixar jogar duro e a poupar amarelos que na parte final do jogo já mostraria em abundancia.

Aos 36′ Karagounis vai à área defensiva disputar uma bola escorrega, apoia um braço no chão e a bola bate-lhe no braço com o árbitro a assinalar penalty, que de certeza vai dar muito que falar. Hernâni apontou rasteiro mas fraco para a esquerda de Quim que defendeu.

A segunda parte não começou de modo muito diferente mas é normal que o espaço aumente à medida que o jogo decorre porque já não é possível fisicamente aos jogadores fazer a mesma pressão. O Benfica tinha mais posse de bola mas sentia muitas dificuldades até que Miccoli abriu na direita e Nelson cruzou rasteiro para Nuno Gomes de pé esquerdo desviar a bola para o meio da baliza fazendo golo aos 59′.

Era uma grande festa nas hostes encarnadas que se tranquilizaram mais quando Sérgio Nunes corta uma bola de Miccoli com o braço e o árbitro mostra-lhe o segundo cartão amarelo, sendo expulso.

A verdade é que o Benfica nunca conseguiu ter a tranquilidade desejada, a linha defensiva fazia faltas infantis quando devia era controlar os movimentos dos adversários, os homens do meio campo falhavam passes e alguns jogadores discutiam as decisões do árbitro algumas incompreensíveis com faltas sobre Simão e Karagounis a passarem sem sanção mas também uma de Léo num jogo com muitas faltas e em que o árbitro nunca foi enérgico na tentativa de as evitar.

Fernando Santos também sempre muito pouco activo a mexer nas substituições (falta de confiança nos substitutos?) o Aves nunca baixou os braços e o jogo terminou com alívio para os benfiquistas na pior exibição desde o jogo da Póvoa de Varzim.

Quanto ao Aves se jogasse assim em todos os jogos com esta vontade não estaria no último lugar da classificação.

BENFICA – Quim; Nélson, Katsouranis, Anderson e Léo; Petit, Nuno Gomes e Karagounis; Derlei (Paulo Jorge 81′), Miccoli (João Coimbra 89′) e Simão.

DESPORTIVO DAS AVES – Nuno; Anilton, William, Sérgio Nunes e Pedro Geraldo; Filipe Anunciação e Mércio; Paulo Sérgio, Hernâni (Doego Gama 71′) e Jorge Ribeiro; Octávio (Sérgio Carvalho 67′).

14′ Cartão amarelo para Mércio por falta sobre Simão
37′ Cartão amarelo para Sérgio Nunes e Derlei por desentendimento mútuo
58′ Cartão amarelo para Octávio (Desp. Aves).
60′ Cartão amarelo para Jorge Ribeiro (Desp. Aves).
65′ Segundo cartão amarelo e vermelho para Sérgio Nunes (Desp. Aves).
65′ Segundo cartão amarelo e vermelho para Sérgio Nunes (Desp. Aves).
83′ Cartão amarelo para Petit após falta sobre Mércio.
85′ Cartão amarelo para Nuno Gomes (Benfica), por protestar uma falta não assinalada sobre Simão
89′ Cartão amarelo para Paulo Sérgio (Desp. Aves).
90′ Cartão amarelo para Quim (Benfica), por perda de tempo.
90′ Cartão amarelo para Paulo Jorge (Desp. Aves).

 

Porto ganha ao Braga com golo de Adriano

Filed under: Braga,FC Porto,Futebol,Liga Bwin — looking4good @ 10:00 pm
Porto 1 – 0 Sp. Braga

Adriano regressou a titular e resolveu o jogo…

O Porto começou bem o jogo e não demorou muito a ganhar vantagem. Adriano desmarca-se nas coistas de Jorge Luís e recebe isolado o passe de Lucho para fuzilar Paulo Santos. A partir do quarto de hora o Braga equilibra o jogo e aos 30′ Frechaut remate de longe Helton defende incompletamente para a frente e Zé Carlos o tão conhecido Zé do golo desta vez falhou-o incompreensivelmente na recarga ainda que Helton tenha defendido para canto. Naquela posição e com uma baliza tão grande temn de se marcar!

No início da segunda parte Raul Meireles entra pela direcita leva um toque ligeiro nas costas estatela-se na área e o Benquerença marca penalty. Só que o toque foi dado fora da área e Raúl Meireles até piscou o olho! Lucho apontou para a esquerda de Paulo Santos mas este defendeu evitando também a recarga.

O jogo manteve-se em aberto até ao final mas esteve longe de constituir o espectaculo esperado. O Porto não fez uma grande exibição e o Braga a perder por 1-0 também não arriscou muito na busca dop empate, embora a eqyuipa bracarense yenha estado muito condicionada com várias ausencias: João Pinto, Wender, Maciel para além de Andrés Madrid e Nem.

Arbitragem manchada por um penalty inexistente sendo incompreensível que esta equipa de arbitragem tenha estado em Bragança no jogo da Taça a fazer má figura (anulação do empate ao Bragança por fora de jogo inexistente) e como prémio vem fazer o jogo mais importante da Jornada.

Mais uma nota incompreensível para a falta de educação e civismo de alguns adeptos portistas. Um minuto de silencio a vberificar-se pela morete de Bento e alguns energúmenos a entoarem «SLB SLB SLB filhos da puta SLB». A Liga não toma medidas nisto?

Ficha de jogo:

Árbitro: Olegário Benquerença (Leiria).

Estádio do Dragão, no Porto.

Equipas:

FC Porto – Helton, Bosingwa (Lucas, 53), Pepe, Bruno Alves, Fucile, Paulo Assunção, Raul Meireles, Lucho (Ibson, 65), Ricardo Quaresma, Lisandro e Adriano.

Sp. Braga – Paulo Santos, Luís Filipe, Rodriguez, Paulo Jorge, Jorge Luiz, Frechaut, Andrade, Castanheira (Davide, 77), Cesinha (Bruno Gama, 84), Zé Carlos e Diego (Chemiest, 64).

Golos: Adriano aos 9′.

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Zé Carlos (43), Luís Filipe (46), Raul Meireles (67), Jorge Luiz (73), Paulo Assunção (82) e Lisandro Lopez (91).