Nothingandall

Just another WordPress.com weblog

Penalties e mais penalties, Moretto + Moreira e a Taça é nossa Janeiro 10, 2007

Filed under: Uncategorized — looking4good @ 8:15 pm

Benfica ganha Mohammed bin Rashid International Football Championship.

Simão recebe o troféu

Desta vez nem a matreirice e normal eficácia dos italianos venceu o Benfica. Depois de 0-0 contra o Bayern e vitória nos penalties (com duas defesas de Moretto e um penalty falhado por Beto), o Benfica repetiu a dose com os italianos da Lazio hoje na final com 0-0 e vitória nos penalties. Desta vez foi Moreira que defendeu três!! (Léo atirou ao poste e Mantorras por cima)

O Benfica encaixou assim a maior maquia entre os concorrentes e segunda feira cá estaremos para jogar em Coimbra com o jogo a ser arbitrado por quem assinalou o tal penalty a favor do Porto contra o Atlético, no último momento do jogo! Mas escusa de assinalar penalties contra o Benfica .. porque não entram. Se Moretto defendeu dois, Moreira três … e Quim é que é o tiular.. à terceira Quim defende quatro!

De salientar ainda a estreia de Pedro Correia a lateral direito e que converteu o penalty decisivo e vejam, só esta maravilha de Mantorras seguindo o link Mantorras dá cabo de Lúcio

 

Penalties e mais penalties, Moretto + Moreira e a Taça é nossa

Filed under: Uncategorized — looking4good @ 8:15 pm

Benfica ganha Mohammed bin Rashid International Football Championship.

Simão recebe o troféu

Desta vez nem a matreirice e normal eficácia dos italianos venceu o Benfica. Depois de 0-0 contra o Bayern e vitória nos penalties (com duas defesas de Moretto e um penalty falhado por Beto), o Benfica repetiu a dose com os italianos da Lazio hoje na final com 0-0 e vitória nos penalties. Desta vez foi Moreira que defendeu três!! (Léo atirou ao poste e Mantorras por cima)

O Benfica encaixou assim a maior maquia entre os concorrentes e segunda feira cá estaremos para jogar em Coimbra com o jogo a ser arbitrado por quem assinalou o tal penalty a favor do Porto contra o Atlético, no último momento do jogo! Mas escusa de assinalar penalties contra o Benfica .. porque não entram. Se Moretto defendeu dois, Moreira três … e Quim é que é o tiular.. à terceira Quim defende quatro!

De salientar ainda a estreia de Pedro Correia a lateral direito e que converteu o penalty decisivo e vejam, só esta maravilha de Mantorras seguindo o link Mantorras dá cabo de Lúcio

 

Riqueza – Gabriela Mistral

Filed under: Gabriela Mistral,poesia — looking4good @ 7:22 pm

Foto: Rosa Púrpura , Jola Dziubinska

Tengo la dicha fiel
y la dicha perdida:
la una como rosa,
la otra como espina.
De lo que me robaron
no fui desposeída;
tengo la dicha fiel
y la dicha perdida,
y estoy rica de púrpura
y de melancolía.
¡Ay, qué amante es la rosa
y qué amada la espina!
Como el doble contorno
de dos frutas mellizas
tengo la dicha fiel
y la dicha perdida

(versão em português)

Tenho a ventura fiel
e a ventura perdida:
uma é qual uma rosa,
a outra como um espinho.
De tudo o que me roubaram
nunca fui despossuída:
tenho a ventura fiel
e a ventura perdida,
e estou tão rica de púrpura
como de melancolia.
Ai, como é amada a rosa
e que amante é o espinho!
Como o duplo contorno
dos frutos que gémeos vivem,
tenho a ventura fiel
e a ventura perdida…

Trad. José Bento
in Rosa do Mundo, 2001 Poemas para o futuro, Assírio & Alvim

Gabriela Mistral [Lucila de María del Perpetuo Socorro Godoy Alcayaga] (n. em Vicuña, 7 Abr 1889 m. em New York, a 10 Jan 1957)

 

Riqueza – Gabriela Mistral

Filed under: Gabriela Mistral,poesia — looking4good @ 7:22 pm

Foto: Rosa Púrpura , Jola Dziubinska

Tengo la dicha fiel
y la dicha perdida:
la una como rosa,
la otra como espina.
De lo que me robaron
no fui desposeída;
tengo la dicha fiel
y la dicha perdida,
y estoy rica de púrpura
y de melancolía.
¡Ay, qué amante es la rosa
y qué amada la espina!
Como el doble contorno
de dos frutas mellizas
tengo la dicha fiel
y la dicha perdida

(versão em português)

Tenho a ventura fiel
e a ventura perdida:
uma é qual uma rosa,
a outra como um espinho.
De tudo o que me roubaram
nunca fui despossuída:
tenho a ventura fiel
e a ventura perdida,
e estou tão rica de púrpura
como de melancolia.
Ai, como é amada a rosa
e que amante é o espinho!
Como o duplo contorno
dos frutos que gémeos vivem,
tenho a ventura fiel
e a ventura perdida…

Trad. José Bento
in Rosa do Mundo, 2001 Poemas para o futuro, Assírio & Alvim

Gabriela Mistral [Lucila de María del Perpetuo Socorro Godoy Alcayaga] (n. em Vicuña, 7 Abr 1889 m. em New York, a 10 Jan 1957)

 

Riqueza – Gabriela Mistral

Filed under: Gabriela Mistral,poesia — looking4good @ 7:22 pm

Foto: Rosa Púrpura , Jola Dziubinska

Tengo la dicha fiel
y la dicha perdida:
la una como rosa,
la otra como espina.
De lo que me robaron
no fui desposeída;
tengo la dicha fiel
y la dicha perdida,
y estoy rica de púrpura
y de melancolía.
¡Ay, qué amante es la rosa
y qué amada la espina!
Como el doble contorno
de dos frutas mellizas
tengo la dicha fiel
y la dicha perdida

(versão em português)

Tenho a ventura fiel
e a ventura perdida:
uma é qual uma rosa,
a outra como um espinho.
De tudo o que me roubaram
nunca fui despossuída:
tenho a ventura fiel
e a ventura perdida,
e estou tão rica de púrpura
como de melancolia.
Ai, como é amada a rosa
e que amante é o espinho!
Como o duplo contorno
dos frutos que gémeos vivem,
tenho a ventura fiel
e a ventura perdida…

Trad. José Bento
in Rosa do Mundo, 2001 Poemas para o futuro, Assírio & Alvim

Gabriela Mistral [Lucila de María del Perpetuo Socorro Godoy Alcayaga] (n. em Vicuña, 7 Abr 1889 m. em New York, a 10 Jan 1957)

 

Riqueza – Gabriela Mistral

Filed under: Uncategorized — looking4good @ 7:22 pm

Rosa Púrpura
Foto: Rosa Púrpura

Tengo la dicha fiel
y la dicha perdida:
la una como rosa,
la otra como espina.
De lo que me robaron
no fui desposeída;
tengo la dicha fiel
y la dicha perdida,
y estoy rica de púrpura
y de melancolía.
¡Ay, qué amante es la rosa
y qué amada la espina!
Como el doble contorno
de dos frutas mellizas
tengo la dicha fiel
y la dicha perdida

(versão em português)

Tenho a ventura fiel
e a ventura perdida:
uma é qual uma rosa,
a outra como um espinho.
De tudo o que me roubaram
nunca fui despossuída:
tenho a ventura fiel
e a ventura perdida,
e estou tão rica de púrpura
como de melancolia.
Ai, como é amada a rosa
e que amante é o espinho!
Como o duplo contorno
dos frutos que gémeos vivem,
tenho a ventura fiel
e a ventura perdida…

Trad. José Bento
in Rosa do Mundo, 2001 Poemas para o futuro, Assírio & Alvim

Gabriela Mistral [Lucila de María del Perpetuo Socorro Godoy Alcayaga] (n. em Vicuña, 7 Abr 1889 m. em New York, a 10 Jan 1957)

 

Coco Chanel

Filed under: Uncategorized — looking4good @ 7:06 pm

Bem parece que as tecnologias ainda não permitem que os blogs exalem perfumes. Mas hoje este está impregnado de Coco Chanel eau de parfum. E porquê?

Porque … Gabrielle Bonheur “Coco” Chanel faleceu faz hoje 36 anos em Paris. Nascida em 19 de Agosto de 1983 em Saumur, a estilista francesa ocupa um lugar inexcedível na moda do século XX. Na lista da Time das 100 pessoas mais influentes do século XX é a única personagem da alta costura que lá figura.

E por isso se houvesse tecnologias que permitissem a transmissão de odores, o primeiro seria Coco Chanel.
Ah! Não faltariam visitantes neste blog. Tenham bons aromas…